Home / Maternidade / Gravidez / Vídeos de parto para ​❤

Maternidade

Vídeos de parto para ​❤

por Redação taofeminino Publicado em 20 de março de 2017
53 compartilhamentos

Os vídeos de parto contribuem para que as mulheres entendam o trabalho de parto, se tornem mais íntimas dele, confiem em si mesmas, compreendam que a partolândia é única e, claro, melhorem sua playlist. Por Juliana Couto

O trabalho de parto é composto por uma série de fases: pródomos, fase latente, fase ativa, expulsivo e dequitação da placenta. Cada estágio acontece de uma maneira diferente em cada mulher porque parir é, primeiro, um ato natural, condizente com a natureza animal da mulher, mas é, segundo, um ato cultural porque cada mulher é individual, assim como sua biologia, sua história e suas crenças. Tudo o que forma uma mulher influencia seu parto, principalmente o resgate particular de seu próprio parto e de sua sexualidade. A lógica de parir inclui, portanto, uma lógica de ressignificação. Quem fala sobre parto desse ponto de vista? Michel Odent, Janet Balaskas, Frederick Leboyer, Lívia Penna Firme, Ricardo Herbert Jones, Ana Cristina Duarte, Érica de Paula, entre outros profissionais com livros publicados sobre a significância do parto para a humanidade.

No Brasil, uma mulher pode parir em uma maternidade, em casa ou em casas de parto. Não é recomendando que uma mulher faça seu parto sem qualquer tipo de assistência médica. A escolha pelo ambiente mais seguro onde queira parir exige também uma estrutura e um preparo adequado, não só do ambiente, mas da mulher: é importante que ela esteja informada sobre intervenções de rotina, tanto nela quanto do bebê, parto pélvico, VBAC, violência obstétrica, plano de parto, amamentação, puerpério e depressão pós-parto. Para qualquer situação, parir é um processo. O trabalho de parto exige entrega, paciência e conexão com o corpo, pilares que são difíceis de serem acessados em uma sociedade que se estrutura na lógica capitalista do tempo e do lucro. Parir pode exigir, aliás, uma suspensão desses e de outros conceitos.

Os vídeos de parto são uma forma da mulher se familiarizar com o processo, observar como pode ser a partolândia, única em cada mulher e imprevisível, e também para conhecer o gosto musical de muitas famílias. O parto não é um processo romântico, apesar de, sim, muitos vídeos de parto romantizarem o momento. Aproveite para ampliar sua playlist de parto, tenha consciência de que cada parto é um parto, que a força da mulher parir é inabalável, que cesáreas salvam vidas quando bem indicadas, que há mulheres que podem não conseguir parir e que isso só pode ser diagnosticado durante o trabalho de parto ativo, nunca antes. E pegue o lencinho, porque as lágrimas são inevitáveis.

1. Um nascimento sem pressa. O expulsivo às vezes é calmo e nem sempre o bebê chora

2. Às vezes o parto é rápido e cheio de flores, depois de uma cesárea eletiva – e domiciliar

3. ​O que acontece quando os pais escolhem descobrir o gênero do bebê durante o parto?

4. ​Tem mãe vocalizando amor e preocupada com o mapa astral

5. ​Toda mulher sente dor ao parir? Não! Mas parir dói? Dói! É possível lidar com a dor. Não há o que pague o (re)conhecimento

6. ​Tem bebê que nasce sorrindo? Tem, sim!

7. ​VBAC em parto a jato: apenas 10 horas de TP. A jato, 10 horas de TP? Sim, porque partos normais pela primeira vez costumam durar de 14 a 18 horas, em média

8. ​Parto Lótus – parto natural no qual a placenta fica ligada ao bebê até que o cordão umbilical se solte naturalmente

Ainda não acabou! Continue no taofeminino:

Como amamentar exclusivamente até os seis meses de vida do bebê
Descubra se seu médico é um cesarista

taofeminino ♥ Pinterest

por Redação taofeminino 53 compartilhamentos

você também vai <3: