Home / Moda / Estilo / Decifrando o normcore: a nova tendência antimoda

© Getty
Moda

Decifrando o normcore: a nova tendência antimoda

Fernanda Guimarães
por Fernanda Guimarães Publicado em 3 de outubro de 2014
1 840 compartilhamentos

Muito prazer, normcore. A tendência antitendência na qual ser cool é ser convencional e que, ironicamente, deve virar o próximo hit da moda

O reinado dos hipsters pode estar com os dias contados. E seu sucessor já tem nome: normcore, a tendência anti-moda que prega que ser diferente é ser convencional. Looks do dia – que requerem uma boa parte do seu tempo, energia e orçamento – para sair do comum? Jamais. O estilo para quem percebe que é "um em 7 bilhões", como apontou a New York Magazine, normcore é a garota tímida e andrógina de jeans e camiseta que está mudando como vemos a moda.

Mas... Afinal, o que é normcore?

Literalmente, o termo é o casamento das palavras "normal" e "hardcore". Mas nada de bandas de rock, couro e meia arrastão. O "core" está mais para uma atitude irreverente e irônica, de celebrar o básico e o mainstream numa era de tanta autoafirmação do alternativo.

O termo foi cunhado por quem entende do assunto: a agências de previsão de tendências Box 1824, de São Paulo e a K-Hole, de Nova York “descobriram” o normcore e postularam o fenômeno jovem em seu relatório de tendências, Youth Mode. No texto, a tendência é mais do que jeans e camiseta: “Normcore se distancia de uma noção de cool baseada na diferença e adota um modelo de pós-autenticidade que opta pela igualdade.”

A gente simplifica: é impossível ser único, já que todo mundo busca sua individualidade na diferença. O normcore baseia-se na vontade de se misturar à multidão e não de se destacar dela; é afirmar sua autoridade sem precisar da moda. Nada de paetês ou estampas ruidosas, em nome do básico e confortável. Evidências do normcore? A volta das sandálias Birkenstock, os sneakers e o jeans mom – calças de modelagem larga e cintura alta, a cara dos anos 80/90.

Quem é normcore?

Para o The New York Times, o estilo pai, “sem marca” de Jerry Seinfeld é a essência do fenômeno. O personagem do seriado americano e Steve Jobs de indefectíveis tênis New Balance e gola-alta preta formam a dupla dinâmica do normcore. Em Hollywood, Kristen Stewart. Na moda, as peças clean, minimalistas e o estilo cool sem esforço da Céline.

Kristen Stewart © Getty

Como vestir o normcore?

Mesmo com sua atitude rock and roll perante aos modismos, o normcore não deixa de ser um pouco esnobe - aliás, seguindo um código blasé da moda. Vestir-se à la normcore não é simplesmente pescar um moletom do armário; existe uma arrogância ao negar a moda e a ironia de não abrir mão do estilo. Fato: as produções que vemos por aí seguindo a tendência não são nada simples. Proporções, textura se tecidos são bem pensados, tudo para parecerem o mais normais possível.

O melhor? O normcore provavelmente já está por todo o seu guarda-roupa. Cores neutras, cortes retos, moletons, camisetas de algodão... Para quem quer encarnar de vez o fenômeno, fica a dica: vista seu melhor jeans, uma camiseta preta, tênis e um carão de quem não tá nem aí para moda. Arrisque uma barra dobrada ou até um moletom amarrado na cintura, que nem você fazia depois da escola. Pronto, normcore.

Normcore © Pinterest Via wwd.com

Vem que tem!

por Fernanda Guimarães 1 840 compartilhamentos

você também vai <3: