Home / Beleza / Cabelos / Tudo o que você sempre quis saber sobre botox capilar

© iStock
Beleza

Tudo o que você sempre quis saber sobre botox capilar

by Maria Cecília Arra Published on 23 de agosto de 2016
101 shares
A-
A+

Conheça o botox capilar, o queridinho dos experts para hidratar cabelos muito danificados

Sim, você leu certo: botox capilar. Mania nos salões Brasil afora, o tratamento (também conhecido como reconstrução capilar) empresta apenas o nome do procedimento facial. A ideia é preencher os fios danificados (com substâncias hidratantes que nada têm a ver com a toxina botulínica) e uniformizar a espessura, já que, com o tempo, as pontas costumam ficar bem mais finas que a raiz. E, de quebra, reduz o frizz. É assim que a gente gosta!

O que é botox capilar?

É um tipo de reconstrução para cabelos muito danificados, mais eficiente que uma hidratação comum, que devolve nutrientes perdidos, como colágeno, aminoácidos, lipídios... Livre de formol, vale frisar que o botox capilar não tem como objetivo principal alisar o cabelo – se alguém vender o tratamento assim, aliás, desconfie. “Quando a massa capilar é reposta, os fios ficam mais disciplinados e, consequentemente, mais lisos. Mas é importante reforçar que o procedimento não é considerado um alisamento”, endossa Tats Medeiros, hairstylist do DUO Jardins (SP).

Todo mundo pode fazer o botox capilar?

O tratamento é um dos mais recomendados para cabelos agredidos por química, secador e chapinha. Você tem luzes, tinge ou modela a cabeleira todo dia? O botox capilar, portanto, é uma boa alternativa para reverter os danos. Boa notícia: não há contraindicação, uma vez que o procedimento não leva componentes proibidos pela Anvisa.

Como é o tratamento?

O procedimento e os produtos utilizados no botox capilar podem variar de salão para salão (lembrando que o não uso de de formol é regra, ok?), mas há um padrão que geralmente é seguido: “O primeiro passo é lavar o cabelo uma a duas vezes com o xampu da linha escolhida. Depois, é aplicado, de fato, o produto reconstrutor, que pode ser em bisnaga ou creme”, explica Alison Alvarez, hairstylist do Studio W Iguatemi (SP). Ele é bem distribuído em pequenas mechas e age nos fios durante cinco minutos. Nessa etapa, algumas marcas recomendam adicionar fonte de calor. Em seguida, é a vez da máscara, que também pede outra pausa de cinco minutos e, claro, enxágue completo. “Por fim, vem o finalizador e a estilização”, conclui Alison Alvarez, que afirma que o tratamento deve ser repetido após 15 ou 30 dias, de acordo com a recomendação do cabeleireiro.

E os resultados?

Não espere sair do salão com madeixas de propaganda de xampu. Como há muita exposição a agentes hidratantes, os fios podem ficar com um aspecto pesado – o resultado real só poderá ser sentido depois da primeira lavagem em casa. “A recuperação do brilho e da elasticidade dos fios é garantida”, afirma Tats Medeiros.

Quanto custa?

Para fazer o botox capilar, é preciso desembolsar, em média, de 250 a 320 reais. Mas lembre-se de que esse valor pode variar de acordo com o salão.

Dá pra fazer em casa?

O ideal é que apenas a manutenção seja feita em casa - afinal, nada substitui um bom tratamento feito no salão, onde a eficácia é garantida. Mas, se faltar grana, dá pra lançar mão de produtos reconstrutores encontrados em perfumarias, é claro. Temos sugestões abaixo! Tente sempre usar xampus e condicionadores da mesma linha (se houver), ok?

Botoliss Botox Capilar Só para Meninas Más, Soft Hair, R$ 28 (120 g) © Divulgação

Continue com a gente:

by Maria Cecília Arra 101 shares

você também vai <3: