Home / Maternidade / Quero engravidar / Quero e posso ser mãe! Entendendo a fertilização in vitro

Quero e posso ser mãe! Entendendo a fertilização in vitro

Publicado por Ana Paula Sanches
em 18 de agosto de 2015

A fertilização in vitro doi? Custa caro? Preciso me afastar do trabalho e permanecer em repouso para fazer? Esclareça essa e outras dúvidas sobre o processo

A fertilização in vitro, técnica mundialmente conhecida desde a década de 1970, quando ocorreu o nascimento da primeira bebê de proveta do mundo, é um dos procedimentos mais procurados por casais que têm alguma dificuldade para engravidar. Porém, mesmo após quase 40 anos desde o primeiro resultado bem-sucedido, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre em relação à execução desse processo.

Para entendermos a tim-tim por tim-tim a técnica, conversamos com os especialistas em reprodução humana Silvana Chedid, diretora da Clínica IVI (SP), e Isaac Yadid, diretor do Primordia Medicina Reprodutiva (RJ), que esclareceram as principais questões sobre o tema e deixarão você mais segura e com ainda mais vontade de realizar o sonho de ser mãe.

Quero fazer uma fertilização in vitro. Quais são os primeiros passos que devo seguir?

Existe todo um passo a passo por trás da realização da fertilização in vitro. A primeira coisa que a mulher deve fazer é procurar uma clínica especializada em reprodução e contar ao médico o seu histórico de tentativas e falhas ao tentar engravidar. Depois disso, ela será submetida a uma série de exames a fim de investigar os motivos dessa dificuldade. O homem também é examinado e, geralmente, faz um espermograma (para verificar a quantidade de espermatozoides) e uma espermocultura (que avalia a presença de agentes que estejam comprometendo a fertilidade). Somente após a avaliação dos resultados do casal é que o especialista em reprodução humana indica o melhor tratamento a ser realizado, que pode ser a fertilização in vitro, inseminação artificial ou algum outro.

Fertilização in vitro: como funciona o procedimento?

Após a avaliação médica, a primeira etapa é a da estimulação ovariana, que dura de 10 a 12 dias. Esse processo consiste em estimular os ovários a produzirem mais óvulos para obter um maior número de embriões e, assim, aumentar as possibilidades de gravidez.

Depois disso, são feitas ultrassonografias para verificar se atingiram o tamanho adequado – se sim, os óvulos são aspirados (com a paciente sedada para que não sinta dor) e colocados numa placa de cultivo junto aos espermatozoides do homem para promover a fecundação. Em alguns casos, um espermatozoide é introduzido diretamente dentro do óvulo, mas em ambos as situações o objetivo é que a fecundação ocorra.

Por fim, os embriões resultantes da fecundação são observados em laboratório e classificados de acordo com o seu desenvolvimento para determinar se serão utilizados ou não. Quando viáveis, são colocados no útero materno com a ajuda de um cateter especialmente desenvolvido para isso. Os demais embriões saudáveis são conservados em vidro para possivelmente serem utilizados em novas tentativas.

Vale lembrar que durante todo o processo a mulher pode exercer as suas atividades normais, como trabalhar, e manter relações sexuais. O único cuidado diz respeito aos exercícios físicos: se você pratica algum regularmente, consulte o médico que irá acompanhar o seu tratamento para saber se poderá manter a rotina.

Placa de cultivo para fecundar óvulos e espermatozoides

A fertilização in vitro doi?

Embora essa seja uma dúvida comum das pacientes, não há com que se preocupar: “Os procedimentos da fertilização in vitro mais ‘invasivos’, como a transferência embrionária, são feitos com anestesia e a paciente é dispensada de suas funções no dia”, explica Silvana.

Fertilização in vitro: índices de sucesso

O sucesso do procedimento depende da fertilidade da mulher, o que, por sua vez, é relativo à sua idade. “Quanto mais jovem a mulher for, maiores são as chances de a fertilização dar certo logo, afinal a fertilidade é maior especialmente em mulheres com menos de 30 anos”, afirma Silvana. Yadid completa: “Existem mulheres que ficaram grávidas na primeira tentativa, mas também há quem consiga apenas na décima. Estatisticamente, podemos afirmar que os maiores índices de sucesso estão entre a terceira e quarta tentativa”.

É verdade que a fertilização in vitro aumenta a probabilidade de ter gêmeos?

A probabilidade de engravidar de gêmeos está diretamente ligada a quantidade de embriões transferidos ao útero, como explica Yadid: “Em pacientes até 36 anos, transferimos até dois embriões. Nas com idade entre 37 e 40 anos, até 3. Acima dessa idade, são transferidos 4 embriões. Ou seja: quanto mais embriões, maiores as possibilidades de gêmeos”.

Evolução do óvulo fecundado

Contraindicações da fertilização in vitro

“As contraindicações são as mesmas de uma gravidez tradicional: hipertensão e problemas cardíacos graves, já que esses podem dificultar o desenvolvimento do feto”, explica Silvana.

Quanto custa fazer uma fertilização in vitro?

Cada laboratório trabalha com seus próprios preços e alguns oferecem, ainda, pacotes cujo valor já inclui ao menos 3 tentativas de sucesso, mas pode-se dizer que o custo médio de uma fertilização in vitro no Brasil fica entre os R$ 10 e R$ 12 mil.

Alguns hospitais já oferecem tratamentos de reprodução assistida gratuitamente, por meio do Sistema Unificado de Saúde (SUS). São eles:

Belo Horizonte (MG):

Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)


Brasília (DF):

Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB)
Porto Alegre (RS):
Hospital Nossa Senhora da Conceição;
Hospital das Clínicas de Porto Alegre.


Recife (PE):

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (IMIP)


São Paulo (SP):

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Usp (FMUSP);
Hospital Pérola Byington;
Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto.

Ainda não acabou!

Continue com a gente!

• Método sintotermal: descubra qual é o melhor dia para engravidar
• Como engravidar de menina?
• Aprenda a calcular o seu período fértil
• Alimentação saudável para engravidar
• 1,2,3 e...grávida! As melhores posições para engravidar

tãofeminino ♥ Pinterest

Tags relacionadas #Clearblue

+

Gostou? Tem mais

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

A cidade de Barcelona como você nunca viu antes A cidade de Barcelona como você nunca viu antes

Madonna irrita fãs depois de usar ’gay’ como um insulto Madonna irrita fãs depois de usar ’gay’ como um insulto

Comentários