Fertilidade

Grávida aos 40: dicas para engravidar depois dos 40 anos.

Conselhos para engravidar depois dos 40 

 - Grávida aos 40: dicas para engravidar depois dos 40 anos.
Ficar grávida
pode ser difícil mesmo dentro do seu período de vida mais fértil. E quando você chega a uma certa idade, infelizmente, as coisas podem ficar ainda mais complicadas.
 
Se você e seu parceiro adiaram a maternidade você provavelmente já está ciente de que é um pouco mais difícil conceber conforme os anos se passam, mas felizmente, está longe de ser impossível. 
 
 
Com os avanços em tratamentos de fertilidade há uma abundância de opções disponíveis para ajudá-la a engravidar e começar uma família. 
 
 
O nosso parceiro sofeminine.co.uk conversou com o professor Geeta Nargund, diretor médico do Create Health, para descobrir tudo o que você precisa saber sobre a engravidar depois dos 40!

Quais são os riscos? 

É preciso encarar a realidade: os riscos são bem maiores em gestações após os 40 anos. Mas não perca a coragem tão cedo! "Se a mulher está em boa saúde, os riscos de saúde para a mulher e o bebê são mais baixos no início dos 40.", afirma Geeta.
 
 
Mas ainda há coisas a serem levadas em conta. A quantidade disponível de óvulos de uma mulher vai naturalmente diminuindo à medida que ela envelhece, e há uma chance elevada de existirem problemas cromossômicos com os ovos que permanecem, como síndrome de Down, defeitos de nascimento e o risco de aborto espontâneo. 
 
Há também problemas adicionais para a mãe como doença cardíaca ou pressão arterial elevada que devem ser inicialmente detectadas pelo seu médico antes de você começar a tentar engravidar. 
 
 
Geeta afirma que a melhor coisa a se fazer é manter-se vigilante. "O acompanhamento regular em uma clínica de pré-natal e boa assistência obstétrica são necessários. A idade materna está  relacionada com aumento dos riscos de o bebê ter síndrome de Down. Entretanto, o diagnóstico da condição já na gestação -- que é feito entre a 11ª e 13ª semana) é confiável."

Quais são as taxas de sucesso ?

 
Se você está começando a se preocupar se vai ser uma estranha nos cursos pré-natais, não se aflija - mais e mais pessoas estão adiando a maternidade - seja qual for o motivo.
 
 
Mas não há como negar que as chances de engravidar naturalmente depois de 40 anos caem significativamente.
 
 
Algumas estatísticas do Baby Center mostram: " Aos 40 anos a sua chance de conceber após um ano desde a primeira tentaiva é cerca de 40 a 50 por cento , em comparação com uma mulher de 30 e poucos anos , que tem uma chance de 75%. Aos 43 anos, as chance de uma mulher engravidar naturalmente cai para 1 ou 2 por cento. "

 
Por esta razão, a fertilização in vitro é uma opção muito popular. "É muito comum que as mulheres com mais de 40 procurem tratamentos de fertilidade e depois de 45 anos é muito raro que uma mulher engravide com seus próprios óvulos ", diz Geeta. "A chance de ter um bebê por ciclo de fertilização in vitro em mulheres 40 a 42 anos pode chegar a 15%; fica cerca de 5 a 10% para mulheres entre 43 e 44 anos. A partir dos 44 anos, as possibilidades se reduzem a 5 % ou menos ".

Quais são as opções disponíveis para você ?
 

Mulheres solteiras e casais gays podem tentar a inseminação com doador de esperma como a primeira opção se as trompas estão abertas e desde que a reserva de óvulos não esteja muito baixa.
 
 
  • Há vários tipos de fertilização in vitro. A natural é uma opção " livre de drogas" com a seleção natural de óvulos a um custo menor e com menos efeitos colaterais e sobrecarga física. Esse tipo de FIV pode ajudar, mesmo em situações nas quais as mulheres estão em estágio pré -menopausa ou têm reserva muito baixa de óvulos; ou nas quais os medicamentos para a fertilidade não funcionam. Ainda há outros tipos de fertilização in vitro que lançam mão de medicamentos ou culturas de óvulos em laboratórios.
 
  • A inseminação artificial é uma boa saída para quem possui óvulos de qualidade porém alguns problemas no aparelho reprodutivo.  A fertilização acontece dentro da mulher, já que os espermatozóides do parceiro são injetados no útero, no período de ovulação. 
 

O que você pode fazer para aumentar a sua fertilidade

 
A principal coisa que você pode fazer para ajudar ajudar a concepção é manter um estilo de vida saudável.
 
 
Geeta diz: "É importante otimizar o seu peso corporal e IMC. Se você fuma, largue já o cigarros e se você bebe regularmente, comece a repensar a quantidade de álcool ingerida. Tome ácido fólico regularmente e mantenha uma alimentação saudável - se você fizer isso , não há necessidade de suplementos adicionais." .
 
 
Fale com o seu médico o mais rápido possível e ele irá aconselhá-la sobre o melhor curso de ação para engravidar.

Continue com a gente:

- Os 10 mandamentos da mãe de primeira viagem
- Conselhos preciosos sobre recém-nascidos
- Como dar o banho no bebê com segurança
- Dicas de nomes de bebê




  

Vídeo: Dicas para o dia a dia: amarrando os sapatos em 2 segundos

  • Dicas para o dia a dia: amarrando os sapatos em 2 segundos
  • DIY: Uma ótima ideia de presente para você mesma customizar

Nota:1/5 
Dê uma nota para esta página: 

Leia também
Como Marilyn Monroe e outras estrelas mantinham a forma?Unhas que brilham no escuro? Melhor tomar cuidado com receitas caseiras que criam o efeito
10 dicas para fazer o sexo durar maisKilim, estampa de pegada boho na decoração
Últimas notícias 23/05/2017
Notícias Maternidade
Guias práticos
Vídeos
Tipos de parto: parto lótus e o desligamento natural da placenta
Como fazer seu filho comer bem
Sete mitos para deixar de lado e amamentar com tranquilidade
DIY: aniversário infantil sem personagem
Todas as notícias Maternidade
Como potencializar suas chances de engravidar
O papo agora é fecundação. Tire suas dúvidas!
Por que a toxoplasmose na gravidez é tão perigosa?
Todos os guias Maternidade
Garotinho fofo conhecendo o irmão recém-nascido
Todos os vídeos de Maternidade
 

Fique por dentro

...Assine nossa newsletter
Receba as últimas notícias de taofeminino.com.br por e-mail
  OK
Confira nossa página no…