Home / Maternidade / Gravidez / 10 coisas que você deve saber sobre a técnica Lamaze

© Getty
Maternidade

10 coisas que você deve saber sobre a técnica Lamaze

by Redação taofeminino Published on 7 de fevereiro de 2017

Esqueça o que você sabe sobre Lamaze! Não se trata apenas de respiração, bolas de pilates e cônjuges excessivamente atenciosos. A técnica baseia-se na mãe compreender o seu corpo e o processo de trabalho para que ela possa tomar decisões conscientes sobre o que ela precisa durante o nascimento. Isso é muito poderoso, certo? Traduzido por Juliana Couto

OK, tempo para uma aula de história!

A técnica Lamaze foi criada pelo obstetra francês Fernand Lamaze depois dele ter vivenciado e observado o nascimento de crianças na Rússia. O método de parto popularizou técnicas de respiração, aulas de preparação de crianças e a participação do cônjuge no país de origem do Dr. Lamaze. No início dos anos 1950, as mulheres americanas começaram a cantar louvores para Lamaze e seu método se popularizou.

A televisão e os filmes usam regularmente a estratégia de respiração clássica do método Lamaze ("hee, hoo, hee, hoo"), mas ao longo dos últimos 50 anos Lamaze se transformou em uma organização que fornece às mães uma abordagem de suporte ao nascimento. Entramos em contato com Michele Ondeck, presidente da Lamaze International, enfermeira e educadora certificada pela Lamaze. Ela nos explicou o que realmente é a Lamaze. Confira!

1. É uma maneira de (dar) a vida

Se você acha que as aulas Lamaze são 40 minutos tentando respirar direito enquanto o seu parceiro aplaude - você está errada! O método é uma abordagem abrangente para a gravidez e o parto que se expande para além de inalar e exalar. "A educação Lamaze oferece muitomais do que técnicas de respiração e relaxamento", diz Michele. "Embora a respiração Lamaze seja uma das ferramentas ensinadas em classes de educação de parto, ela se encaixa em um quadro maior de técnicas de enfrentamento que ensinamos a gerenciar o trabalho". Ela capacita as mulheres a abraçar seus corpos que mudam durante a gravidez e a usar as ferramentas que têm para se certificar de que "bebês alcancem resultados seguros e saudáveis".

2. Não é apenas para nascimentos naturais

A Lamaze encoraja o nascimento natural, mas Michele promete que você não será expulso do clube se você optar por uma epidural em seu plano de parto. "Lamaze é para todas as mulheres que querem ter um parto seguro e saudável", afirma ela. "E isso inclui quando as mulheres podem querer usar medicação para dor". Então, se você não tem certeza sobre as aulas de nascimentos naturais, tudo bem! "Lamaze Certified Childbirth Educators (LCCE) oferece aulas e fornece educação on-line para equipar os pais com a informação baseada em evidências para ajudar as mães a se sentirem confiantes em tomar as melhores decisões para o parto", garante Michele.

3. A Lamaze busca facilitar o trabalho de parto

Lamaze Healthy Birth Practices é basicamente o fundamento da filosofia Lamaze:

  • Deixe o trabalho de parto começar espontaneamente;
  • Caminhe, movimente-se e mude de posição ao longo do trabalho de parto;
  • Leve um ente querido, amigo ou doula para apoio contínuo;
  • Evite intervenções que não sejam medicamente necessárias;
  • Evite parir com suas costas apoiadas e siga os impulsos do seu corpo para empurrar;
  • Mantenha a mãe e o bebê juntos após o nascimento para ajudar com os cuidados e a amamentação, para deixar a ligação entre eles começar a acontecer.

Essas seis práticas de nascimento enfatizam o manejo da dor, o sistema de apoio, a escuta do que seu corpo está dizendo e o apego precoce ao recém-nascido. Isso não é muito ruim ou rigoroso, certo?

4. Permita que seu(sua) cônjuge seja um apoio significativo

Uma vez que somos as únicas e viver a experiência de um bebê vivendo e saindo de nosso ventre, é compreensível que queiramos controlar todos os aspectos da gravidez e planos departo. Infelizmente, isso pode significar que nossos cônjuges sejam deixados à margem. Michele não é sobre isso. "Mães e seus(uas) parceiros(as) são uma equipe - ajudando a escrever o plano de parto, preparando-se para defender a mãe durante o trabalho de parto,comunicando as necessidades da mãe e proporcionando conforto, incentivo, informações,apoio físico e emocional durante a gravidez e o parto". Estas são todas as formas que parceiros(as) podem ser influências positivas sobre as mães. Não afaste seu cônjuge. Em vez disso, permita que ele(a) seja uma parte inestimável durante o parto!

5. Trazer ajuda externa para proteger seu plano de nascimento

"A Lamaze incentiva as mulheres grávidas a considerar a contratação de uma doula, para estar presente no nascimento e fornecer consultoria profissional e orientação durante um momento muito emocional", recomenda Michele. "Doulas são profissionais treinadas de apoio à mãe, que saberão o que fazer e quando uma mãe precisa fazer, com o objetivo final de oferecer um bebê feliz e saudável com o mínimo de intervenções médicas possível". Considere o seu doula uma aliada pessoal e confidente!

6. Uma rede de apoio aumenta a probabilidade de nascimento natural

"Ter uma equipe de trabalho de apoio, incluindo uma doula e cônjuge, pode ser mais benéfico para ajudar as mulheres a relaxar", diz ela. Mas os benefícios excedem o relaxamento. Acredite se quiser, as pessoas que estão presentes durante todo o seu trabalho de parto podem mudar o curso do nascimento do seu filho. Michele explica que "o apoio contínuo durante o parto provou diminuir o risco de cesariana em 28%, diminuir o uso peridural em 9% e diminuir o uso de ocitocina para indução em 31%". Se a intervenção médica não faz parte do seu plano, bem, então ter uma equipe de pessoas carinhosas e informadas é essencial!

7. Uma bola de pilates para parto é uma ferramenta importante para o movimento

Michele diz que sentar em uma bola de parto nos meses que antecedem o nascimento "ajuda a mulher a fortalecer os músculos das pernas e das costas, ao mesmo tempo em que oferece um lugar firme e suave para se sentar". Segundo ela, "durante o nascimento, proporciona um lugar para sentar ou se apoiar, oferecendo outra opção para o movimento e mudança deposições durante o trabalho de parto."Nós incentivamos as mulheres a permanecerem ativas durante o trabalho de parto para ajudar a lidar com a dor e usar a gravidade para ajudar a puxar o bebê através do canal do parto".

8. Escolha técnicas de relaxamento que funcionam para você

Aprender a não se desesperar quando a dor dominar o seu corpo e os médicos e enfermeiros estão cutucando em seu interior é difícil, mas não impossível. Michele afirma que Lamaze ajuda as mulheres a encontrar maneiras de lidar, permanecer positivo e estar alerta ao tomar decisões importantes. "A educação de nascimento Lamaze ensina uma variedade de técnicas de relaxamento para ajudar as mulheres a relaxar e se sentir confiante em dar à luz. Alguns desses métodos incluem: respiração consciente e rítmica, relaxamento muscular, imagens,banho quente ou banheira, massagens e conversa positiva. Escolha qualquer método que funcione e fique com ele!"

9. A dor não será tão ruim quando você sabe o que está vindo

Ter um bebê vai doer, mas a dor pode ser gerenciada através da técnica Lamaze. "Lamaze fornece informações, ferramentas e estratégias de gestão da dor para as mulheres e seus parceiros para entender o que está acontecendo com o corpo da mãe enquanto ela se prepara para dar à luz", explica Michele. "A informação ajuda os pais a se tornarem preparados para trabalhar em todas as etapas do parto e não trabalhar contra elas".

10. Quando se trata de nascimento, o conhecimento é poder

Lamaze trata sobre dar a mulher informações sobre o que esperar durante o nascimento, porque quando você está pronta para tudo o que constrói, sua confiança e conhecimento estarão presentes durante o trabalho de parto. "Ter um bebê é um dos maiores momentos da vida de alguém", diz Michele. "Ser capaz de entrar no processo sentindo-se pronta para levar tudo dentro e possuir o processo de dar à luz é um dom em si mesma. Mas e pais precisam estar preparados para tomar decisões educadas sobre o nascimento que eles querem para seu filho".

A palavra final

A técnica de Lamaze põe muita responsabilidade sobre as mães porque compreender que elas são capazes de parir. Também é importante que nenhuma mulher atravesse a gravidez e o parto sem entender tudo o que está prestes a experimentar. "As mulheres precisam de confiança para detectar intervenções desnecessárias, como induções, cesáreas, restrições durante o parto, incluindo comida, bebida e movimento, e como evitá-las", conclui Michele."Saber reconhecer os cuidados de maternidade é uma chave para obtê-la!".

Ainda não acabou! Você também pode ler sobre:

taofeminino ♥ Pinterest

by Redação taofeminino

você também vai <3: