Home / Entretenimento / Bombando na internet / 21 razões para dar uma chance para Cinquenta Tons de Cinza

Entretenimento

21 razões para dar uma chance para Cinquenta Tons de Cinza

by Fernanda Guimarães Published on 9 de junho de 2015

Não resista!

Se você é irredutível quanto a assitir Cinquenta Tons de Cinza, nós te entendemos (e até fizemos parte desse clube (até cedermos às tentações!). Talvez os livros não tenham lhe conquistado ou ter de ver Jamie Dornan sem aquela barba por fazer é simplesmente demais para você. Não importa a razão, explicamos por que você deve dar mais uma chance ao filme.

1. Vai, admite: você está curiosa!

Você literalmente não consegue escapar, ele está por TODA parte. Suas amigas falam sobre ele, você dá de cara com a trilogia toda vez que entra na livraria e os cartazes de do filme estão por toda a cidade. Mesmo assim você decidiu evita-lo a todo custo, mas pode confessar que aqui a gente guarda segredo. Você está supercuriosa!

2. É muito mais que sexo

A história é sobre duas pessoas estabelecendo uma conexão emocional e como o passado obscuro e problemas psicológicos do cara gradualmente vão sendo curados pela garota, enquanto ela descobre sua sexualidade. Não parece ser muito bom? Viu? Não é só um soft porn com uma garota tendo orgasmos mais vezes do que seria cientificamente possível.

3. Você não leu os best-sellers mas os números não mentem

Talvez você não se preocupou com a trilogia que começou com uma fan fiction da saga Crepúsculo mas milhões de pessoas no mundo se jogaram e adoraram! Então vai lá, compre o livro (ou secretamente peça emprestado da sua amiga), assista ao filme e veja se você entra para as estatísticas.

4. Você não pode fingir que o falatório não está rolando

Por mais que você queira esquecer, Cinquenta Tons ainda tem duas sequências no forno e não vai te deixar em paz tão rápido. Por que dar as costas quando você corre o risco de gostar?

5. O download digital tem vááários prós

Você pode baixar o título na loja do iTunes djá, antes do lançamento em DVD no dia 22 de junho. E ele já vem completinho, com bastidores, entrevistas, extras AND teaser do próximo filme, Cinquenta Tons Mais Escuros. E você pode assistir onde e quando quiser (recomendamos esconder a tela se você quiser dar o play em público!)

6. Nenhuma menção à “deusa interior”

A gente adora a trilogia, mas cá entre nós, algumas falas do livro são muito vergonha alheia para serem traduzidas na telona. Nossos agradecimentos aos roteiristas que claramente fizeram a lição de casa e perceberam que incluir os dilemas interiores de Ana deixaria boa parte da plateia engasgando com a pipoca.

7. Romance moderno

Sim, é a típica história de opostos se apaixonando, mas dessa vez temos vendas, chicotes e cordas envolvidos. Bom, né?

8. A Ana é todas as mulheres

Tipo, nenhuma depilação mirabolante envolvida. *Uma salva de palmas*

9. O relacionamento, apesar de dramático, é saudável

Boa parte dos comentários negativos sobre o filme questiona se o relacionamento BDSM entre o casal de protagonistas é de todo saudável, mas no filme a coisa é diferente. Apesar de o amor ser intenso e Christian seguir Ana como um cachorrinho perdido, tudo que acontece tem total consentimento da garota.

10. A trilha sonora é TOP

Uma palavra: Beyoncé.

Loading...

11. Se o Mister Grey não faz seu coração bater mais forte, conheça José

Muito prazer, Jacob Black José. Obrigada por ser meio que a terceira parte do triângulo amoroso.

12. A Anastasia não é tão boba quanto você pensa

A menina que não para de morder os lábios e de voz doce que se torna a submissa de Christian tem muito mais personalidade do que você espera. Ela é independente, obstinada, e com sim, uma forte queda por um jovem bilionário muito gato. Dá para culpa-la?

13. Ela é bem engraçada

Quando ela liga bêbada para o Christian (#quemnunca) é impagável!

14. Cenas BEM quentes de sexo

Não tem como se opor. Pode pôr esse Christian de calça moletom na tela!

15. Foi dirigido por Sam Taylor-Wood

E dá para perceber o trabalho da diretora. Ela trabalhou em O Garoto de Liverpool (2009) e criou uma versão bem estilosa de Cinquenta Tons para o cinema.

16. Jamie Dornan tem um corpo de babar

Ok, essa não é novidade já que somos apaixonadas pelo ator desde que ele fez Conde Fersen, o amante de Kirsten Dunst em Maria Antonieta (2006). E parece que ele obrigatoriamente tem que tirar a roupa na maioria das cenas, então já sabe, né? Tem coisa boa!

17. E um rosto

Nós somos do time dos barbudos, mas sorry, em nome do papel de Christian Grey, Jamie Dornan teve que lançar mão da gilete. E você vai ver que ele continua irresistível como sempre.

18. É engraçado

Apesar de algumas falas tirarem algumas risadas de quem assiste, o humor intencional do roteiro foi uma supresa (e boa, viu?). O diálogo sobre o contrato de sexo de Christian é ge-ni-al.

19. Você pode se juntar ao clube “Odiamos Kate”

Só espere até você conhecer a amiga e colega de apê de Ana. Só espere até o momento em que ela rouba o sanduíche da Ana. Você vai ver vermelho!

20. Vale pelas risadas

Chame as amigas para uma girl’s night, abra uma garrafa de vinho e pronto, programa perfeito para uma sexta ou sábado à noite preguiçoso. Dito isso...

21. Se você precisa de um tempo sozinha

Vale também assistir sozinha. Porque as vezes você não quer dividir o Christian com ninguém.

O filme Cinquenta Tons de Cinza já está disponível no iTunes cheio de extras - incluindo cenas de bastidores, videoclipes e um aperitivo de Cinquenta Tons Mais Escuros.

by Fernanda Guimarães

você também vai <3: