Home / Comportamento / Relacionamento / Os estágios emocionais pelos quais passamos após levar um pé na bunda

© iStock
Comportamento

Os estágios emocionais pelos quais passamos após levar um pé na bunda

by Karen Carneti Published on 25 de julho de 2016
A-
A+

Desde o primeiro dia até completar um ano do término, eis o que esperar após levar um fora

Mesmo se você nunca passou por um término de relacionamento, basta ligar o rádio ou a TV para se deparar com uma música ou um filme que confirme que rompimentos são uma droga. Não importa como a relação chegou ao fim; é uma perda e dói demais.

E, embora definitivamente possamos concordar que uma separação é difícil para ambos os lados, a pessoa que mais sofre é aquela que leva o fora. É ela que tem que conviver com o fardo de se perguntar o que fez de errado, se não era boa o suficiente, e, ao mesmo tempo, tentar lidar com o coração partido. Não é nada fácil.

Pode ser que leve um longo tempo até que se sinta como você mesma novamente, mas, eventualmente, isso acontecerá. Quer saber o que esperar durante esse processo? Aqui estão os estágios emocionais pelos quais passamos após levar um pé na bunda:

1 . O momento inicial

Neste momento inicial, só há choque. Choque com o fato de que acabou, com o que lhe foi dito, e, depois, por saber que, de repente, essa é sua vida – sem ele(a).

beyonce-chocada

2. O primeiro dia

Embora o choque dure por todo o primeiro dia, também existem as lágrimas. Litros e litros de lágrimas, intermitentes e com náuseas acompanhando. Você pode até vomitar algumas vezes, porque as emoções são demais para suportar, e está simplesmente devastada.

3. O terceiro dia

Dependendo do quão arrasada você está, pode ter tentado dormir os três primeiros dias inteiros. Se foi por esse caminho, provavelmente todos os seus sonhos eram sobre seu(sua) ex, que é o primeiro pensamento que você tem ao acordar e o último antes de adormecer. A vida ainda não parece real.

mulher-chorando-cama

4. A primeira semana

A primeira semana é sempre a pior, então, dizer que você melhora entre o momento inicial e o fim dela seria uma mentira. Você não está melhor. Na verdade, pode estar um pouco pior, porque o choque passou e é preciso lidar com o coração partido.

5. A segunda semana

Na segunda semana, você já consegue sair de casa, e até concorda em se encontrar com amigos – mas vai de camiseta e calça de moletom, já que não vê motivos para usar qualquer outra coisa. Você tenta falar com seus amigos sobre outras coisas, mas é difícil não voltar para o seu término. É sua primeira vez em público desde a separação, e as primeiras de muitas lágrimas em público.

kristen-stewart-falando-é-uma-droga

"É uma droga"

6. O primeiro mês

Assim que os primeiros 30 dias chegam ao fim, o choque foi oficialmente embora. Você aceita que esta é a sua vida agora, ainda que a contragosto. Você já enviou mensagens de texto, e-mails, e também gritou com o correio de voz do(a) seu(sua) ex. Sua raiva e tristeza se revezam como emoções dominantes em sua vida.

7. O terceiro mês

Quando o terceiro mês chega, sua raiva está, provavelmente, no auge – o que significa que você está no caminho comum das fases do luto. Você está com raiva de seu(sua) ex, irritada com a situação, e até com raiva de si mesma. Talvez até se culpe em alguns aspectos, mas não caia nessa. Você já precisa lidar com muita coisa, não adicione mais uma à lista.

mulher-falando-ele-é-uma-péssima-pessoa

"Ele é uma péssima pessoa"

8. O sexto mês

Você ainda está amargurada e com raiva e, quando alguém menciona o nome do(a) seu(sua) ex, sua pele se arrepia – totalmente normal. Você pode sentir que está ficando mais forte, mas sabe que ainda tem um longo caminho a percorrer. A cada dia, faz um pouco mais as pazes com o que aconteceu, mas ainda pode sentir a dor em seu coração, mesmo se já tiver reconhecido que foi melhor ter se separado. Você não quer estar com alguém que não lhe queira. Nunca.

9. O primeiro ano

Depois que um ano inteiro se passou, você sente como se fosse capaz de se encontrar novamente. Talvez tenha começado a ficar com alguém, ou apenas considerado a ideia. Você não precisa mais enviar mensagens de texto ou e-mails com raiva, mas isso não significa que a mágoa e decepção foram embora.

​Você não chegou ao ponto em que é capaz de olhar para trás e ver as coisas boas do relacionamento, mas sabe que chegará lá em breve... e espera mesmo chegar, porque sabe que há algumas boas lembranças escondidas no fundo da sua mente e do seu coração. Você só precisa se livrar de toda a tristeza para encontrá-las.

beyonce-cantando-best-thing-i-never-had

"Eu queria tanto você, mas agora não sinto mais isso..."

Este texto foi escrito por @karencarneti e editado por @gabrielamori.

Continue no taofeminino :)

6 maneiras de mudar sua vida amorosa (mesmo se você estiver com medo)
Por que é difícil encontrar um namorado no mundo “fácil” do namoro online
7 coisas esquisitas que acontecem quando você começa a namorar novamente
13 clichês que você jamais deve dizer a uma solteira
7 jeitos de evitar um silêncio constrangedor no primeiro encontro

by Karen Carneti

você também vai <3: