Home / Beleza / Unhas / Você lixa as unhas do jeito certo?

© Instagram @mpnails
Beleza

Você lixa as unhas do jeito certo?

by Monique Garcia Published on 18 de julho de 2017
81 shares

É preciso ter cuidado para não errar a mão!

Se o objetivo é ter unhas bonitas, lixá-las é mais do que necessário: isso não só ajuda a definir seu formato, como remove impurezas e corrige possíveis falhas de crescimento. Para ajudá-la nessa tarefa, conversamos com Remmy Forcel, manicuro do Salão 1838 Jardim América e Mychelle Marinho, manicure do Square by Romeu Felipe. Os experts, ambos de São Paulo, ensinam desde a escolha da lixa até o passo a passo para lixar cada formato de unha.

Os tipos de lixas

De papelão: é a versão mais comum e fácil de ser encontrada. Tem dois lados: um mais áspero, feito com grânulos de areia, e outro fino, para um acabamento menos abrasivo. “É uma boa opção para corrigir o formato das unhas em caso de quebra”, afirma Remmy. A desvantagem é que esse tipo de lixa tem o tempo de vida curto – o ideal é descartá-la após o segundo ou terceiro uso.

Vidro: suave e menos abrasiva, tem boa durabilidade. “Mas é preciso ter um cuidado maior para não cair e quebrar”, lembra Mychelle. Por ser mais delicada e causar menos danos às lâminas das unhas, a versão é indicada para dar acabamento.

Polidora: é feita com espuma e possui dois lados com diferentes graus de abrasividade. Como o próprio nome diz, esta lixa ajuda a polir as unhas, garantindo brilho extra. “Também é muito utilizada na finalização de unhas de porcelana”, comenta Remmy.

Metal: é menos agressiva que a versão de papelão, mas nem por isso você deve vacilar: o segredo é não lixar as unhas com muita força, já que esse excesso pode lesioná-las. Use-a para acabamentos arredondados.

Como escolher o formato das unhas

É claro que esse quesito fica à gosto da freguesa, mas algumas sacadas podem ajudar a escolher o shape ideal. “Se quiser manter as unhas curtas ou elas estiverem frágeis, o formato redondo é o mais indicado, já que quebra menos”, indica Mychelle. Caso tenha mãos curtas e queira alongá-las, opte por unhas ovais. As quadradas, queridinhas do salão, deixam dedos finos e longos mais proporcionais.

Loading...

Por que você não deve lixar as unhas em movimento de “vai e vem”

Por força do hábito, muitas mulheres lixam as unhas dessa maneira. Mas saiba que isso pode fazer com que elas descamem, rachem e até mesmo quebrem. Além disso, as pontas não ficam uniformes e não é possível ter total controle do resultado final. O ideal, portanto, é usar a lixa em apenas um sentido, começando pelo canto e indo em direção ao centro.

O jeito certo de lixar as unhas

Para começar, apoie as mãos em uma superfície plana e mantenha os dedos bem esticados. “Dessa forma, é possível visualizar melhor o resultado”, diz Mychelle. Agora, saiba como lixar corretamente se você tem...

Unhas quadradas: com a lixa na horizontal, comece pelo topo para definir o formato quadrado. Depois vá para a lateral, com a lixa na vertical. “Mantenha o desenho o mais reto possível, mas com atenção para não deixar a unha muito estreita”, alerta Remy. Para evitar quebra e lascas, deixe a ponta levemente arredondada com movimentos leves na diagonal.

Unhas redondas: posicione a lixa na lateral da unha e faça movimentos suaves para unir a ponta com o restante da unha, sempre as arredondando. Repita o processo do outro lado. Tome cuidado para não lixar em excesso: suas garras podem ficar tortas ou desiguais.

Unhas ovais: lixe as duas laterais da unha até ficarem totalmente retas e na mesma proporção. Depois, faça movimentos de arco em direção ao topo, até formar uma ponta.

Ainda não acabou!

Veja também: Mix & match nas unhas

Mix & match nas unhas © Pinterest / Instagram @nailbestiesvip

Mais dicas de beleza:

taofeminino ♥ Pinterest

by Monique Garcia 81 shares

você também vai <3: