Home / Maternidade / Quero engravidar / Quero engravidar... por onde eu começo?

Quero engravidar... por onde eu começo?

Publicado por Alexandra Guida
em 24 de maio de 2016

Pronta para esse grande passo? Aqui tem tudo que você precisa saber para ter um bebê

Ter um filho com certeza é uma decisão empolgante. Mas nem sempre fácil. Fatores emocionais e relacionados a saúde podem impactar na fertilidade e é praticamente impossível dizer quanto tempo uma mulher vai levar para engravidar. Buscar toda informação relevante é sempre o melhor jeito de começar. Então, aqui está o guia TaoFeminino dedicado para as futuras mamães sobre como ter um bebê.

1. Faça sexo

Parece uma dica boba, nós sabemos, mas você ficaria surpresa com a quantidade de vezes em que ouvimos “Apenas diga para eles transarem” como dica número um.

A questão é que, se você está fazendo amor uma vez na vida e outra na morte, e fica se perguntando por que ainda não engravidou, é muito provável que você não esteja transando o suficiente. Simples assim.

Quer esquentar as coisas ainda mais? Existem posições sexuais específicas que podem ajudar a engravidar.

2. Preste atenção no seu timing

Se você quer maximizar as chances de engravidar fazendo sexo no seu período fértil , saber quando você ovula é o próximo passo. Transar durante ou alguns dias antes dessa data coloca as probabilidades a seu favor. O método Billings é uma ótima forma de compreender o que acontece com o seu corpo. Conhecer-se, inclusive, pode te ajudar a escolher o sexo do bebê de forma natural. Já pensou em realizar o sonho de ter uma filhinha ou filhinho?

Se você tem um ciclo regular, uma “calculadora” de ovulação pode ajudar. Coloque a data da sua última menstruação e a duração que a ferramenta dirá quando você vai estar ovulando.

Outras maneiras de calcular quando você está ovulando:

  • Kits de ovulação (pode ser pela urina, como testes de gravidez, ou pela saliva). “O kit vem com um pequeno microscópio, uma lente de aumento por meio da qual ela consegue visualizar a mudança do padrão da saliva quando se está no período da ovulação. Já nos testes de urina, também vendidos em farmácia, a mulher consegue ver os níveis aumentados do hormônio luteinizante, que controla a ovulação. A urina deve ser recolhida sempre no mesmo horário, de preferência de manhã cedo, antes de tomar muita água para não interferir na diluição da urina. A fita reativa deve ser mergulhada na urina, até a indicação, por até três minutos. Se formar uma linha colorida o resultado é positivo” explica o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli;
  • Cheque sua temperatura corporal. Ainda de acordo com Mantelli, “os sinais da época de ovulação são dados através da temperatura basal, medida logo pela manhã. O aumento de 0,2 a 0,5 graus da temperatura média de 36 graus indica maior probabilidade de engravidar”;
  • Fique atenta às mudanças no seu muco cervical (logo antes de ovular, ele fica elástico, em grande quantidade e transparente – ninguém disse que tentar engravidar é sempre lindo).

3. De olho na balança!

É de grande ajuda dar uma olhada na sua dieta para razões além do peso. A dieta tem um papel importante tanto na sua vida quanto na do seu bebê. Nutrientes específicos como o selênio, que protege o organismo do estresse, e o zinco, que fortalece o sistema imunológico, são essenciais na dieta de quem quer engravidar. E uma boa alimentação não é tarefa apenas da mulher. O homem também deve melhorar os hábitos alimentares. Ele deve evitar a cafeína, por exemplo, porque ela aumenta a quantidade de radicais livres e danifica o gameta.

4. Não beba

É recomendado que se você está – ou planeja estar – grávida, deve evitar ingerir álcool. De acordo com Domingos Mantelli, “O álcool, interfere no funcionamento do ovário, interferindo na ovulação. Já durante a gravidez pode ocorrer o risco de o bebê ter síndrome alcoólica fetal, que tem como consequência atraso mental e físico, comprometimento do crescimento, entre outros problemas”.

5. Pare de fumar

Desista do cigarro para melhorar – bastante – suas chances de engravidar. “O cigarro pode afetar a produção de hormônios como o estrógeno. A falta deste hormônio interfere no amadurecimento dos folículos, que serão os futuros óvulos, e no desenvolvimento deles mais tarde. Durante a gravidez, o cigarro aumenta os riscos de aborto natural, sangramentos, descolamento de placenta e parto prematuro, além de problemas congênitos para o bebê” alerta Domingos Mantelli. Além disso, eles contêm muitos químicos prejudiciais, como a nicotina, por exemplo, que afeta os órgãos reprodutivos e reduz a quantidade de óvulos na mulher e de espermatozoides nos homens. Veja aqui como parar de fumar.

6. Não compre Clomid na internet

Muitas mulheres que tem problemas para engravidar recorrem ao Clomid, que é um medicamento com propriedades antiestrogênica, cujo objetivo é estimular a ovulação em mulheres que não ovulam. Embora seja um medicamento que requer receita médica, uma pesquisa do site Netmums mostrou que 4% das mulheres fazem essa compra on-line. Além da falta de segurança de o remédio ser mesmo aquilo que está escrito na embalagem – afinal, comprando pela internet, como ter certeza do que realmente tem dentro daquele potinho? –, sem a supervisão de um médico não há como saber se Clomid é o tratamento ideal para você.

7. Mande o estresse para bem longe!

Embora ainda haja controvérsias quanto ao efeito do stress na fertilidade, é consenso que ele não vai fazer da sua jornada por um bebê algo agradável.

Nós sabemos... Você quer um bebê agora mesmo, todas as suas amigas e conhecidas estão grávidas. Isso pode estressar qualquer um. Seja qual for o seu jeito preferido de relaxar, – ioga, acupuntura, exercícios, meditação – vá com tudo!

Se as coisas não saírem como planejado...

Dê tempo ao tempo: 84% dos casais engravidam naturalmente dentro de um ano se eles fizerem sexo - sem proteção - regularmente. Espere 12 meses antes de procurar um médico. Mas caso você tenha algum problema de fertilidade ou já tenha passado dos 36 anos vale a pena considerar pedir ajuda profissional antes. E lembre-se de que um a cada sete casais tem problemas para engravidar. Então, não hesite em pedir por ajuda se sente que algo está errado. Você não está sozinha.

Continue com a gente!

Os hormônios podem atrapalhar a chance de engravidar?
O papo agora é fecundação. Tire suas dúvidas!
O que realmente afeta sua fertilidade?

Gostou? Tem mais

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

Bebê acorda com todas as emoções possíveis Bebê acorda com todas as emoções possíveis

Katy Perry diz não ter tempo para besteiras Katy Perry diz não ter tempo para besteiras

Comentários