Home / Comportamento / Você / Por que viajar te transforma numa versão melhor de você mesma?

© iStock
Comportamento

Por que viajar te transforma numa versão melhor de você mesma?

by Karen Carneti Published on 14 de setembro de 2016
157 shares

Além de ser algo extremamente prazeroso, viajar também lhe ajuda a crescer

Viajar não lhe oferece apenas um passaporte cheio de carimbos e histórias para trazer para casa e contar na mesa do café da manhã. Nem tudo são cartões postais, lembrancinhas fofas, fotos de catedrais e mapas amassados dentro da mala. Há algo sobre pegar a estrada que muda você – queira ou não, esteja pronta ou seja pega de surpresa. E é incrível.

Abaixo estão seis razões pelas quais viajar irá torná-la uma versão mais impressionante de si mesma. Prepare-se para se deslumbrar!

✈ 1. Você passa a “se jogar” nas oportunidades com mais frequência

Antes de viajar, há grandes chances de que você leve algum tempo avaliando suas opções e tentando imaginar cada pior cenário que poderia acontecer antes de finalmente “se jogar”. Mas, depois de estar na estrada por algum tempo, as coisas mudam.

Se pudéssemos vestir apenas pijama, ficar debaixo do cobertor e comer muffins o dia inteiro, – enquanto nossas mães ficam de guarda na porta, claro – nós o faríamos. Mas viajar faz você se sentir como se o mundo não estivesse contra você, mas com você. Ele é seu ajudante e quer se divertir com você.

Você vai reservar passagens para lugares úmidos, vai pular em trens em movimento e sentar-se ao lado de gaiolas de frango em caminhões, aceitará um sofá livre de um estranho quando for oferecido e dormirá em um colchão em cima de um telhado. Se jogar não é mais tão assustador - é a primeira fase de uma nova história.

✈ 2. Coragem agora é seu sobrenome

Não nos interprete mal: ter mais carimbos em seu passaporte não lhe deixa com menos medo das coisas. Você ainda sente um frio na barriga e suas palmas da mão continuam suando.

Mas, agora, quando você reserva aquela passagem para ir ao Marrocos sozinha, tendo que caminhar na neve pelas montanhas e seguir o rio com a sua bicicleta, você ainda sente medo, mas não deixa ele mandar na situação. Você agora é corajosa, e gosta de se sentir assim.

mulher-maravilha-escudo

✈ 3. Você não se estressa mais com os erros

Quando você está no meio de uma viagem, é comum que cancele voos, durma em bancos de trem, perca um ônibus...enfim. Imprevistos acontecem a todo momento. E, em vez de se jogar no chão de birra, como uma criança de cinco anos faria, é preciso aprender a lidar com eles.

Dessa forma, você se torna mais racional, recolhido, calma e pronta para achar algo bom em cada acontecimento. Você aprende rapidamente que a vida é confusa e que os erros e joelhos arranhados são parte do processo, e não algo a ser evitado. E, depois de encarar cada obstáculo no meio do caminho, você saberá fazer as coisas de forma diferente da próxima vez, e não repetirá os mesmos erros.

✈ 4. Você se torna um pouco selvagem

Existe uma vodca no Vietnã com uma cascavel marinada nele, você disse? Me dê um shot. Será que me atrevo a subir aquelas montanhas à la Tolkein calçando tênis de ginástica? Sim, sim, eu me atrevo, e eu vou cantarolar a trilha sonora de o Senhor dos Anéis durante todo o caminho até lá em cima. Devo cancelar a minha passagem de trem para a Espanha e seguir o menino de olhos azuis para a França? É claro devo.

Viagens lhe tornam sedenta por experiências, com fome para ver o que pode encontrar ao virar a esquina e curiosa para saber se irá gostar. E é uma incrível, maravilhosa sensação.

✈ 5. Você começa a perceber o quão colorido é o mundo

Quando você vive em um mesmo lugar por muito tempo, esquece quais tons de cores estão lá fora. Tudo fica em um tom meio bege e, mesmo que você o ame, acaba esquecendo que pode olhar para o mundo por meio de um caleidoscópio, se quiser.

E você começa a perceber o quão barulhento, colorido e incontrolável é o mundo. Das cores cítricas de sáris na Índia até os edifícios azuis em Marrocos, que pegam emprestados tons do céu; dos edifícios coloridos de Madrid até as cores ácidas selvagens e lantejoulas aqui do Brasil, você pode tudo, principalmente experimentar a vida.

óculos-com-paisagens-passando

✈ 6. Você aprende a ser feliz com pouco

Há momentos em que você está apenas sentada em uma cafeteria com um copo de frapuccino, ou ao lado de uma fogueira em um deserto – com um homem ao seu lado tocando gaita – ou agachada ao nível dos olhos de uma criança de cinco anos, aceitando uma flor vermelha que ela tirou de sua fazenda para lhe dar. Nestes momentos, você sente uma batida um pouco selvagem contra o peito. É a felicidade, em seu mais puro estado.

E, durante momentos como esses, é que você se dá conta de algumas coisas: não importa o que está na sua mala, o que está esperando por você em casa, como você se compara com outras pessoas ou o quão impressionante é o seu currículo. Tudo o que importa é este sentimento. Este sentimento de conexão, o contentamento do momento, e esta maravilhosa tranquilidade de ter uma nova experiência.

Este texto foi escrito por @karencarneti e editado por @cicaarra.

Hey, continue no #taofem :-D

Você é uma turista ou uma viajante?
Frases que vão aumentar sua autoestima <3
Os 30 anos estão chegando? Veja maneiras divertidas de comemorar
10 maneiras de se livrar do mau humor
Pessoas que fazem a diferença na sua vida

by Karen Carneti 157 shares