Home / Beleza / Unhas / 5 dicas para evitar bolinhas no esmalte

© Divulgação
Beleza

5 dicas para evitar bolinhas no esmalte

by Monique Garcia Published on 21 de junho de 2016

A missão é dar um olé nas ditas cujas para que nunca mais estraguem a manicure. Anote os truques!

Pequeninas, mas zero discretas. Bolinhas no esmalte não passam despercebidas e estão no topo da lista de frustrações ~belezísticas~ de muitas de nós, que saímos felizes do salão e, minutos depois, temos o desprazer de nos deparar com as indesejadas. NÃO SOMOS OBRIGADAS! Então, bora ler os conselhos de Luiza Caetano, manicure do Jacques Janine Shopping Eldorado (SP), para prevenir o contratempo.

1 – Antes de passar o esmalte, mergulhe as mãos na água gelada para equilibrar a temperatura das unhas. “O calor aumenta a chance de as bolinhas aparecerem”, afirma Luiza.

2 – Se as garras estiverem porosas, use uma lixa polidora para abrandar a situação. Em casos de estrias, lance mão de uma base niveladora. O importante é que as unhas estejam lisinhas e uniformes para garantir o acabamento uniforme do esmalte.

3 – Evite esmaltar as unhas em locais com muita circulação de ar. O vento potencializa a evaporação dos solventes responsáveis pela secagem do esmalte, criando bolinhas no ato.

4 – Procure usar esmaltes novos e dentro do prazo de validade. Quando estão velhos, tornam-se grossos – convite perfeito para as bolinhas pipocarem. “E nem sempre o diluente consegue salvar o produto, viu?”, comenta a expert. O melhor, realmente, é descartá-los.

5 – Extrabrilho e óleo secante são indispensáveis. Se as bolinhas derem as caras ainda durante a esmaltação, essa dupla esperta ajuda a uniformizar a textura do esmalte e garante à manicure da semana um final feliz.

Este texto foi escrito por @moniquezg e editado por @cicaarra

Continue com a gente:

by Monique Garcia

você também vai <3: