Home / Maternidade / Quero engravidar / Como saber se estou grávida?

Como saber se estou grávida?

Publicado por Redação taofeminino
em 20 de abril de 2016

Bateu a dúvida? Então, saiba quais sinais você pode reconhecer antes de fazer o tão esperado (ou temido) teste de gravidez. Por Juliana Couto

Em uma bela manhã, você acordou com enjoos e cólicas fortes. O que é normal, você fica assim todo mês. Ou, dessa vez, seus seios estão inchados e doloridos? Normal. Afinal, toda vez que você menstrua, sente incômodo nos seios. A pressão baixa certamente está relacionada com o calor ou com o fato de você sair de casa sempre com pressa e atrasada. Todas essas possibilidades são reais. Ou, em vez disso, você está grávida e esses são os primeiros sintomas de gravidez. O corpo fala. Algumas mulheres notam a diferença de imediato, outras passam semanas sem perceber a gravidez (como a que vos fala). Mas o corpo fala, seja por meio da interrupção da menstruação, um dos sinais clássicos (se você não tem ciclos regulares, redobre a sua atenção), seja pelos seios doloridos.

Cada mulher reage de maneira diferente aos sinais de gravidez, mas todos eles são causados pelos nossos hormônios. Mayara Gouvêa Gama (SP), 29, mãe de Marjorie e Luísa, 5 anos e 1 um ano e um mês, respectivamente, teve duas gestações e o mesmo sintoma nas duas. “Senti cólicas e dores abdominais bem fracas, mas quando descobri a gestação, as dores ficaram mais intensas e vieram os enjoos, que antes não existiam.” Para Andressa Affonso de André (SP), 33, mãe de Luísa, de três meses, foi um pouco diferente. “Eu fiz fertilização in vitro e deveria fazer o exame 12 dias depois de fazer a transferência dos dois embriões, mas no 8º dia eu comecei a ter um pequeno sangramento, então o exame de gravidez foi antecipado para o 10º dia. Eu fui fazer o exame já preparada para pegar o negativo porque, além do sangramento, eu estava muito irritada, saíram espinhas, eu estava com muita vontade de comer doce (tudo o que eu sentia quando estava de TPM). Mas para minha surpresa eu estava grávida, o sangramento era nidação* [*veja explicação abaixo].”

A culpa é do hormônio

De acordo com o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, há vários sintomas que podem indicar a gravidez. “O principal, claro, é o atraso menstrual, mas isso não acontece com todas as mulheres, pois muitas têm o ciclo irregular. Alguns sinais que a mulher pode observar são: um inchaço maior, aumento do volume das mamas, pode sentir eventualmente um pouquinho de cólica, sentir-se um pouco estranha, um pouco de náusea e enjoo, ela pode enjoar com cheiros que normalmente ela não enjoava, pode passar a não querer alimentos que antigamente ela gostaria de consumir. Então tem tudo isso. Tem vários sintomas que podem indicar uma gestação.”

“Na verdade, no dia que era pra vir a menstruação, eu disse ‘não vai descer’. Passados dois dias, resolvi fazer o teste e deu positivo! Mas o primeiro sintoma, antes disso, foi muita dor nos seios”, conta Geovana Santos (SP), 34, mãe do Raphael, de dois meses. É normal algumas mulheres, ainda sem saber que estão grávidas, perceberem os seios inchados, com os bicos doloridos e já com coloração diferente. Segundo Mantelli, “Normalmente, as mulheres sentem esses sintomas por conta das alterações hormonais que começam a acontecer no corpo no início da gestação. Toda a ebulição de hormônios que está no corpo causa essas alterações, como dores nas mamas e a sensibilidade nos mamilos.”

Patricia Moreira Gabriel (SP), 36, grávida de 34 semanas do Bernardo, demorou nove semanas para descobrir que estava grávida. “Eu sentia muito enjoo e achava que era estresse de trabalho. Sentia muito sono, uma sensação de estar quase prostrada. Até falei pro meu marido que achava que era depressão. Quando descobri que estava grávida, então, só queria dormir. Mas isso durou umas 16 semanas. Depois fiquei ótima, bem disposta, sem enjoo nem azia”, conta.

Nidação, enjoo, azia, fadiga, cansaço, sono, desejos por determinados alimentos, repulsa por outros e emoções a flor da pele são sintomas de gravidez. Você pode senti-los antes de descobrir a gravidez e pode ser que sinta cada um deles ao longo da gestação. O motivo de tantos sintomas é um só: alteração hormonal. Seja com uma descoberta com quatro semanas, seja com doze, é muito provável que você tenha alterações no seu corpo. E certamente, após descobrir que você está grávida, essas alterações vão aparecer.

O que eu vou sentir?

Raquel Bittencourt (RJ), 32, mãe da Olívia, de dois anos e seis meses, explica bem o que é o turbilhão de sensações da maternidade. “Os primeiros sintomas que senti e me fizeram desconfiar da gravidez, antes mesmo da menstruação atrasar, foram calor insuportável, nunca sentido na minha vida, muita sensibilidade (chorava de soluçar por 'pouca' coisa), vontade de urinar de 5 em 5 segundos e muita fome (mas como eu sempre comi muito, não me chamou tanta atenção). Fiz o teste de farmácia e rapidamente deu positivo. No dia seguinte, fiz o BHCG. Na mesma semana comecei a sentir muito enjoos (vomitava horrores), a pressão caía frequentemente e a fome tomou uma proporção animal! A memória começou a ficar comprometida também! Os enjoos e vômitos pararam quando entrei no quarto mês e o calor e falta de memória se mantém até hoje!” E você achou que os sintomas da gravidez ficariam lá na gestação?

Sinais de gravidez

Mas, afinal, quais são os sintomas? Muitos e variam de organismo para organismo. Saiba um pouco mais sobre os mais comuns, com explicações do ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, e não esqueça: sempre tem aquele sintoma que ninguém e espera - e que depois de 40 semanas vai se tornar o maior amor da sua vida.

  • Nidação: Sangramento de cor escura, é a fixação do embrião no endométrio. Quando o embrião se fixa no endométrio, ele pode romper alguns vasinhos sanguíneos e dar este pequeno sangramento que muitas mulheres confundem com a menstruação, já que ele acontece no período em que elas menstruariam novamente. Mas geralmente é uma pequena quantidade por um ou dois dias, com uma coloração mais de borra de café.
  • Seios inchados e doloridos: Acontece por conta das alterações hormonais que começam a acontecer no corpo no início da gestação. Toda a ebulição de hormônios que está no corpo causa essas alterações, como dores nas mamas e a sensibilidade nos mamilos.
  • Enjoos: Ocorrem principalmente por causa da elevação dos hormônios BHCG e progesterona, que atingem o seu pico em torno da décima semana da gestação. No entanto, como eles se elevam muito desde o início a mulher pode, sim, sentir estes enjoos e incômodos por conta desses hormônios.
  • Fadiga e sonolência: Podem ser sintomas de gestação e eles ocorrem devido a elevação dos hormônios e ao metabolismo, que estão em constante mudança.
  • Desejo e repulsa alimentar: Estes desejos realmente podem acontecer e também a aversão a alguns alimentos. Isto ocorre porque há uma alteração nas mucosas, que ficam mais inchadas e dão uma alteração do paladar da gestante.
  • Emoções: As emoções realmente ficam à flor da pele e mais uma vez é por conta de todas estas oscilações hormonais que acontecem e também da emoção do momento, do acontecimento de saber que está grávida, as emoções de saber que vai ser mãe. Todas estas alterações hormonais vão mexer com todo o metabolismo da mulher e, consequentemente, com as emoções.

Estou grávida! E agora?

Descobriu que está grávida? Hora de ir atrás de um obstetra para dar início ao seu pré-natal, imprescindível para ter um acompanhamento sadio da sua gestação. Se você ainda não encontrou um médico ou a agenda do que encontrou está lotada, há algumas indicações que valem a pena serem seguidas até que você converse com o profissional. “Suspender qualquer atividade física que esteja fazendo, parar com medicações que esteja tomando, principalmente se for de uso restrito e controlado, até o médico avaliar se pode continuar. Qualquer sinal de sangramento e de cólicas mais intensas, a gestante deve procurar um pronto-socorro para que possa ser avaliada e saber se está tudo bem com a gestação. O quanto antes conseguir agendar um ultrassom, melhor”, finaliza Mantelli.

Leia mais:
Exercícios para gestantes (esses daqui estão liberados!)
É assim que vive um bebê dentro do útero materno
Grávida pode... fazer escova progressiva nos cabelos?
Como engravidar com o método billings

Tags relacionadas #dicas gravidez

+

Gostou? Tem mais

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

Bebê descobre como mexer as sobrancelhas Bebê descobre como mexer as sobrancelhas

Mulher grávida protagoniza momento emocionante na praia Mulher grávida protagoniza momento emocionante na praia

A cidade de Barcelona como você nunca viu antes A cidade de Barcelona como você nunca viu antes

Comentários