Home / Comportamento / Carreira / Como você lida com as críticas no trabalho?

© iStock
Comportamento

Como você lida com as críticas no trabalho?

by Karen Carneti Published on 27 de setembro de 2016
A-
A+

Às vezes, não é fácil receber uma crítica, mesmo se ela tiver sido feita da maneira mais construtiva possível. Tudo fica ainda mais complicado se ela acontecer no local de trabalho, certo? Portanto, sugerimos que você leia nossas dicas sobre como agir nestas situações. Tome nota!

Antes de começar, vamos devemos definir o que é uma crítica – e fazê-lo a partir do sentido emocional. Criticar é o mesmo que analisar, julgar, acusar e opinar. É um sentimento que nos censura; é um boato que, se não nos importa, não nos faz nada.

As críticas fazem efeito quando nos ofendem, e está em nossas mãos encará-las como construtivas ou destrutivas. Na maioria das vezes, quando nos criticam, é porque estão frustrados, confusos sobre nossa pessoa. A crítica não pode ser como um parasita que devora alegria e felicidade. Certo?

Empatia é a melhor resposta

Ser empática é a única coisa que vai permitir que você não se sinta afetada pelas críticas. Empatia é colocar-se no lugar do outro, sem deixar seus sentimentos, suas circunstâncias ou opiniões nos afetarem.

No momento em que passarmos a enxergar as críticas com empatia, vamos parar de sentir raiva, ódio, tensão e sentiremos o alívio do estresse e a compaixão, sem nos sentirmos afetadas. Você é a única pessoa que decide se deixará uma crítica lhe afetar ou não. A empatia lhe torna consciente da existência ou não de emoções negativas dentro de si mesma. E são os pensamentos que causam emoções. Os efeitos das críticas sobre as emoções, entre outros, são:

• Sensação de perigo que gera medo e angústia.
• Sentimento de perda, que, por sua vez, produz tristeza e solidão.
• Sentimento de ofensa que produz raiva e fúria.

Apenas você pode permitir que a emoção negativa distorça o pensamento ao ponto de gerar uma dor grande e intensa que lhe coloca contra a pessoa que lhe criticou. E, assim, você se torna como ela: crítica, amarga e infeliz.

O que faço quando for criticada?

A empatia lhe torna consciente, lhe permitindo analisar a crítica recebida. Se for boa e construtiva, você decide se deve melhorar no que foi alvo da crítica. Se for destrutiva, interprete que outra pessoa critica porque se sente magoada por algo, confusa, em perigo e/ou angustiada por sua própria decepção. E desconta em você.

Sentir-se desta forma conscientemente permitirá que você perceba o mundo, o seu mundo, e seu trabalho mais amplamente, sem interferência, sem generalizar nada e minimizando sentimentos e atitudes que não lhe correspondem.

*Texto escrito com colaboração de Yolanda Fortes, do Desorganizadora Corporativa.

Que tal descobrir com qual amigo você deveria abrir uma empresa? Faça nosso teste:

Mais dicas sobre Carreira aqui:

A rotina é sua pior inimiga? 5 chaves para recuperar a motivação no trabalho
Como enfrentar o primeiro dia em um novo emprego?
7 dicas para conciliar trabalho e família sem estresse
Ser zen no trabalho é possível – e necessário. Descubra como aqui
Precisa ter um perfil mais profissional no Facebook? Saiba como aqui

by Karen Carneti