Home / Comportamento / Carreira / 13 dicas para você ser mais assertiva no trabalho

Comportamento

13 dicas para você ser mais assertiva no trabalho

por Monique Garcia Publicado em 2 de junho de 2015
56 compartilhamentos

Coisas boas não chegam para aquelas que esperam. Coisas boas vêm para quem sabe o que quer e trabalha duro para atingir seu objetivo. Todo mundo fica um pouco intimidada no trabalho, mas, se você deseja ser uma mulher de sucesso com uma carreira brilhante, ser confiante e firme com seus colegas de trabalho é essencial. Está ansiosa para aquela promoção? Então, descubra como ser mais assertiva no trabalho para que, assim, possa se destacar e subir mais um degrau rumo ao triunfo!

Se pretende ser reconhecida pelo seu trabalho duro, ser tímida e acanhada não é o caminho. No entanto, a assertividade ganhou uma má reputação nos últimos anos.

Algumas vezes, ser autoconfiante demais no trabalho pode ser interpretado como um comportamento agressivo e desagradável, quando, na verdade, isso ajuda a lidar com as personalidades mais espinhosas de uma maneira profissional. A assertividade também te guia para o caminho do sucesso, já que você é a pessoa que controla a roda!

Conversamos com Ashley Stahl, coach de carreira de Beverly Hills, para descobrir como ser mais confiante e clara com seus colegas. Logo de cara, ela admitiu que muitas de nós estão apenas entrando no mercado de trabalho para nos subestimar.

"Com a recessão econômica, a ideia de lealdade na relação entre empregador x empregado desapareceu", explica Ashley. "Isso faz com que as recém-formadas sintam receio de estarem em uma posição inferior, já que não têm tanta experiência como o resto dos trabalhadores."

Não deixe que a ansiedade te consuma. Leia mais para descobrir o que você pode fazer para ser mais assertiva e tirar o máximo proveito do seu trabalho!

1. Entenda seu valor

Primeiramente, você é valiosa! "Nós crescemos na era do boom tecnológico, logo, também temos um conhecimento único e sem precedentes em mídias sociais e internet, duas poderosas forças no atual mundo dos negócios”.

Você tem muito a oferecer para seus colegas de trabalho e eles sabem disso. Então, pare de duvidar de si mesma!

2. Cuidado para não exagerar no look

Sim, é superficial, mas o modo como você se apresenta no trabalho pode afetar sua carreira em pequenos detalhes. “Sua roupa é um veículo de auto expressão no ambiente corporativo”, afirma Ashley. “Sentir-se bonita com suas próprias escolhas de vestuário é ótimo, desde que você honre o dress code”.

Usar roupas desportivas – mais adequadas para serem usadas em uma noite na cidade com os amigos, podem encobrir suas capacidades e “fazer com que seus colegas cheguem à conclusão de que você não é profissional”.

3. Torne-se fluente em linguagem corporal

Sim, haverá situações no trabalho em que você se sentirá frustrada ou irá se corroer por algum erro que cometeu, mas guarde a ansiedade e o tédio para si mesma. Por que? Ashley explica: “Sua linguagem corporal também proporciona uma poderosa plataforma para ser interpretada no local de trabalho. Experts estimam que maior parte de sua comunicação (93%) é não-verbal”.

Pequenos gestos como bater a caneta na mesa, suspirar em voz alta ou virar os olhos não passarão despercebidos. “Suas roupas, sua linguagem corporal e energia contam ainda mais do que suas palavras. Durante reuniões, é mais importante do que nunca que evite relaxar a postura, o que mostra desengajamento”.

4. Desempenhe seu trabalho da melhor forma possível

Você não precisa mudar completamente sua personalidade no local de trabalho. Ashley sugere que "se você é introvertida, é fundamental que, no mínimo, seu trabalho fale por si. Mesmo que seja do time das quietinhas, irá brilhar com os resultados que você apresenta.

Assertividade não significa necessariamente ser a mais falante de todas. Quando o assunto é trabalho, as ações falam mais alto do que as palavras. A partir do momento em que seus chefes confiam que, além de realizar o trabalho, você o fará bem feito, eles irão considerá-la uma funcionária confiável e proativa!

5. Aceite mais tarefas

Bem, nós não concordamos em fazer trabalho extra se não puder conclui-lo no tempo estipulado, mas, caso consiga finalizar sua lista de pendências no meio da semana, que tal pedir para que o seu chefe lhe atribua mais tarefas? Isso irá aumentar a boa impressão dos seus superiores em relação a você.

"Boas funcionárias prestam atenção às prioridades e aos pontos críticos de seu chefe”, diz Ashley. “Elas (também) se prontificam, constantemente, a aceitar projetos paralelos – projetos que o chefe pode não ter pensado inicialmente – para melhorar um processo ou aliviar a carga de trabalho”.

Quando você identificar a chance de fazer a diferença, corra atrás. No entanto, seja cuidadosa para não assumir uma responsabilidade com a qual você não possa arcar.

6. Tenha um mentor profissional

"Também é mais importante do que nunca que as introvertidas construam fortes relacionamentos pessoais, para que tenham defensores que apoiem o seu avanço”. Não poderíamos concordar mais com Ashley!

É claro que você não precisa ser sociável com cada colega de trabalho e gestor que você interage, mas experimente fazer um esforço para estabelecer um relacionamento de trabalho positivo e útil com alguns deles.

Esses relacionamentos podem levar a oportunidades incríveis, como supervisionar um projeto importante ou até mesmo ter seu nome mencionado durante uma discussão sobre quem deve ser promovido!

7. Saiba quando ouvir

Não confunda assertividade com agressividade. Essa interpretação equivocada pode transformá-la na falastrona do escritório, em vez de uma funcionária com informações valiosas.

“Faça um esforço consciente para acalmar a voz em sua cabeça que deseja provar algo, de modo que você possa realmente ouvir e processar o que os outros estão dizendo”, fala Ashley. “Se os seus colegas se sentirem valiosos, respeitados e ouvidos, irão perceber sua maturidade e, assim, te ouvir. É tudo sobre colaboração e respeito mútuo”.

Você não precisa ser antissocial no ambiente de trabalho, mas, às vezes, guardar todas as informações dispostas em uma reunião é melhor do que dar uma contribuição “meia boca” para a discussão!

8. Não espere por reconhecimento com tanta frequência

"As mulheres devem parar de depender tanto de elogios", afirma Ashley. E ela está certa. "Embora seja agradável e vitórias sejam dignas de comemoração, descobri que eu nunca estava satisfeita quando estava focada apenas no reforço externo”.

No final das contas, depender de um tapinha nas costas de seu chefe para aumentar a sua confiança no trabalho é prejudicial aos seus objetivos de carreira. "A realidade é que, se você focar muito no exterior, muitas vezes pode não prestar atenção no interno. Pense em como VOCÊ quer se sentir quando está atingindo metas. Se der muito valor para os elogios, dará muito importância para a falta deles”.

Sinta-se livre para presentear a si mesma quando fizer algo positivo, mas não espere que seu chefe faça isso por você todas as vezes.

9. Aceite críticas

Ashley compreende que “algumas vezes, críticas atingem suas inseguranças”. Não é fácil ouvir o feedback de como você pode fazer um trabalho melhor, mesmo que entregue um conteúdo de qualidade.

Infelizmente, as críticas podem, facilmente, provocarem um efeito doloroso e negativo nos seus pensamentos. Tente corrigir esse severo julgamento de si mesma antes que isso cause um dano duradouro em suas atitudes.

Você não é perfeita e, acredite ou não, seus chefes também não pensam que você seja. Suas críticas visam ajudá-la a produzir o melhor trabalho possível. “Espero que as mulheres encarem esse tipo de oportunidade como um convite para enfrentá-las e revisitar a percepção de seu ego, já que, uma vez que ele é solidificado, elogios e críticas não podem perturbá-lo”. A gente já te contou que chorar no trabalho é ok, mas tudo tem limites, não é mesmo?

10. Supere!

Você cometeu um erro no trabalho e agora sente a necessidade de pedir desculpas a cada segundo. Faça isso para a pessoa apropriada apenas uma vez e, depois, supere isso.

“Um pedido de desculpas é poderoso”, diz Ashley. “Mas as boas funcionárias demonstram resiliência logo após isso. Se há algum motivo para se desculpar, sempre assuma a responsabilidade, mas certifique-se de seguir em frente e continue fazendo seu trabalho em seguida. Somos todos humanos!”.

11. Corra riscos!

É o que Ashley aconselha. Não tenha tanto medo de falhar a ponto de se recusar a aceitar quaisquer desafios que apareçam. Essa é uma ótima maneira de vivenciar um constante aprendizado! “Aprendi que correr riscos é um músculo e, no momento em que você mergulha no desconforto deles, isso se torna o seu novo normal”.

12. Não é um concurso de popularidade

"Desde muito jovens, nos ensinam ferozmente a importância de sermos pessoas queridas por todos. No entanto, isso pode ser extremamente prejudicial no local de trabalho", alerta Ashley. "Pergunte a si mesma: Eu quero ser querida ou respeitada? Algumas vezes você pode escolher ambos, mas há situações em que é preciso optar por apenas uma das alternativas”.

Sim, é verdade que, muitas vezes, as funcionárias têm pensamentos improdutivos que questionam se elas são queridas por seus colegas, mas pense sobre isso! Todas nós já tivemos um chefe que só fala sobre trabalho e raramente dá uma pausa no bebedouro para falar sobre seu final de semana. E todas nós já observamos que esse chefe foi promovido muitas vezes.

Se você tem grandes objetivos de carreira, concentre-se em fazer um ótimo trabalho e relacionamentos (não estamos falando sobre ser convidada para o chá de bebê da recepcionista no próximo mês, ok?).

13. Desenvolva uma identidade profissional

“O processo de criar uma ‘persona’ profissional e honrá-la permite que você tenha sucesso com autenticidade e escolha, independentemente de sua personalidade padrão”, explica Ashley.

Antes do seu primeiro dia de trabalho ou de transição para um novo cargo, faça uma lista de qualidades que deseja que seus colegas reconheçam. Você é útil, inovadora, solucionadora de problemas? "Seja intencional sobre como é sua identidade profissional - o que ela valoriza, espera e exige - e honre essa visão."

A palavra final...

“A clareza vem do engajamento, e não do pensamento”, sentencia Ashley. “Às vezes, vejo clientes pensando sobre si mesmas em um espiral, e a verdade é que estar no limbo é um dos lugares mais impotentes que você pode estar. É muito importante que as mulheres evitem ficar paralisadas pelo perfeccionismo e se envolvam com algo que as façam pensar. Ficar parada não irá amparar seus mais altos objetivos e clareza”.

O caminho das pedras para o sucesso:

6 dicas de expert para se tornar uma empreendedora de sucesso

Mon-Fri high! 10 passos para ter motivação no trabalho

5 dicas para transformar o estresse no trabalho em sucesso profissional

O currículo perfeito em 10 passos

por Monique Garcia 56 compartilhamentos

você também vai <3: