Home / Beleza / Pele / 8 hábitos que podem prejudicar a pele do rosto

© IStock
Beleza

8 hábitos que podem prejudicar a pele do rosto

by Alexandra Guida Published on 21 de junho de 2016

Tem informação aqui que, definitivamente, vai te surpreender

Nós sabemos que usar os melhores produtos do mercado dão a sensação de dever cumprido quando se trata de cuidar da pele. Mas o perigo mora nos detalhes corriqueiros, cara leitora. Saiba agora como turbinar sua rotina de beleza sem esforço – e o melhor, sem gastar nadinha!

1. Consumir alimentos de alto índice glicêmico

"Estudos mostram que alimentos com alto índice glicêmico (cujo açúcar é absorvido rapidamente pela corrente sanguínea) podem ter influência sobre a pele porque fazem a produção insulina e androgênios disparar, o que estimula a produção de sebo pelas glândulas sebáceas da pele, aumentando as chances de aparecer ou agravar um quadro de acne", alerta a dermatologista Carla Albuquerque (SP). Bolos, chocolate, batata, doces e arroz branco são exemplos. O leite também pode afetar negativamente a pele do rosto por causa de hormônios presentes na bebida. Carla explica que um estudo conduzido em Harvard, nos EUA, demonstrou uma associação entre o consumo regular de leite e a acne. "Curiosamente, o leite desnatado foi o que mais prejudicou a pele dos voluntários que participaram da pesquisa. A explicação mais aceita é que o processamento desse tipo de leite aumentaria o nível de hormônios na bebida" diz ela.

garrafas de leite

2. Abrir mão do filtro solar

Parece meio óbvio e até meio boring citar isso, mas ainda tem muita gente que pula esse passo na rotina de beleza. Para Carla Albuquerque, "o uso correto do protetor solar é fundamental para prevenir vários problemas de pele que estão relacionados à exposição solar, tais como manchas, rugas, /envelhecimento precoce, ressecamento, lesões pré-cancerosas e câncer da pele."

E nem adianta vir com a desculpa de que é inverno ou de que não está sol. Segundo a dermatologista Juliana Jordão (PR), "a radiação ultravioleta incide durante todo o ano em graus variáveis dependendo da estação do ano e das condições climáticas. Porém, o Brasil, por ser um país tropical, tem alta incidência de raios UV mesmo no inverno. Inclusive um estudo meteorológico mostrou que mesmo no sul do Brasil há uma incidência de radiação UV durante o inverno acima do nível de radiação em Paris, por exemplo em seu verão." E aí, convencida a usar protetor solar sempre?

solzinho feliz mexendo

3. Não tirar a maquiagem antes de dormir

Lembra da sua blogueira favorita dizendo isso? Então, não é só papinho não. Dormir de maquiagem pode causar irritação na pele e obstruir os poros e o resultado disso são os tão temidos cravos e espinhas. "O ideal é que a maquiagem seja sempre removida com demaquilantes suaves, como a solução micelar e que se use um sabonete adequado ao tipo de pele", indica Juliana Jordão.

menina tirando a maquiagem

4. Emprestar sua maquiagem para as amigas e vice-versa

Quem nunca dividiu pincéis, máscaras de cílios e até batons com as amigas? Pois é, esse costume que parece coisa boba não tem nada de inofensivo. Juliana alerta que os pincéis podem ser veículos de transmissão de micro-organismos que infectam a pele, como alguns fungos e bactérias.

pincel de maquiagem passando por um pó

5. Tomar banhos quentes

Nada como um banho quentinho, não é mesmo? No inverno então, não há nada melhor. Mas saiba que se eles forem muito demorados, podem ser o motivo da sua pele estar ressecada. O que acontece é que a água quente remove a camada de gordura que age como barreira protetora da pele. "Nesses dias frios, como não conseguimos tomar banhos mornos, o ideal é que sejam rápidos, com sabonetes hidratantes e sem esponja. Se possível, é importante a aplicação de cremes hidratantes imediatamente após", sugere Juliana.

gatinho tomando banho

6. Não dormir o suficiente

Sono de beleza? Sim, senhora! Dormir uma média de 7 ou 8 horas é o ideal para um sono reparador, não só para a mente, mas para a pele também – quer desculpa melhor para dormir? A dermatologista Juliana Jordão alerta: "Noites mal dormidas colaboram e muito com a perda da qualidade da pele e por serem interpretadas pelo nosso organismo como sintomas de estresse, podem levar ao aumento da produção de radicais livres”. Resultado: envelhecimento precoce.

cinderela virando o travesseiro

7. Ficar com a cabeça baixa – olhando o celular, por exemplo

Em choque? Nós também. De acordo com a dermatologista Carla Albuquerque, a questão postural influencia no aparecimento de linhas na pele à medida que envelhecemos. Esse pode ser o empurrãozinho que faltava para largar o celular um pouquinho, não?

khloe e kim kardashian mexendo no celular

8. Não trocar as fronhas e os lençóis

Essa a gente nem precisa comentar, né? Questão de higiene. De acordo com ambas as dermatologistas, o ideal é trocar a roupa de cama semanalmente, caso contrário pode haver acúmulo de sujeira e as fronhas se tornam um ambiente propício ao surgimento de bactérias e ácaros.

mulher se mexendo na cama

Continue com a gente!

Frescura boa! 7 maneiras de usar água termal
As únicas regras de beleza que você realmente deveria seguir
15 coisas que só viciadas em maquiagem entendem

by Alexandra Guida

você também vai <3: