Home / Maternidade / Quero engravidar / Como engravidar? Comece com uma alimentação saudável!

© Istock
Maternidade

Como engravidar? Comece com uma alimentação saudável!

por Redação taofeminino Publicado em 29 de janeiro de 2016
374 compartilhamentos

Alimentos saudáveis e nutrientes específicos podem contribuir para realizar o sonho de ser mãe. Por Juliana Couto

Uma dieta balanceada, constituída de vegetais, carboidratos integrais, principalmente, e muitos alimentos orgânicos é a ideal para qualquer pessoa, em qualquer idade. Se você quer engravidar, prepare-se: a sua alimentação precisa ser cuidadosa e priorizar os melhores alimentos desde já.

De acordo com Camila Teresa Tortamano Latorre Campana (SP), nutricionista humanizada ayurvedica, a dieta para engravidar deve conter alimentos com nutrientes específicos, como selênio e zinco. "O selênio é um potente antioxidante e combate os radicais livres, protegendo o organismo do estresse oxidativo e auxiliando-o em seu potencial máximo; o zinco auxilia no fortalecimento do sistema imunológico, também é antioxidante e é coadjuvante na ação das enzimas”. Quer saber onde encontrá-los? Nos grãos integrais.

Mudança de hábitos

Mudar a alimentação inclui mudar alguns hábitos. Para a nutricionista Paola Bueno Preusse (SP), é importante que essa transformação aconteça na dieta do casal – sim, o parceiro também deve rever a alimentação. O que deve ser evitado? Bebidas alcoólicas, que interferem na secreção do hormônio masculino testosterona; café e bebidas com cafeína, pois o café aumenta a quantidade de radicais livres, o que danifica os gametas, e pode interferir na capacidade do organismo de absorver ferro e cálcio (o ferro é nutriente chave no transporte de oxigênio no organismo e o cálcio mantém as estruturas ósseas íntegras para a sustentação e para o metabolismo); e soja, rica em fitoesterol, hormônio vegetal que interfere no estrógeno, hormônio feminino envolvido na ovulação.

Para Paola, a "dieta da fertilidade" do casal pode incluir nutrientes essenciais como ácido fólico, encontrado em verduras escuras (brócolis e espinafre); vitaminas A e B, também encontradas em verduras escuras (couve-manteiga); B6 e B12, em carnes magras, ovos e, a última, em laticínios; vitamina C, em frutas cítricas; vitamina D, em peixes; e vitamina E, em oleaginosas. Além, claro, dos superaliados selênio, encontrado em castanhas e amêndoas, e zinco, também encontrado em frutos do mar.

"O conjunto da ingestão de vitaminas e minerais criam o efeito na fertilidade", afirma Paola. "Em especial, vitaminas B6, E, C, A, zinco e selênio. A vitamina B6 quando em falta no corpo da mulher, pode levar a um desiquilíbrio hormonal e atrapalhar o ciclo menstrual, ou seja, alterar o período fértil. A junção da B6 com o zinco é a chave do sucesso, pois aumenta a fertilidade na mulher. Nos homens, contribui para espermatozoides mais saudáveis. Já a vitamina E atua nos ovários e é a grande amiga no desenvolvimento dos óvulos da mulher", completa. Segundo Paola, a vitamina A e o selênio são os grandes aliados dos homens. "A vitamina A aumenta o número de espermatozoides e o selênio é essencial para a produção deles. Pelo menos metade do selênio corporal do homem está localizado nos testículos e nos ductos seminais ligados à próstata".

Na prática

Se você decidiu que quer engravidar já, vá com calma. O ideal é realizar as mudanças na sua alimentação e esperar um intervalo de três meses para engravidar. Segundo Camila Campana, é importante esperar esse período porque é o tempo que o sangue leva para se renovar no organismo. Na prática, ingerir determinados alimentos pode fazer com que você engravide antes desse período. É o caso da Arinka Pasinato (CE), 29, mãe dos gêmeos Bernardo e Camila, de um ano e nove meses. Quando decidiu engravidar, Arinka resolveu dar uma ajudinha, como ela mesma diz. “Lembrei-me das minhas aulas de fitoterapia, pesquisei e li que o inhame poderia ajudar muito na ovulação”. O resultado? “Foi de primeira”, completa Arinka. Com Audrey Florêncio Pereira (SP), 43, mãe do Daniel, 6, não foi diferente. Audrey decidiu seguir a dica de uma amiga e incluiu ovo na dieta. "Eu gosto de ovo e não foi nenhum sacrifício". Pouco mais de um mês depois, engravidou.

Por que o inhame e o ovo?

Rico em ácido fólico, que favorece os ovários, o inhame contém o fito-hormônio diosgenina, que é transformado em progesterona no nosso organismo, bloqueando o estrógeno e aumentando a gonadotrofina, o que amplia a atividade do folículo ovariano e pode estender o período fértil. O ovo é fonte de colina, ácido fólico, ferro e zinco, que também favorecem a concepção. Por mais que esses alimentos contribuam muito para a fecundação, há uma série de fatores que influenciam a concepção e a gravidez, confirma Camila, como “o equilíbrio geral do organismo, todos os tipos de nutrientes e a qualidade de vida do casal”. Mas, agora, já é possível saber por onde começar toda a mudança. Vamos lá?

Dicas de alimentos saudáveis

Legumes e verduras: verdadeiras fontes de vitamina C, fibras, sais minerais e outros nutrientes essenciais, eles são os seus melhores amigos (agora e durante a gestação, ok?).

Ferro e proteínas: entram na lista principal. Vale a pena incluir no seu cardápio ovos, que além das vitaminas, possuem mais de 12 vitaminas e minerais, carnes magras, feijão (branco, preto e carioca), lentilha e grão-de-bico.

Peixes: sardinha, atum e salmão são peixes ricos em gorduras "do bem" que regulam a saúde do coração, além concentrarem de proteínas e ômega-3 (a dica é consumi-los no máximo três vezes por semana).

Café da manhã: bolo de chocolate é uma delícia em qualquer horário, mas o ideal é procurar opções mais saudáveis para o café da manhã. Cereais integrais e leites com pouca concentração de gordura são a melhor opção.

Leites e derivados: já que falamos em café da manhã... Vale a pena ingerir produtos lácteos com baixo teor de gordura (leites e iogurtes desnatados, além dos queijos magros), para controlar o colesterol e o excesso de peso.

Quer engravidar? Faça sexo! Vejas posições do Kama Sutra

Quer engravidar? Faça sexo! © iStock

Leia mais:

Velha demais para ser mãe? Até que ponto a idade pode interferir na maternidade
Grávida aos 40: dicas para engravidar depois dos 40 anos
Como engravidar rápido: 12 dicas para engravidar​

*O taofeminino não recomenda adotar nenhuma dieta nutricional sem suporte profissional especializado. Os alimentos citados nessa reportagem não são recomendação da equipe taofeminino ou dos profissionais supracitados.

por Redação taofeminino 374 compartilhamentos

você também vai <3: