Home / Lifestyle / Cultura / 5 vezes em que quisemos ser uma das personagens de Stranger Things

© Reprodução
Lifestyle

5 vezes em que quisemos ser uma das personagens de Stranger Things

by Redação taofeminino Published on 14 de agosto de 2016
A-
A+

Não importa se você estava viva nos anos 80, em algum momento as mulheres da série quiseram te levar pra lá. Por Mirela Mazzola

Se você ainda não se rendeu a Stranger Things, a sci-fi do momento na Netflix, já deve ter se sentido parte do mundo invertido (vai ter piada interna, sim!) no Facebook, em rodas de amigos, no planeta Terra... Graças à produção anos 80 cheia de referências, à trilha sonora incrível e ao casting bacanérrimo (Mike, deixa a gente entrar pra sua turma?), a série foi uma das mais comentadas dos últimos tempos. Quem virou fã também acabou reparando nas personagens femininas, cheias de estilo, determinação e charme. Apostamos que, em algum momento, você quis ser uma delas:

(Ah, não custa lembrar: spoilers, spoilers, spoilers!)

Eleven: qual é o problema em ser esquisita quando se tem superpoderes?

Imagine fugir de um laboratório que faz experiências com humanos, chegar a uma cozinha cheia de hambúrgueres e batata frita e ainda ter a sorte de ser encontrada pelo Mike? Como se não bastasse, a Eleven ergue objetos, estoura paredes e até capota furgões, tudo com a força do pensamento. Ah, e essa história de comer waffles a temporada toda e não engordar um grama também está meio mal contada, não? El, queremos ser você.

Bônus: ela ficou linda careca e conquistou o geniozinho mais fofo ever, Mike.

Eleven, de Stranger Things, caminhando

Joyce Byers: a mãe maluquete mas cheeeeia de amor <3

Mesmo sozinha e muitas vezes sem grana pra nada, ela criou dois dos personagens mais sensíveis da série, o Will e o Jonathan. Depois da ~morte~ do filho, preferiu se passar por louca e ouvir sua intuição a acreditar que ele havia morrido mesmo. Winona Ryder é Winona Ryder, não é? Musa de Edward, Mãos de Tesoura e nossa.

Joyce Byers gritando ao telefone

Barb, quer ser minha amiga?

Não é toda amiga que se arrisca (literalmente) pela outra, né? Desde que a Nancy foi convidada para uma festinha meio errada na casa do Steve, Barb sentiu cheiro de cilada e acabou indo só para acompanhar a BFF (quem nunca?). Sem contar os óculos e o figurino a la “eu não ligo para que os outros pensam”. Foi bom te conhecer, Barb!

Barb, de Stranger Things, olhando para os lados

Nancy Wheeler: meio sem sal, mas disputada pelos melhores boys da escola

Steve é o típico cara imaturo que paga de gatinho, mas que no fundo quase todas as garotas já quiseram dar um match, certo? Ok, o rapaz logo se revelou um babaca, mas até chegou a rever o comportamento ao perceber que o sentia pela Nancy era amor verdadeiro. Superestudiosa (e sortuda), ela também roubou o coração do Jonathan, o me-lhor personagem da série (tá bom, nossa opinião). Sensível, corajoso, introspectivo, apaixonado por fotografia, dono da melhor playlist ever (nisso todas concordam, certo?)... Jonathan, nosso <3 é seu!

Bônus: Nancy pega em armas se for necessário.

Nancy, de Stranger Things

Karen Wheeler: cabelo e figurino im-pe-cá-ve-is (para os padrões da época, claro)

A mãe do Mike e da Nancy seguiu um caminho meio óbvio e chato para uma moça do interior: casou-se com um cara que amava mais ou menos e leva uma vida pacata, sem muita novidade. Mas ela também tem três filhos bacanas e se mostra uma mãe compreensiva e carinhosa, além de ter sido superfofa com a Joyce quando ela estava quase enlouquecendo. Mas o que a gente queria mesmo era manter o cabelo e o figurino no lugar como ela.

​Bônus: à prova de bad hair day.


Agora só queremos dizer uma coisa: vem, segunda temporada, vem!

Quer ler mais sobre séries?

by Redação taofeminino

você também vai <3: