Home / Comportamento / Relacionamento / Por que é difícil encontrar um namorado no mundo “fácil” do namoro online

© iStock
Comportamento

Por que é difícil encontrar um namorado no mundo “fácil” do namoro online

por Karen Carneti Publicado em 8 de julho de 2016
79 compartilhamentos

Não basta apenas deslizar o dedo na tela como se não houvesse amanhã. O namoro online está nos deixando mais seletivas – e carentes

Quando você tem uma fila de rapazes ou garotas esperando para te mandar um "olá" em seu celular, marcar um encontro é moleza. Agora, encontrar um relacionamento é uma questão totalmente diferente.

Ter conversas inteligentes durante duas horas e marcar um encontro para tomar alguns drinques quase não requer esforço, mas, assim que vocês realmente se virem pessoalmente, as coisas podem tomar um rumo bastante... hum... peculiar.

Ou eles não eram exatamente o que você esperava, ou talvez tenham se atrasado muito para o encontro, e você não gosta dessa falta de compromisso. O mundo do namoro online nos torna brutalmente exigentes, e é por isso que podemos achar difícil encontrar algo que dure mais do que alguns fins de semana.

Abaixo estão sete razões pelas quais é difícil encontrar um relacionamento no mundo fácil do namoro online:

Temos a opção de ser seletivas

Quantas vezes você ficou deslizando o dedo para a esquerda em sua tela e, em seguida, acidentalmente “jogou fora” um cara superbonito porque o polegar entrou no piloto automático? Já aconteceu com a gente mais vezes do que gostaríamos de contar, e cada um desses homens era, provavelmente, os amores de nossas vidas – e agora nunca iremos conhecê-los. *Suspiro*.

Mas, aí é que está: agora que pode conhecer pessoas por meio de uma pequena tela – e não pessoalmente – você pode ser muito mais exigente, porque tem toda uma variedade de caras esperando para falar com você. Já se você conhecesse um deles no bar e ele fosse um “nota 7”, em vez de um “9”, provavelmente ainda assim poderia ficar encantada, porque sua personalidade é incrível e ele tem um sorriso matador. Mas, no mundo online, você nunca saberia disso.

mulher-na-cama-passando-homens-celular

As intenções não são claras

Digamos que você foi a um encontro porque queria conhecer o cara e talvez comer um hambúrguer com ele. Agora, digamos que o mesmo rapaz apareceu apenas porque pensou que poderia convencê-la a ir ao seu apartamento para lhe mostrar "suas fotos das férias" de 2013.

Apesar de não ter nada de errado com isso, às vezes as intenções das duas partes não são claras, e é um pouco irritante gastar uma noite toda para chegar a essa conclusão decepcionante.

O flerte online eleva os padrões a proporções injustas

Em vez de aproveitar um primeiro encontro e ser curiosa com o que o segundo pode trazer, você pode se pegar pensando que ele não falou o suficiente, não lhe fez rir enquanto comiam a entrada do jantar ou não chegou nem perto do seu padrão “X”.

Não que haja algo de errado com padrões, mas, quando você conhece pessoas de uma maneira orgânica e sai com elas, parece que há mais tolerância no que você aceita ou não. Isso porque algum dia, num passado distante, mudar o status de "estranhos" para "amigos" durante um encontro casual no bar/livraria/trem já foi um momento incrível. Conhecer alguém por conta de um "oi, e aí?" na tela do celular simplesmente não tem o mesmo valor.

barney-stinson-dizendo-que-isso-é-ineaceitavel

"Não, inaceitável. Isso não é legal"

Você obtém uma versão “lapidada” da pessoa

Pense no Tinder: apenas suas fotos mais bonitas estão em destaque, e você compartilha seu lado mais interessante. Suas fotos aventureiras estão no topo, você tem frases engraçadas e inteligentes no perfil, e tudo o que apresenta é uma versão cuidadosamente lapidada da verdadeira você.

É de surpreender que, quando forem se encontrar pessoalmente, a pessoa pode ser bem diferente daquela no perfil do aplicativo? Descobrir isso traz uma ligeira decepção, e, assim, ele já perde pontos desde o começo. Em vez de nos sentirmos atraídas pela verdadeira pessoa, nos pegamos desejando sua versão idealizada.

Nós criamos a cultura do “ficar”

Quantas de nós tivemos "A conversa”, aquela que lhe deixa refletindo por horas, recentemente? Quantas vezes você ficou com a mesma pessoa durante meses, mas o relacionamento nunca virou algo oficial? Ou, pior ainda, quantas vezes você já teve alguém com quem gostava de sair, mas continuou checando o Tinder e combinando drinques depois do trabalho?

A emoção da conquista é metade da diversão, e, assim, se estabelecer com uma pessoa e assistir Netflix na sexta-feira tem perdido um pouco da graça.

menino-perguntando-se-menina-quer-ficar-com-ele

"Vamos ficar?"

Nós ouvimos histórias assustadoras

Como quase todas as pessoas estão no mundo do namoro online, você pode ter ouvido algumas histórias sobre como suas amigas se deram mal em suas aventuras. Pode até ter sido uma comédia romântica nos primeiros meses, mas, depois, tudo foi por água abaixo e os caras começaram a deixar toalhas molhadas em cima da cama ou ligar bêbados às três da manhã.

Quanto mais histórias você ouve sobre como essas pessoas aleatórias se transformaram em parceiros terríveis, mais pode ter vontade de ir com calma quando encontrar um potencial parceiro.

É muito fácil dispensar alguém

Quando você não gosta de alguém, basta, simplesmente, parar de respondê-lo. Ou, se o pretendente for muito persistente e você não estiver a fim dele, pode apenas clicar em "unmatch" e – puff! – a pessoa não existe mais em sua vida. Simples assim.

Se você tem a opção de cortar os laços com segurança através de uma tela, em vez de fazê-lo pessoalmente, fica muito mais fácil dispensar alguém. E é assim que agimos, porque não faz sentido continuar conversando com uma pessoa “ok” se você pode encontrar uma “ótima”. Na teoria, pelo menos.

E, assim, nos tornamos mais exigente e mais carentes, e um pouco cegas para todas as qualidades surpreendentes que uma pessoa pode trazer à tona se nós permitirmos, e fica cada vez mais difícil encontrar um relacionamento de longo prazo.

A boa notícia é que, se você se pegar agindo dessa maneira, pode mudar tudo. Que tal começar a fazer isso agora mesmo?

zendaya-dando-tchau

E você, já passou por alguma situação bizarra de online dating? Conta pra gente aqui nos comentários!

Este texto foi escrito por @karencarneti e editado por @gabrielamori.

Continue no #taofem :)

Mais dicas bacanérrimas sobre Relacionamentos aqui:

6 maneiras de mudar sua vida amorosa (mesmo se você estiver com medo)
Levei um fora do(a) namorado(a) – ou ficante, marido... O que fazer?
7 coisas esquisitas que acontecem quando você começa a namorar novamente
Por que não deveríamos querer mudar a personalidade dos nossos parceiros
11 coisas que passam pela sua cabeça quando você está se arrumando para um encontro

por Karen Carneti 79 compartilhamentos

você também vai <3: