Home / Beleza / Cabelos / 8 dicas para encarar a transição capilar

© iStock
Beleza

8 dicas para encarar a transição capilar

by Geovana Pereira Published on 3 de novembro de 2016
18 769 shares
A-
A+

Abandonar a química e recuperar o cabelo natural exige coragem + paciência + toda ajuda possível

Muitas dúvidas surgem quando o assunto é transição capilar: meu cabelo vai ficar estranho? Como disfarçar a raiz? O que eu uso? E os penteados? Quando fazer o big chop? Mas tenha calma! A transição é um momento delicado que exige reflexão e, muitas vezes, não se trata apenas de um processo estético, mas de identidade. Para te ajudar nessa jornada de autodescobrimento, consultamos Wilson Eliodorio, hairstylist de famosas cacheadas como Taís Araujo, Lucy Ramos e Rayza Nicácio, que entrega preciosas dicas para uma transição capilar bem-sucedida.

1. Não fuja da chapinha e do babyliss

Se você tiver o cabelo alisado e notar que a raiz crespa começou a crescer, saiba que não é um pecado recorrer a chapinha ou escova. A escolha é sua, a transição capilar é um longo processo e, em algum momento, voltar ao totalmente liso pode ser legal. Ah, e conforme as madeixas forem crescendo, o babyliss torna-se seu melhor amigo.

2. Aposte na texturização capilar

O truque é uma mão na roda para quem gosta de mudar o cabelo sem agredir os fios. Existem várias formas de texturizar seu cabelo para que ele fique mais uniforme durante a transição capilar: dormir com várias trancinhas e desmanchá-las ao acordar, por exemplo, renderá muitos cachinhos. Coquinhos (bantu knots), por sua vez, garantem cachos mais abertos. Wilson Eliodorio explica que, antes de fazer esses “penteados mágicos”, você pode apostar no leave-in para valorizar o movimento natural do fio e o acabamento.

Vale lembrar que protetores térmicos, defrizantes e alisamentos temporários são boas opções para ajudar a soltar os crespos/cachos sem prejudicar os fios já processados e também os novos.

3. Use acessórios

Se você não estiver se sentindo bem com o seu cabelo durante a transição capilar, experimente usar acessórios para elevar a autoestima: tiaras, faixas de cabelo, presilhas, grampos...

4. Faça muitos penteados

Com o tempo, você irá notar que, com a transição capilar, seu cabelo assumirá diversas texturas. Não fique chocada, mas, se ele for crespo ou cacheado, é muito provável que você descubra que uma cachinho nunca é igual ao outro. Antes de recorrer ao big chop, a ausência de um "formato" pode causar muito estranhamento. ​O que fazer sobre isso? Penteados! A recomendação do cabeleireiro são os coques, rabos de cavalo, penteados puxados, tranças e outros hairstyles que permitam texturas mais irregulares.

5. Big Chop com calma

O momento certo de fazer o big chop, ou seja, cortar fora toda a parte quimicamente tratada do cabelo e ficar apenas com os fios naturais, é quando você estiver pronta - por isso, pense muito antes de tomar qualquer decisão. Sempre há a opção de cortar aos poucos e manter o comprimento das madeixas - mas, se preferir acelerar o processo, jogue-se de cabeça no curtinho. Boas inspirações abaixo:

Transição Capilar - Big Chop © Instagram.com/curlshoppe

6. Fique atenta às necessidades do seu “novo” cabelo

A dica de Wilson Eliodorio é ficar antenada ao novo ritual. Processos como pré-lavagem, fitagem e, claro, hidratação, fazem parte dele. E tenha em mente que cabelos naturais não são excessivamente trabalhosos: trata-se de adaptação. Se o seu cabelo significa muito para você, cuidar dele será uma tarefa fácil e prazerosa. Por isso, aprenda como ele lida com cada situação, como reage a cada produto e, acima de tudo, entenda que seus fios não se comportarão sempre da mesma forma. Aceite tudo isso e prepare-se para viver uma linda vida juntos após a transição capilar.

7. Use produtos para cabelos cacheados e crespos

Você precisará de um pente de dentes largos, pente garfo, grampos, manteiga hidratante, elásticos de cabelo e uma touca de banho - ferramentas indispensáveis na vida de uma crespa ou cacheada. Mesmo que seu cabelo seja naturalmente cacheado, é possível que ele não enrole no início, e por isso os produtos para cachos são importantes, já que os estimularão a se soltarem.

Escolha xampus com fórmula leve para não ressecar os cabelos, condicionadores hidratantes e finalizadores ativadores e modeladores de cachos. Nunca se esqueça da hidratação: existem diversas máscaras e óleos capazes de dar a força que seu cabelo precisa nesse momento.

Gelatina vai ter volume sim!, Salon Line, R$ 16 © divulgação

8. Tenha MUITA paciência com o crescimento

A transição capilar pode levar anos para se concluir - logo, o segredo é ter paciência. Apesar de existirem várias técnicas, xampus e receitinhas para fazer o cabelo crescer mais rápido, respeitar o tempo é a alternativa mais eficaz. Aproveite esse período para criar aquela relação especial que já mencionamos... Que tal?

Este texto foi escrito por @compergeovana e editado por @cicaarra

Continue com a gente! Tem mais:

by Geovana Pereira 18 769 shares

você também vai <3: