Home / Lifestyle / Cultura

Lifestyle

10 praias românticas pelo mundo, por Lala Rebelo

by Maria Cecília Arra Published on 31 de dezembro de 2015
56 shares
10 praias românticas pelo mundo, por Lala Rebelo© iStock

A blogueira Lala Rebelo divide com o taofeminino uma lista pra lá de especial enquanto coleciona carimbos no passaporte

A cuiabana Larissa Rebelo tem muita história pra contar: aos 27 anos, já morou em seis países e passeou por outros quase 50 – a bagagem serviu de inspiração para o blog que leva seu nome. A pedido do taofeminino, Lala fez a seleção das praias mais sexy & românticas que já viu por esse mundão e o resultado (com dicas hot, hot) está logo aí.

#1 Railay Beach – Tailândia

Railay carrega o título de 'pôr do sol mais lindo da Tailândia'. E pôr do sol é, sem dúvidas, um dos fenômenos mais românticos da natureza, não é mesmo? A praia fica na província de Krabi, na costa sudoeste do país (Mar Andaman), e a paisagem é mesmo de arrepiar: água verde esmeralda, formações rochosas gigantes que parecem ter sido erupcionadas pelo mar e cavernas dentro dos penhascos, que emolduram cada extremidade da praia. Além disso, de Railay é possível chegar de barco às famosas Ilhas Phi Phi, onde fica a praia Maya Bay, cenário daquele filme com Leonardo di Caprio, 'A Praia'.

Em Railay Beach, existem vários hotéis super-românticos, com piscina de borda infinita e serviço impecável. Para chegar ao local, o melhor jeito é voar direto de Bangkok, capital do país (apenas 1h20 de vôo). E depois, pegar um barco até Railay. Recomendo ficar no mínimo 4 dias, pois além de já ser uma praia maravilhosa, há muitas atrações imperdíveis nas redondezas”.

#2 Ilhas Maldivas

“Este destino já é unanimidade entre casais. Mar com água calminha e muito azul-turquesa e bangalôs sobre o mar em hotéis extremamente luxuosos e românticos. Parece até um sonho! As Maldivas, um arquipélago de mais de mil ilhotas, ficam no Oceano Índico, na Ásia, a sudoeste do Sri Lanka e da Índia.

O tempo ideal para ficar na região depende de cada casal, pois a viagem se resume ao próprio hotel. Mas não pense que ficar no hotel é monótono. São dezenas de opções de lazer: mergulho, snorkel, esportes náuticos (stand up paddle, veleiro, jet ski...), spa, piscinas e mais piscinas, passeios de barco, experiências exclusivas, praia azul turquesa para qualquer lado que você olhe e ainda um monte de restaurantes e bares maravilhosos.

É importante se atentar à época pois os países do sul e sudeste da Ásia sofrem com as monções (ventos e chuvas muito fortes). Portanto, evite ir de abril a outubro”.

#3 Fernando de Noronha (PE) – Brasil

“Quer conhecer a melhor praia do mundo, segundo uma pesquisa realizada pelo TripAdvisor? Você nem precisa ir muito longe, nem pegar horas e horas de vôos para atravessar oceanos, pois ela fica aqui, no Brasil: é a Baía do Sancho, em Fernando de Noronha. Um arquipélago paradisíaco (formado por 21 ilhas), cheio de vida marinha preservada e praias maravilhosas. Eu diria que é uma mistura de Tailândia, por causa das montanhas, com Caribe, por causa do azul turquesa do mar. A ilha é preservada e praticamente intocada. As opções de hospedagem são charmosas, românticas e há muitas pousadas boutique, com piscinas e vistas de arrepiar. Se você não está com o orçamento apertado (trata-se de um destino com preços acima da média do Brasil), pode acreditar que sua viagem será inesquecível.

Para chegar em Fernando de Noronha, é necessário pegar um vôo direto que sai de Recife ou de Natal. Faz calor o ano todo no destino, mas se você pretende mergulhar (considerado um dos melhores lugares do mundo para este esporte), programe-se para ir em setembro ou outubro, quando o mar está mais calmo”.

#4 Santorini – Grécia

“A Grécia, com certeza, é um país que está na lista de qualquer viajante. Uma união de paisagens de tirar o fôlego, super hotéis, cidades lindas, fofas e românticas, praias únicas e uma história milenar. O país é famoso principalmente por suas ilhas (são mais de 1000), e entre elas está Santorini, o máximo do romântico que algo pode ser.

Santorini pertence ao arquipélago das Ilhas Cíclades (assim como a famosa Mykonos) e fica no Mar Egeu. Tem forma de meia lua e está localizada nos “cantos” de um vulcão. A ponta dele é rodeada por mar e pode ser vista da cidade. A ilha é formada por penhascos com mais de 300 metros de altura, nos quais se espalham casinhas brancas e igrejas com cúpulas azuis, tudo muito fotogênico.

A principal dica é: fique em Oía, no norte da ilha. A hospedagem pode sair mais cara do que em outras regiões, mas é de lá que você terá o visual mais marcante de Santorini: a vista do por sol (eleito um dos mais lindos do mundo) e das casinhas brancas. Os melhores restaurantes também estão por lá.

A época ideal para ir vai do fim de maio ao início de setembro, quando o clima está bom o bastante para aproveitar as praias. Saindo de Atenas, é possível chegar em Santorini de avião ou de balsa”.

#5 Ilhas Seychelles

“Um paraíso no Oceano Índico, coladinho no continente africano, e formado por 115 ilhas. Em uma delas, esteve o casal real britânico, Príncipe William e Kate, em sua lua de mel. Ao contrário da maioria dos seus vizinhos africanos, Seychelles é considerado um país rico e um dos poucos do continente com alto IDH.

As principais ilhas de Seychelles são Mahé, Praslin e La Digue. Se não tiver muito tempo disponível, foque nas duas primeiras. A praia Anse Lazio, na ilha de Praslin, foi eleita pela Condé Nast Traveler uma das 10 praias mais bonitas do mundo.

A melhor época para ir é de março a novembro e o roteiro recomendado é de 3 dias em Mahé, 3 dias em Praslin e 2 dias em La Digue. O jeito mais fácil de chegar é por meio de vôos diretos que partem de Johannesburgo, na África do Sul (5h de viagem). E para chegar na África do Sul, há vôos diretos saindo do Brasil pela South African Airways. Bem fácil!”.

#6 Jericoacoara (CE) – Brasil

“Mais um lugar famoso por seu por do sol! A fama não conseguiu fazer de Jeri um destino massivo, já que o acesso não é nada fácil. Jericoacoara é um vilarejo pé na areia, bem rústico, e o melhor jeito de chegar é contratando um transfer 4x4 saindo de Fortaleza (são 4 horas de viagem). Para quem busca experiências românticas junto a natureza, mas quer conforto e um pouco de luxo, Jeri já é um destino pra você. Pois além das típicas pousadinhas, agora há opções de hotéis com melhor infra-estrutura (suítes espaçosas, piscina de borda infinita e até mesmo piscina privativa na varanda!)”.

#7 Bali – Indonésia

“A Indonésia está localizada no Sudeste Asiático, mas já tão próxima da Austrália que pode ser considerada um país transcontinental, estando na Ásia e na Oceania ao mesmo tempo. É o maior arquipélago do mundo, formado por mais de 17.000 ilhas. É um país 'completo', no qual, mesmo sem atravessar a fronteira, você poderá ter experiências distintas: religiosas, culturais e de puro descanso em praias belíssimas.

A mais famosa das ilhas é Bali, tão grande e cheia de atrações, que a maioria dos turistas nem sai dela. A região de praia mais linda é Nusa Dusa, na Península de Bukit, que fica no extremo sul da ilha. Os melhores hotéis também estão concentrados lá e o motivo é claro: areia branquinha e águas transparentes.

É quente o ano todo, mas assim como outros países do Sudeste Asiático, sofre com as monções. Portanto, são apenas duas “estações”: seca e chuvosa. A melhor época para ir é de abril a final de setembro, quando chove menos”.

#8 Polinésia Francesa

“A Polinésia Francesa, um território ultramar da França, é formada por quase 120 ilhas e atóis. A mais conhecida delas é o Tahiti (onde fica a capital, Papeete). Mas é a ilha de Bora Bora que vem atraindo a atenção de casais apaixonados de todo o mundo, que buscam muito descanso em bangalôs luxuosos sobre o mar azul-turquesa, e montanhas verdinhas na paisagem.

A melhor época para ir vai de maio a outubro, que é o período mais seco. O ideal é ficar de 5 dias a 1 semana, para conhecer mais de uma ilha. Não fica nada perto do Brasil, mas tenho certeza que o cansaço e as horas de vôo valerão a pena. Via Los Angeles é o jeito mais prático, mas muitos casais fazem esta viagem quando vão para a Austrália e Nova Zelândia. Para chegar nesses países, a melhor maneira é via Chile”.

#9 Fiji

“Outro arquipélago mais do que remoto, que concorre com Maldivas e Polinésia Francesa ao título de mais romântico do planeta. O país é formado por 322 ilhotinhas, a maioria desabitada. Alguns hotéis chegam a ocupar uma ilha por completo. As ilhas são conhecidas pelas águas transparentes, calmas em alguns pontos e com ótimas ondas para surf em outros, areia branquinha e locais maravilhosos para mergulho de cilindro ou snorkel. Diferente das Maldivas ou Polinésia Francesa, os hotéis de Fiji são menores (porém, muito charmosos.). É que o local é protegido e as terras não podem ser vendidas para estrangeiros.

Planeje sua viagem para os meses de maio a outubro, que é a estação seca e com menor probabilidade de ciclones. Os paraísos isolados nunca são fáceis de serem acessados (acredito que é por isso que sejam tão paradisíacos). Vá para Los Angeles, na Califórnia, e de lá pegue um vôo de 11 horas até Fiji. Uma boa ideia é unir a ida a Fiji com uma viagem a Austrália, de onde partem vôos diretos para o arquipélago, com 4 horas de duração”.

#10 Anguilla – Caribe

“Quando se fala em Caribe, as primeiras coisas que vem à cabeça são: hotéis all inclusive, com pouco ou nenhum charme, comida self-service e praias lotadas. Porém, existe um Caribe muito mais exclusivo, que vai além de todos os clichês. Um desses lugares é Anguilla, um pequeno território ultramarino britânico, localizado próximo a St. Maarten/St. Martin e St. Barths.

A praia mais linda da ilha é Shoal Bay, que possui uma extensa faixa de areia tão branquinha que até parece ser feita de açúcar, e um mar muito muito azul-turquesa. Nem as fotos conseguem traduzir. Os hotéis são poucos, porém luxuosos, cheios de charme e super românticos.

Para chegar, é preciso estar antes na ilha de St. Maarten/St. Martin, onde chegam vôos diretos do Panamá e dos Estados Unidos. De lá, é possível pegar um ferry ou um barco privado (apenas 25 minutos de viagem) ou um vôo extremamente rápido (mas o avião é daqueles bem pequenininhos!)”.

Este texto foi editado por @cicaarra

Ei, não acabou, não! Chega mais:

+ Jovem coloca o antigo trailer da avó na estrada e fotografa cenários incríveis
+ Como arrumar a mala de viagem?

56 shares