:

Home / Beleza / Pele / Como cuidar da pele oleosa e controlar o brilho

Beleza

Como cuidar da pele oleosa e controlar o brilho

por Monique Garcia Publicado em 30 de setembro de 2016
159 compartilhamentos

São 12 dicas – ou melhor, 12 chances – para cuidar da pele oleosa e sair feliz dessa história

Muito comum entre as brasileiras, a pele oleosa é consequência da atividade intensa das glândulas sebáceas, que produzem sebo exageradamente. E esse mecanismo não só deixa o rosto com aspecto engordurado, mas também o torna vulnerável ao desenvolvimento de acne, cravos e poros dilatados. De acordo com Claudia Marçal, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SP), o problema tem a ver com o clima tropical do país, que intensifica a produção do óleo – embora herança genética, desequilíbrios hormonais e falta de cuidados não devam ser descartados.

Segredos para cuidar da pele oleosa

1. Não lave o rosto muitas vezes
Lavar o rosto várias vezes ao dia, na esperança de garantir pele limpa e livre da oleosidade, é, definitivamente, uma má ideia. “A limpeza excessiva retira sua defesa natural. O organismo recebe a mensagem de que precisa compensar essa perda e fabrica mais sebo, resultando numa cútis ainda mais oleosa”, explica Helena Costa, dermatologista da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (RJ). É o famoso efeito rebote!

2. Use sabonetes específicos para pele oleosa
Exageros não são bem-vindos, mas isso não anula o fato de que esse tipo de pele clama, sim, por uma boa rotina de higiene. Lavar o rosto duas vezes por dia, ao acordar e antes de dormir, é obrigatório, mas você, dona de pele oleosa, tem passe livre para fazer isso até três vezes, principalmente se tiver acne: na hora do almoço, depois da academia... Para tal, use sabonetes líquidos específicos para esse tipo de cútis. Geralmente, eles contêm ativos como ácidos salicílico e glicólico, chá verde, hamamélis...

3. Evite banhos quentes
A alta temperatura da água resseca bastante a pele - o que, a primeiro momento, soa até positivo, né? – mas o resultado é inverso, tornando a oleosidade ainda mais evidente. Prefira sempre chuveiradas mornas ou frias.

4. Esfolie
De uma a duas vezes por semana, faça esfoliações suaves para renovar as células e remover depósitos de gordura na pele. “Ela fica mais fininha, macia e receptiva para a hidratação”, afirma Claudia Marçal. O que nos leva ao próximo tópico...

5. Hidrate com o produto certo
Engana-se quem pensa que a pele oleosa dispensa o uso do hidratante. “Ela não necessariamente tem água e é hidratada”, esclarece Helena Costa. Mas é preciso ter atenção na hora de escolher a textura do produto: ela precisa ser bem leve. Por isso, procure nas prateleiras por séruns, loções que sejam livres de óleo ou géis. Vale também ler a matéria 5 dicas para potencializar o efeito do hidratante facial.

6. Aposte em filtros solares com toque seco
O uso diário do protetor solar é indispensável, independentemente do tipo de pele. No caso das oleosas, o recomendado é optar por versões com toque seco e ativos que controlem o brilho ao longo do dia. O FPS deve ser 30, no mínimo. Veja opções em Adiós, pele melecada! 13 protetores solares para quem sofre com excesso de oleosidade.

7. Atenção para a maquiagem
Passe longe de maquiagens pesadas, que entopem os poros, e invista apenas em produtos leves e oil free com efeito mate. “Os pós compactos, por exemplo, são bons aliados para matificar a pele e tirar o excesso de gordura ao longo do dia”, diz Claudia Marçal. Outro produto excelente para peles oleosas é o primer, capaz de aumentar a duração do make como nenhum outro, já que dá aquela “segurada” na oleosidade e, de quebra, disfarça os pontinhos aparentes.

8. E não se esqueça de removê-la no final do dia
Não basta usar o make certo. Removê-lo antes de dormir é igualmente importante. “A maquiagem obstrui os poros e, com isso, há maior acúmulo de sebo, que resulta no aparecimento da acne”, lembra Helena Costa. Recorra a demaquilantes não oleosos e fuja dos bifásicos. Caso tenha de usá-los para tirar produtos mais resistentes, higienize muito bem o rosto na sequência.

9. Carregue lenços antibrilho na bolsa
Basta pressioná-los sobre a pele para absorverem o excesso de oleosidade e garantirem uma tez mais sequinha até chegar em casa. Vale frisar que o produto é apenas uma solução temporária para aliviar o incômodo, mas não resolve o problema a longo prazo.

10. Aposte em máscaras faciais
Elas estão novamente no radar da beleza – e as formuladas com ativos purificantes e descongestionantes, como a argila, são perfeitas para quem sofre com oleosidade, já que conseguem desintoxicar a pele. Aproveite o boom da categoria para encontrar a sua dentre a enorme variedade de lançamentos. Sugestões em Máscaras faciais para renovar sua pele em poucos minutos.

11. Converse com seu dermatologista
“Após avaliação da pele, ele pode prescrever o uso de substâncias como azeloglicina, ácidos salicílico e glicólico, tretinoína e nicotinamida para controlar o quadro”, afirma Claudia Marçal. Limpezas de pele, peelings de cristal, luz pulsada, entre outros procedimentos, também podem ser recomendados.

12. De olho na franja
Franja no cabelo costuma deixar a tez ainda mais oleosa. Se não quiser abrir mão dela, prenda-a pelo menos por algum tempo para sua pele respirar.

Monte seu arsenal de produtos:

Esfoliante Rosto 3 em 1, Anna Pegova, R$ 87 © Divulgação

Este texto foi escrito por @moniquezg e editado por @cicaarra

Continue com a gente:

por Monique Garcia 159 compartilhamentos

você também vai <3: