Home / Comportamento / Carreira / O currículo perfeito em 10 passos

© iStock
Comportamento

O currículo perfeito em 10 passos

Fernanda Guimarães
por Fernanda Guimarães Publicado em 3 de julho de 2017

A vaga dos sonhos a um cv de distância 📝

É, vamos aos fatos: o mercado de trabalho não anda lá muito amistoso para algumas áreas profissionais. Um tremendo balde de água fria pra quem está começando a carreira agora ou tentando mudar de emprego. Ok, hora de otimizar as suas chances. Sabe qual é o primeiro passo em direção à vaga dos sonhos? Você acertou se disse currículo.

Mas, como resumir todas as suas habilidades, experiências – e até um pouco da sua personalidade – em um pedaço de papel (ou em um mero e-mail) que se destaque dos demais aos olhos do recrutador? Sua dúvida é nossa dúvida, querida leitora. As experts Corinne Mills, coach de carreira, e Regiane Valim Vaccaro, especialista em psicologia organizacional, nos ajudaram na missão.

Como fazer um currículo eficiente?

É tentador ter um currículo único e dispará-lo para todos os seus potenciais empregadores. Desculpe por desapontá-la, mas essa não é a melhor estratégia para chamar a atenção de um recrutador.

O currículo deve estar 100% de acordo com a vaga para a qual você está se candidatando, ou seja, você deve reescrever ou adaptar a forma como comunica seus dados para cada oportunidade diferente. Chatinho? Sim, mas pode fazer toda a diferença. A maioria das pessoas entrega um CV genérico, deixando para o empregador a missão de decidir qual informação ali é importante. "Se realmente quer destaque, é você que tem quefazer esse trabalho para eles", pontua Corinne.

A informação mais relevante para o trabalho que você está pleiteando deve constar na primeira metade da primeira página. A maioria dos empregadores gasta, em média, menos de um minuto analisando um currículo. Ele precisa bater o olho no que está procurando. Caso contrário, é tchau.

Qual é o melhor formato para um CV?

A maneira como você organiza as informações pode variar dependendo da trajetória profissional. Reflita sobre o que chama mais atenção na sua carreira e coloque isso em destaque. "O currículo deve conter apenas o perfil profissional de forma resumida e com palavras-chave que esclareçam a experiência e competências técnicas. Outras informações serão relevantes no momento da entrevista", explica Regiane.

Tamanho do currículo
"Frente e verso de uma folha A4 - muito mais e você estará enchendo linguiça; menos, você vai acabar cortando algo interessante", ensina Corinne.

Contato
Logo no início, você deve colocar o seu nome e detalhes de contato – endereço, e-mail e número de telefone.

Experiência profissional
Há muitas maneiras diferentes de construir essa seção do seu currículo.

Formação acadêmica
Se você acabou de se formar, obter um certificado, foi para uma boa universidade ou tem alguma menção honrosa para enfeitar seu currículo, você pode optar por colocar essas informações no topo. Além disso, se você está se candidatando para uma vaga em educação como professor, por exemplo, você deve manter a sua formação acadêmica em destaque. Caso contrário, prefira colocá-la logo depois do histórico de careira.

Informações adicionais
É aqui que você adiciona cursos livres, trabalho voluntário ou qualquer outra atividade extra que esteja de acordo com a vaga para a qual você está se candidatando.

Histórico profissional no currículo

Existem várias formas de fazer seu currículo e apresentar seu histórico profissional. Escolha seu formato preferido:

Clássico
É aquele esquema básico: empregos vão em ordem cronológica, começando pelo seu trabalho mais recente e com as suas funções, responsabilidades e conquistas detalhadas logo em seguida.

Currículo funcional
Ao invés de empregos você lista algumas habilidades e depois descreve onde as adquiriu. Por exemplo, para um profissional com experiência em treinamento, você pode escrever "Treinamento" e adicionar em seguida dois itens: '' Treinei um time de 10 pessoas na empresa X" ou "Ministrei curso de X na empresa Y". Se você optar pelo currículo funcional, não se esqueça de rapidamente listar o nome do seu cargo depois.

Agrupando empregos
Uma técnica útil para fazer seu currículo se você teve uma pausa na carreira ou está desempregada há algum tempo é a de agrupar suas experiências. Por exemplo: "1990 - 1995: cargos de gestão '.

Quanto tempo de carreira você deve contemplar?
"Os últimos dez anos é a regra para as pessoas com mais tempo de estrada. Não é necessário listar cada emprego.", explica Corinne. Se você é nova no mercado de trabalho, aí sim é uma boa ideia listar todas as suas experiências. "Para um trabalho em um hotel, por exemplo, e uma vez, lá atrás, você foi garçonete em um, pode colocar isso também!", lembra a especialista.

Descrição das suas funções no CV

Ainda no histórico profissional, a dica #1 ao descrever seus trabalhos anteriores é organizar os dados em tópicos. Ok, então é só escrever as suas principais funções e responsabilidades em itens diferentes? Não! Corinne afirma muitas pessoas apenas dão um ctrl c + ctrl v dos requisitos e competências do emprego antigo e pronto. Mas para o seu currículo seguir no processo seletivo, você pre-ci-sa dizer ao seu empregador quais foram as suas conquistas e vitórias, e não o que você tinha que fazer todos os dias.

Anote todas as habilidades que adquiriu, em quais aspectos melhorou, as suas contribuições e ideias que fizeram a diferença para a empresa em que trabalhou. Em seguida você poderá incluir suas principais responsabilidades e aí seu currículo vai brilhar! "Os empregadores querem um astro, não uma pessoa que se limita às obrigações de sua função", diz Corinne.

Comece cada tópico com uma palavra positiva como "criativo","líder" ou "principal", que dê uma bela descrição das suas capacidades. "Venda-se, ninguém mais vai fazer isso por você. A maioria de nós é muito modesta", diz Corinne. "É claro que tudo deve ser verdade, e se você refletir bem sempre haverá algum aspecto no qual você melhorou".

Apresentação pessoal

Ah, a temida apresentação pessoal... essa é a hora de dizer ao futuro empregador (esperamos!) o quão incrível você é e puxar toda e qualquer sardinha disponível para o seu lado. "Ela deve ficar logo abaixo do seu contato e é uma minipropaganda sua; deve encapsular tudo que você é profissionalmente.", explica Corinne. Mas lembre-se, apresentar-se não tem nada a ver com seus passatempos e interesses.

Anote a fórmula da coach: sua bio deve ter de três a quatro frases, cada uma delas sobre um ponto-chave e 100% delas voltadas ao trabalho para o qual você está se candidatando. Reflita sobre os papéis fundamentais da vaga e baseie a seção de apresentação em torno disso.

Melhor ainda se você puder dar mais ênfase às suas características profissionais com exemplos de experiências anteriores. Você pode escrever algo como: "Excelente comunicador, apresentei um projeto em uma conferência para uma plateia de cem pessoas", sempre especificando em qual empresa e cargo.

Linguagem do currículo

Uma palavra: positividade! Sim, um currículo irresistível é positivo. Elimine palavras como "falha" e "erro" e prefira eufemismos como "iniciante", "aperfeiçoamento". Outro verbete que as empresas adoram: liderança, "Psicologicamente, o recrutador ao ler o seu CV vai ter a impressão de que você é um realizador", diz Corinne.

Regra: não diga coisas ruins sobre os empregadores antigos e deixe fora as razões pelas quais você saiu do seu trabalho anterior, sem necessidade de ficar se justificando.

Não precisamos nem falar que usar uma linguagem formal é necessária. Essencialmente, esse é um campo de negócios e você deve manter uma postura austera, principalmente na hora de se comunicar. Ganhe pontos adaptando seu discurso ao tipo de vaga ou de empresa, incluindo alguns termos técnicos ou palavras que mostrem que você está atualizada. "Se você está candidatando para um trabalho em publicidade, tente usar algumas palavras do ramo; se é na área de TI, por exemplo, jogue alguns jargões básicos do métier. Mas não exagere nas expressões ou vão questionar suas habilidades de comunicação", alerta Corinne.

O que acrescentar ao CV (e o que eliminar de vez)

O que colocar no currículo
Para quem estudou, trabalhou ou morou fora do país, não esqueça de listar a experiência, descrevendo e contextualizando-a rapidamente. Lembre-se de deixar claro para o recrutador que você tem direito de exercer sua profissão no país ou que seu diploma foi revalidado no Brasil, de modo que o não haja nenhuma desculpa para não lhe chamarem para uma entrevista.

Não se esqueça de colocar sua data de nascimento pois dificilmente ela sozinha vai te excluir de uma seleção. Regiane Valim Vaccaro endossa: "Colocar idade ou data de nascimento no currículo pode ser um fator de exclusão, mas se o recrutador não tiver esta informação na triagem e a vaga trabalhada tiver limitador de idade, o candidato será eliminado em outra fase do processo seletivo. Aconselho a colocar a informação, assim o você evita perder tempo em um processo para o qual não terá aprovação. No mercado de trabalho atual, devido à falta de profissionais qualificados nos critérios do CHA (conhecimento/habilidade/atitude), estamos na contramão da discriminação por faixa etária, o que importa é contratar um profissional competente e que traga resultados".

O que eliminar do currículo
Você faz trabalho voluntário? É treinadora de uma equipe local de futebol sub-10? Esse tipo de informação mostra que você é organizada, motivada e no fim das contas, uma boa pessoa, mas pode ser revelada nas etapas posteriores do processo seletivo.

Não há nenhuma necessidade de incluir seção de hobbies e interesses pessoais. A opção existe para o perfil profissional no LinkedIn mas não deve ir para o currículo. Regiane recomenda deixar essas informações para o momento da entrevista.

Cheque seu currículo uma, duas, três vezes

Qual é o maior erro que as pessoas cometem ao escrever o currículo? Escorregar com erros de ortografia e gramática. "O seu CV é um exemplo de seu profissionalismo", afirma Corinne. "Ele deve ser impecável, sem um único erro.". A coach ainda garante que nove em cada dez currículos têm algum erro ortográfico ou gramatical. Isso significa que se você acertar no português, pode ser a única em cada dez a se destacar!

Para se certificar de que seu currículo está nos trinques, use ferramentas de verificação ortográfica, imprima uma cópia para ler sozinha e peça a algum amigo para dar uma olhada. "Não tem a ver com inteligência ou como você é bom no seu trabalho, é apenas um pouco de desleixo, e a maneira mais rápida de entrar para a caixinha dos rejeitados", revela.

Referências

Referências podem ser perigosas, já que nem sempre o que escrevem sobre você é o que o seu potencial empregador quer ouvir. Para Corinne, é melhor deixá-las fora do seu currículo. Segundo a expert em recrutamento, é melhor eliminar também qualquer nota do tipo "referências podem ser providenciadas".

Inclua apenas recomendações de pessoas bastante prestígio no mercado. O CEO do maior player da sua área concordou em rasgar seda em seu nome? Não pense duas vezes antes de anexar as palavras ao seu currículo.

E se a pessoa que lhe deu referências puder eventualmente ser contatada, você deve avisá-la com antecedência. Explique como é vaga e o que o empregador está procurando, dessa forma ela poderá focar em características que enalteçam sua imagem.

Estilo de um bom CV

Para chamar a atenção, muitas pessoas incrementam o CV com cor, formas geométricas e desenhos. Porém, nesse caso, menos é mais.

Cores vibrantes não transmitem uma ideia mais formal e profissional. E se você divide as seções em tabelas, caixas ou outros formatos, lembre-se que o documento pode aparecer todo embaralhado na tela de quem postou a vaga. "Não mexa com margens e caixas. Mantenha a fonte simples também, optando por Arial ou Times New Roman. Você pode usar negrito para destacar palavras ou sublinhá-las. Não use logotipos de empresas para as quais trabalhou", diz Corrine.

Como sempre, há uma exceção à regra. Se você está à procura de um trabalho criativo, talvez como designer gráfico, você pode se aventurar na diagramação. Lembre-se de salvá-lo em formato PDF.

Tudo anotado? Agora corra para fazer seu currículo e espere chover entrevistas!

Ainda não acabou!

Continue com a gente

📈 5 respostas para não dar em uma entrevista de emprego
📈 8 dicas essenciais para ser uma mulher bem-sucedida
📈 6 dicas para alcançar o emprego dos sonhos

taofem ♥ Pinterest

por Fernanda Guimarães

você também vai <3: