Home / Lifestyle / Cultura / 6 coisas para não fazer no museu (em hipótese alguma)

© Instagram/@beyonce
Lifestyle

6 coisas para não fazer no museu (em hipótese alguma)

by Raíssa Basílio Published on 18 de fevereiro de 2015

Um verdadeiro guia bem-humorado de etiqueta no museu para compartilhar com aquele amigo sem noção

Quebrar a perna de uma estátua, pirar nas selfies e fechar o Louvre. Sabe aquele pessoal sem-noção que dá uma estragadinha na sua visita ao museu (e nesse grupo, por incrível que pareça, entram Beyoncé e Jay-Z)? Entregamos algumas sugestões para você não fazer parte do clubinho. Prepara a pose cult, o guia e go for it!

1. Você não deve fechar o museu só para você

Ok, Beyoncé e Jay-Z são o casal mais bombado do mundo da música, mas vai, na fila do museu eles são tão mortais quanto nós, né? O power couple não quis saber e fechou “apenas” o Museu do Louvre, em Paris, um dos mais visitados do mundo, para um passeio em família com a filhinha, Blue Ivy. Para que enfrentar o guichê de tickets se você pode simplesmente ter o museu in-tei-ro para você, né?!

2. Você não deve encostar nas obras

Aquela placa “não tocar” às vezes não é barreira o suficiente para algumas pessoas sem noção. Imagina a sua cara se danificasse uma estátua de sabe-se lá qual século? Pois isso já aconteceu com um estudante que quebrou a perna de uma escultura greco-romana ao tentar tirar uma selfie, em um museu na Itália. É preciso ficar esperta quando é permitido ou não interagir com o que está em exibição. Ou lide com as broncas dos monitores.

Barney e Robin de How I Meet Your Mother batucando em uma obra

3. Você não deve atrapalhar as outras pessoas

A mania das selfies não teve vergonha de entrar nos museus. Exagerar nos autorretratos pode gerar filas e acabar com a visita alheia. Vamos combinar que nem tudo exposto precisa ser fotografado, né? Google Art Project e o catálogo da exposição estão ai pra isso! Tira o olho da câmera e aproveite a exposição, pô!

Tirando selfie atrapalhando as pessoas

4. Você não deve usar pau de selfie

Já que estamos falando de selfies, então, pensa como seria chato você, superconcentrada num quadro e, de repente, surge um pau de selfie bem na sua frente e corta toda a sua onda. Pois é, não é um dos itens mais recomendados para o ambiente. Alguns museus americanos, como o Getty Center de Los Angeles, o Museu de Arte Moderna (MoMA) e o The Metropolitan Museum of Art, em Nova York, inclusive proibiram o uso do objeto.

Obama usando um pau de selfie

5. Você não deve dar seu toque pessoal nas obras

Lembra da dona Cecília Gímenez que restaurou um afresco de Jesus do século 19? Não queremos que você repita o erro, #ficadica.

6. Você não deve entrar primeiro na lojinha de souvenirs

Adoramos lembrancinhas, mas foca na exposição e deixe as compras para depois. Geralmente as lojinhas ficam estrategicamente posicionadas no fim das mostras porque não são a maior razão da sua visita.

gif
by Raíssa Basílio

você também vai <3: