Home / Casamento / Festa / Dicas preciosas para um casamento na praia perfeito

Casamento

Dicas preciosas para um casamento na praia perfeito

por Ketlyn Araujo Publicado em 10 de março de 2015
331 compartilhamentos

Para as noivinhas que gostam do contato com a natureza, têm o sonho de casar com o pôr do sol de cenário, pés na areia e barulhinho gostoso das ondas do mar, fizemos um guia completo com tudo o que você precisa saber para que seu casamento na praia saia do papel e vire realidade

Tendência que já era muito forte nos Estados Unidos e também caiu no gosto dos casais brasileiros, os casamentos ao ar livre satisfazem os desejos dos noivos com um estilo mais “paz e amor”. A assessora de casamentos de Recife Clarissa Cunha, afirma: “Muitas vezes as noivas querem casar na praia, mas têm medo de errar, então optam por um casamento tradicional”.

Planejamento

Vocês decidiram que querem casar na praia. Mas, por onde começar?

A organização é um dos fatores mais importantes para que a cerimônia na praia seja um sucesso. Comece a planejar com pelo menos um ano de antecedência para evitar surpresas indesejáveis. Escolha a praia de preferência de vocês após pesquisar diferentes lugares, e não faça seu casamento sem antes realizar uma vistoria no local. Prefira as mais próximas de onde você mora para facilitar o deslocamento dos convidados e lembre-se que casar fora da sua cidade pode demandar maior orçamento- e paciência, já que a organização é feita à distância.

Preciso de alguma autorização para casar na praia?

Ao casar na praia, você tem pelo menos duas opções. Escolher casas, hotéis e pousadas à beira-mar ou montar uma estrutura na areia, em local público. No segundo caso, fique atenta! Vocês precisarão de uma autorização da prefeitura local, além de desembolsar uma graninha, que varia de acordo com a área ocupada na praia para que o casório possa rolar. Marcia Possik, diretora de organização de casamentos e comemorações especiais da assessoria Marriages de São Paulo exemplifica: “Em São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, a autorização deve ser solicitada no Departamento de Receita, mas cada prefeitura tem sua própria legislação”.

Estrutura

Ok, vocês conseguiram a autorização da prefeitura local. Agora é hora de pensar na estrutura do casamento. Lembre-se que o clima é imprevisível, por isso é melhor ter um plano B como uma cobertura, uma grande tenda que seja capaz de proteger os convidados do sol forte e da possibilidade de chuva. Caixas e equipamentos de som e o buffet não devem ficar expostos nunca!

Luiza Santos, da assessoria de São Paulo Invite Eventos, sugere acomodar os convidados em mesas e lounges enquanto a cerimônia não começa: “É sempre bom que todos possam se sentar, principalmente por conta de atrasos para início da cerimônia”. Se você ainda quer algo mais formal, pode instalar um deck de madeira sobre a areia, que deixará os convidados mais confortáveis.

Lembre-se que as cadeiras devem ter pés largos, já que podem se enterrar na areia muito facilmente. Quando o casamento é na areia da praia, é necessária a contratação de banheiros químicos de fácil acesso. Se for realizado em pousadas e hotéis, coloque um kit de toalete com repelentes para insetos.

Decoração

A praia é como uma tela em branco, portanto a decoração rica em detalhes é a mais indicada. Que tal fazer seu casamento parecer um grande luau com mini fogueiras, lamparinas artesanais e iluminação natural? Marcia explica que o cenário é muito importante, e sugere tons de azul, rosa, bege e verde na cartela de cores. Tochas, velas e muitas, muitas flores dão o toque especial e combinam com o pôr do sol.

Dress code

Para os noivos: a noiva que casa na praia deve evitar vestidos com brilhos e cauda, que são mais pesados e formais. Tecidos leves como linho, crepe e organza são os mais recomendados, bordados em linha também são muito bem vindos. Atenção para o véu- se é que você deseja usá-lo: é mais indicado que ele seja curto, já que o vento pode atrapalhar o uso de véus longos. A beleza da noiva praiana é toda “au naturel”: maquiagem leve, cabelo despojado (ondas à la Gisele, coques bagunçados, tranças) e flores enfeitando o penteado formam o combo perfeito. Mais uma vantagem: você pode casar de rasteirinha ou até mesmo descalça. Conforto total!

O noivo pode optar pelo terno, já que não há a necessidade de ir de smoking. Marcia sugere o azul marinho como cor do traje do homem, fica elegante e combina com o clima do evento, mas nada o impede de usar as cores de sua preferência. Padrinhos devem usar paletó, mas a gravata é opcional, como explica Clarissa. Já as madrinhas também por tecidos leves, cores claras e podem ousar nas estampas, mas o vestido tem de ser longo e os sapatos, baixos e confortáveis.

Para os demais convidados as regras são as mesmas: tecidos fluidos e naturais e cores claras, mas sempre mantendo o padrão social.

Cardápio

Para Márcia, o cardápio de um casamento na praia deve ser planejado com cuidado. Deve-se lembrar que as condições climáticas, como o vento forte e muito calor podem danificar e estragar determinados alimentos, principalmente pratos mais delicados. Clarissa dá a sugestão de uma mesa de frios full time, por ser simples e durar até o fim da festa. Peixes, ceviches e carpaccios também combinam com a ocasião. Frutos do mar e mesa de sushis também caem bem, mas é sempre bom incluir uma opção mais democrática como massas ou carnes no cardápio, para agradar a todos os convidados. Afinal, você não quer que ninguém passe fome durante a festa, não é?

O bar também pode ser democrático, mas dê preferência aos drinks refrescantes, com muitas frutas como caipirinhas variadas.

E se chover?

Deixa a chuva molhar, querida! Não tem como controlarmos a previsão do tempo e cada região do Brasil se comporta de um jeito diferente. Conhecendo melhor o local onde vocês querem realizar a festa, é mais fácil acertar o mês na hora de marcar a data. Clarissa Cunha, ao planejar seus eventos ao ar livre, costuma pedir para a organização deixar pelo menos metade da festa coberta.

Na região Sudeste é menos comum chover entre abril e novembro. Já no Nordeste, as melhores épocas são de outubro a dezembro. Atenção especial ao horário da festa: se os noivos escolheram casar no calorzão do verão brasileiro, marque a cerimônia pela manhã ou no fim da tarde, cujas temperaturas são mais agradáveis.

O que fazer com os convidados?

Fez a lista? Não se esqueceu de ninguém? Então preste atenção porque esse item é essencial para que sua festa seja perfeita. Já que o casamento na praia geralmente é realizado em outra cidade, é recomendável que os noivos pensem em acomodações e transporte para todos. As festas costumam oferecer bebidas alcoólicas, por isso é melhor que eles passem a noite no local evitando pegar estradas.

Se seu evento for realizado em uma pousada ou hotel, o melhor jeito de acomodar seus convidados é no próprio local do evento. Os noivos podem se oferecer para pagar a hospedagem dos mais íntimos, como padrinhos e familiares mais próximos, já que isso evita possíveis atrasos.

Para os demais, Clarissa recomenda que os noivos sugiram locais de hospedagem próximos à cerimônia. Dessa forma, poderão conseguir descontos e promoções especiais nos pacotes. Lembre-os de que a reserva deve ser feita com antecedência! Os noivos podem criar um site próprio, que se manterá sempre atualizado com dados importantes para que os convidados não se esqueçam de reservar seus quartos, conta Clarissa.

Logística

Seu planejamento está quase pronto! Mas ainda faltam alguns detalhes... e nós vamos te ajudar!

Marcia explica que os fornecedores para a festa devem ser escolhidos a dedo. Se o local tiver fornecedores de boa qualidade e confiança, isso pode representar uma boa economia no bolso dos noivos. Clarissa afirma que é melhor escolhê-los pela experiência: “quanto mais portfólio o fornecedor tiver, melhor.

A logística nesses tipos de casamentos é mais complicada, é bom contatar alguém com experiência em eventos externos”.
Luiza dá uma dica valiosa: “Para não gastar muito por conta da logística e saber quais são os melhores fornecedores, é indicado contatar uma assessoria para ajudar no planejamento da festa. Sempre prefiro negociar com os fornecedores que já conheço”.

Ufa, quanta coisa! Melhor assim, querida leitora. Quanto mais detalhes você resolver antes, mais tranquilo e gostoso será seu grande dia! Para fechar seu evento com chave de ouro, que tal um mergulho no mar ao lado de seu amor?

Agradecimentos:
Marriages Assessoria- São Paulo
Invite Eventos- São Paulo
Clarissa Cunha assessoria- Recife

Já escolheu seu vestido ideal? Inspire-se:

Continue com a gente!
+ Casamento no campo
+ O novo vestido de noiva não é um vestido
+ Locais para lua de mel

por Ketlyn Araujo 331 compartilhamentos

você também vai <3:

por Redação taofeminino
por Redação taofeminino