Home / Entretenimento / Famosos / Selena Gomez fala sobre saúde mental: “Comecei a ter ataques de pânico antes de entrar no palco”

© Getty Images
Entretenimento

Selena Gomez fala sobre saúde mental: “Comecei a ter ataques de pânico antes de entrar no palco”

by Karen Carneti Published on 16 de março de 2017

Cantora também explicou o motivo de seu sumiço no Instagram

Estrela da capa da revista Vogue pela primeira vez, a atriz e cantora Selena Gomez falou abertamente à edição de abril da publicação sobre sua saúde mental, que estava abalada antes de ela resolver tirar alguns dias de folga durante sua última turnê mundial, Revival World Tour.

“As turnês são um lugar muito solitário para mim. A minha autoestima estava abalada. Eu estava deprimida, ansiosa. Comecei a ter ataques de pânico logo antes de entrar no palco, ou logo após sair do palco. Basicamente, eu sentia que não era boa o suficiente, não era capaz. Eu sentia que não estava dando nada aos meus fãs, e que eles podiam perceber – o que, penso eu, era uma completa distorção”, disse.

Selena Gomez – Vogue © Vogue

Uma das medidas que ela resolveu tomar foi deletar o aplicativo Instagram de seu celular e ficar uns dias sem checar ou postar na rede social. “Assim que me tornei a pessoa com mais seguidores do Instagram (113 milhões), eu meio que enlouqueci”, explicou. “Eu estava viciada, e me senti como se estivesse vendo coisas que eu não queria ver, como se estivesse colocando coisas na minha cabeça com as quais eu não queria me preocupar. Eu sempre acabo me sentindo um lixo quando olho para o Instagram. É por isso que estou um pouco fora do radar, sem postar tanto”.

Ela também está fazendo aulas de Espanhol, língua que falava fluentemente quando pequena, na esperança de gravar alguma música na língua espanhola no futuro, e faz terapia cinco vezes por semana – o que a transformou em uma defensora da terapia comportamental dialética (DBT, na sigla em inglês). A DBT é uma técnica desenvolvida para tratar o transtorno de personalidade borderline e que agora é usada de forma mais ampla, com ênfase em melhorar a comunicação, regular as emoções e incorporar práticas mindfulness.

"A DBT mudou completamente minha vida", disse ela. "Eu gostaria que mais pessoas falassem sobre terapia. Nós, meninas, somos ensinadas a ser quase resistentes demais, para sermos fortes e sexy, descontraídas. Nós também precisamos nos sentir autorizadas a desmoronar".

Para ler a entrevista completa em inglês, basta acessar o site da Vogue.

Ainda não acabou...

Continue com a gente!

Mulheres que admiramos: as celebs que nos servem de inspiração
Reese Witherspoon, Kerry Washington e outras estrelas querem encorajar as mulheres a serem mais ambiciosas
Angelina Jolie é o rosto de novo perfume da Guerlain – assista ao vídeo da campanha
Emma Watson conta que já quis parar de atuar por causa da fama
Onde estaria Blair Waldorf atualmente? Leighton Meester responde

taofeminino ♥ Pinterest

by Karen Carneti

você também vai <3:

por Redação taofeminino