Home / Beleza / Pele / TESTAMOS: Glambox, serviço que entrega produtos de beleza em casa

© Arquivo pessoal
Beleza

TESTAMOS: Glambox, serviço que entrega produtos de beleza em casa

by Maria Cecília Arra Published on 18 de fevereiro de 2014

Nossa editora Maria Cecília Arra conta o que achou da Glambox, o delivery de cosméticos que tem Paola de Orleans e Bragança como curadora de experiências

Adoro uma novidade de beleza. A-do-ro. Ir à farmácia, para mim, é pretexto para vasculhar prateleiras atrás de um produtinho que ainda não tenha passado pela bancada lá de casa. E não tenho preconceitos, viu? Numa ida despretensiosa ao mercado, por exemplo, podem brotar achados pelos quais me apaixono, carrego na bolsa e não dispenso.

Resolvi, então, aderir à Glambox, serviço de assinatura de produtos de beleza. Conheci a empresa através de um blog e fiquei curiosa. A história funciona assim: você se cadastra no site, escolhe o pacote - são três opções de assinatura: mensal (minha escolha), R$ 50, semestral, R$ 285, e anual, R$ 552 - e responde a um questionário de preferências (com perguntas do tipo "onde você costuma comprar produtos de beleza?" e "qual é o seu tipo de pele?"). Depois, é só esperar a caixinha chegar na sua casa. A minha chegou na semana passada.

A Glambox trouxe quatro produtos em tamanho padrão: 1 shampoo purificante e anti-resíduos de gengibre e chá verde, 1 brilho labial ultraintenso nude, 1 duo de sombras black&white e 1 lapiseira retrátil para olhos preta. E mais duas amostras, dessas que a gente ganha em lojas de cosméticos mesmo: uma da máscara capilar de hidratação intensa e outra do Clinicien Photodefense fps 20 (contrariando o folheto explicativo, que indicava que seria um envelopinho de primer facial). Tudo da Payot, marca da parceria do mês. No mesmo dia, experimentei o combo shampoo + máscara e curti o resultado (meu cabelo estava precisando mesmo de, errr, um tapa). O creminho facial também foi bacana - a pele absorveu tudo rapidinho e não ficou melecada, do jeito que eu gosto. Uma pena não vir o frasco full size. Deleguei à minha irmã a tarefa de se produzir usando as sombras, o gloss e a lapiseira (e o veredicto foi totalmente favorável).

Minha opinião

Receber amostras não é o que a gente mais quer, óbvio. Só que esse é um jeito de conhecermos mais produtos, certo? Então, é ok que venham. Também me atentei aos preços das embalagens que recebi, para efeito de comparação. Na loja online da Payot, o shampoo vale R$ 15,90, o brilho labial, R$ 32,90, o conjunto de sombras, R$ 38,32 e a lapiseira retrátil, R$ 21,90. Por tanto, assinando a caixinha, "economizei" R$ 59,02. Bom, né? Outro ponto positivo: o prazo de entrega foi respeitado (ao adquirir o pacote, o site informa a previsão de chegada da sua Glambox). Para quem se interessou, dou uma dica: o questionário é realmente importante porque determina o que entra na caixa. Preencha com atenção.

Para saber mais sobre a Glambox: www.glambox.com.br

*Testamos o serviço como você, leitora, faria. Este não é um publipost.

Gostou? Leia também:

  • Cortes de cabelo: inspiração pura para mudar o visual em 2014
  • Dá para fazer uma limpeza de pele caseira eficiente? A resposta é sim e a gente conta tudo.
  • taofeminino + Dujour: os melhores looks com shorts

by Maria Cecília Arra

você também vai <3: