Home / Beleza / Pele / Cuidados com a pele negra no verão

© iStock
Beleza

Cuidados com a pele negra no verão

by Geovana Pereira Published on 29 de outubro de 2016
250 shares
A-
A+

Ah, o verão… Não deixe oleosidade, manchas e pelos encravados atrapalharem a estação mais divertida do ano

A pele negra tem tem maior propensão a oleosidade, manchas e foliculite. No calor, tudo isso agrava. Mas não podemos deixar de aproveitar um belo dia ensolarado por medo de acne e coisas do tipo, certo? O que fazer? Conversamos com Katleen, dermatologista referência em pele negra e chefe do setor de pele negra da clínica Paula Belloti, que nos contou os principais cuidados que fazem toda a diferença durante o verão.

Cuidado com o sol

A pele com mais melanina tem mais propensão a manchas escuras que, no verão, podem ficar ainda piores. Para uma cútis com cor mais uniforme, Katleen recomenda o uso de um filtro solar de FPS 30, de três em três horas. Um fotoprotetor oral também é boa ideia. É sempre bom lembrar: o uso do protetor solar vai muito além do cuidados com manchas, as consequências negativas da exposição ao sol sem proteção podem levar a melasma, câncer de pele, agravamento da psoríase e da acne.

Veja também: 13 protetores solares para quem sofre com excesso de oleosidade

Controle da oleosidade

Oleosidade excessiva é o grande problema durante o verão, não é? Katleen explica que a pele negra é naturalmente mais oleosa porque possui maior quantidade de propriano bacterium acnes, uma bactéria que causa acne. É também um tipo de pele com maior produção de sebo pelas glândulas sebáceas. No verão, essas glândulas ficam hiperativas, o que também faz com que os poros fiquem dilatados.

Então a gente aceita e deixa a pele do rosto parecendo um pastel de queijo? Não! Para controlar a oleosidade no verão, a recomendação da dermatologista é usar sabonete com ácido glicólico e ácido salicílico. Lance mão também de um filtro gel, gel-creme ou sérum (fps 30, de três em três horas) e um hidratante – como existe uma grande variedade, o ideal é falar com o seu dermatologista para encontrar o perfeito para você.

No corpo, a pele negra tende a ser mais seca – isso ocorre devido ao baixo nível de de lipídios. Não descuido do hidratante para pele seca ou extrasseca em nenhuma estação do ano! Capriche ao passar pelas partes mais ressecadas, como cotovelos e joelhos.

The Body Shop, Loção hidratante facial Tea Tree, R$ 62 © divulgação

Depilação

Pernas de fora significam uma coisa: sobe a demanda por todos os tipos de depilação. Mas por causa do pelo tortuoso, as mulheres negras têm mais tendência a pelos encravados. Infecções mais graves podem causar até perda de pelos e cicatrizes permanentes.

​A depilação a laser é recomendada para todos os tipos de pele porque previne a foliculite, diminui a espessura do pelo, ele se torna mais fino e, assim, tem menos chances de encravar. “O melhor método é a paciente que vai decidir, pois muitas se adaptam melhor à depilação com cera, outras preferem creme, o ideal é você conhecer a sua pele e saber a qual método se adapta melhor”, diz Katleen.

Veja também: +50 fotos de tatuagem em pele negra: coloridas, sombreadas, blackwork, aquarela...

Tatuagem em pele negra © Pinterest/afropunk

Esse texto foi escrito por @compergeovana e editado por @cicaara

Continue no taofeminino!

by Geovana Pereira 250 shares

você também vai <3: