Home / Lifestyle / Sociedade / O desfile da Valentino foi sobre a África... mas não agradou muita gente

Lifestyle

O desfile da Valentino foi sobre a África... mas não agradou muita gente

by Ketlyn Araujo Published on 7 de outubro de 2015

Inspirado na "África tribal e selvagem", e com a imensa maioria das modelos brancas. Alguma coisa não está certa

A linha é tênue e o debate é longo quando os assuntos são inspiração de moda e apropriação cultural, mas parece que a Valentino chegou bem no limite dessa discussão. A gente explica: a grife se viu no meio de um bombardeio de críticas dos internautas a respeito do desfile realizado na última terça-feira, 06/10, durante a Semana de moda de Paris.

A inspiração central do show foi a África tribal, razão pela qual foi extremamente criticado por parte do público. O motivo? De 91 modelos selecionadas para contemplarem a passarela, apenas 8 eram negras.

Valentino © PixelFormula

Não podemos negar que, em matéria de figurino, a marca fez um desfile impecável, talvez um dos mais incríveis dessa temporada, colocando couro, franjas e animal print. Mas, ao mesmo tempo, é difícil ignorar o contraste gritante entre o tema central e a cor da pele das modelos. Para completar, Pierpaolo Piccioli e Grazia Chiuri, também pecaram na beleza proposta, já que encheram os cabelos das modelos - brancas ou não- com nada menos que trancinhas, ou box braids, símbolo de resistência da cultura negra africana.

Com a moda atingindo cada vez mais a esfera social, é difícil imaginar que ninguém da marca tenha pensado no burburinho que isso poderia causar. Melhor ficar mais atenta da próxima vez, Valentino!

Alguns tweets que ilustram a polêmica:

Muito legal a #Valentino querer homenagear a cultura africana em sua nova coleção, mas hmmm, onde estão as modelos africanas?

O desfile da Valentino foi inspirado na "África tribal", mas apenas 8 das 87 modelos eram negras. Acho que a conta não fecha.

Desfile "África selvagem" da Valentino, mais conhecido como apropriação cultural.

Bem, crianças, nós estamos indo à "África tribal e selvagem"...

O termo "tribal" é uma cilada. A maioria dos designers evitam usá-lo.

Talvez usar trancinhas nas modelos de maioria branca poderia ter sido a primeira bandeira vermelha para qualquer pessoa com olhos na equipe da Valentino.

Leia mais:

Modelo com síndrome de Down vai desfilar no New York Fashion Week
Modelo plus size prova que é possível ser gorda e saudável
Emma Watson pede igualdade de gênero no mundo da moda
Considerada "gorda demais" para o mundo da moda, modelo responde com vídeo

by Ketlyn Araujo