Home / Maternidade / Filhos / Como contar ao filho mais velho sobre a chegada de um irmãozinho?

© iStock
Maternidade

Como contar ao filho mais velho sobre a chegada de um irmãozinho?

by Ana Paula Sanches Published on 29 de junho de 2015
219 shares

Psicóloga explica a melhor forma de conversar com os pequenos para evitar traumas e nós mostramos ideias criativas para deixar a revelação mais leve e divertida

Uma nova gravidez costuma ser festejada pela maioria das mães, afinal é uma chance de aumentar a família e dar um amiguinho ao filho (a) mais velho. Mas como contar a novidade à criança sem assustá-la ou gerar um impacto negativo? Como mostrar que essa realmente é uma notícia a ser comemorada, e não uma situação de insegurança e ciúmes para o primogênito?

A psicóloga Gláucia Faria, coordenadora do serviço de psicologia do Hospital Infantil Sabará, explica que a melhor coisa a se fazer é escolher um momento em que o pequeno esteja livre de distrações e abordar o assunto de forma sincera e natural: “É importante que a notícia seja dita pelos próprios pais para que a criança não precise juntar fragmentos das conversas dos adultos e entender por conta própria”.

Para evitar desapontamentos, você, mamãe, tenha em mente que mesmo escolhendo o momento mais propício, a reação do seu filho pode ser diferente da que você esperava. “A criança, dependendo de sua idade, não dará sinais de que está interessada no assunto, mas isso não quer dizer que ela não o entendeu. Você deve observar e aguardar, pois com o tempo poderão surgir perguntas e preocupações que devem ser respondidas com atenção”, explica a psicóloga.

Caso o seu filho não encare a chegada do irmãozinho com naturalidade ou não goste da ideia, não tente forçá-lo: algumas mães tentam envolver a criança em todos os preparatórios por acreditarem que dessa forma ela se empolgará, mas o resultado pode ser o contrário, como explica Gláucia: “Alguns detalhes podem ser compartilhados. Pode-se perguntar o que a criança acha que o irmão pode gostar, qual cor de lençol, brinquedo ou presente, mas nada de muita responsabilidade”.

Atenção também a sua barriga: nada de ficar pedindo para o seu pequeno falar com o irmãozinho, fazer carinhos, beijar, etc. Muitas vezes o que tem significado no mundo dos adultos não faz sentido para as crianças. “Se a interação com a barriga partir da criança ou se ela estiver imitando alguém, ok, mas atenção para não impor algo sem significado”. Não queremos causar confusão na cabecinha do mais velho, certo!?

Por fim, mesmo que você não esteja muito feliz com a reação, respeite o tempo do seu filho. “Não reaja, brigue ou o faça se sentir culpado. Apenas aguarde um tempo e deixe a coisa em aberto, do tipo: ‘você não quer um irmão agora, mas vai ver como será legal...’”.

Agora, que tal se inspirar e descobrir formas diferentes de contar para o pequeno sobre a nova gravidez? Encontramos ideias bem bacanas no Pinterest para mamães de segunda (e terceira, quarta...) viagem:

"Feliz por ser eu mesma porque vou virar irmã mais velha" © Pinterest

Muito amor pelos seus filhotes:

• 20 fotos de homens gatos + bebês para você explodir de fofura!
• 75 inspirações para festa infantil
• 11 coisas que você costumava fazer antes de ter filhos (e agora sente uma falta danada)
• Isso é o que acontece quando um pai é deixado sozinho com seus filhos
• 10 momentos inesquecíveis entre mães e filhos

Mais imagens lindas sobre a maternidade:

by Ana Paula Sanches 219 shares

você também vai <3: