Home / Comportamento / Você / Coisas que só quem cresceu em uma família grande vai entender

© Reprodução
Comportamento

Coisas que só quem cresceu em uma família grande vai entender

by Karen Carneti Published on 4 de agosto de 2016

Uma das melhores partes? Recorrer ao closet da sua irmã mais velha, claro!

O que a maioria das pessoas não entende sobre famílias grandes é que existem níveis e significados diferentes para "grande". Crescer em uma delas não implica, necessariamente, em ter uma tonelada de irmãos e irmãs. Existem os tios e primos – e, às vezes, os avós – dos dois lados (seu pai e sua mãe), com os quais você também convive desde que nasceu e já aprendeu a amar e odiar ao mesmo tempo (sim, é possível).

Dito isto, aqui estão 14 bênçãos, provações, tribulações, e lutas da vida real com as quais você definitivamente irá se identificar se cresceu em uma grande família:

#1 Quando as pessoas reclamam de suas famílias, você apenas sorri e acena – porque não se identifica

Cada família tem seus problemas, especialmente as grandes, não nos interpretem mal. Mas, sempre me pareceu errado quando as pessoas se queixam de suas famílias. E, pior ainda, os baixos níveis de interesse que têm em manter contato com elas.

Se você vem de uma família particularmente louca, acho que não posso culpá-la. Mas, quando você se queixa de não querer retornar a ligação da sua mãe – tipo, NUNCA –, não consigo me identificar com a situação. Pessoalmente, a minha pede para eu entrar em contato com ela pelo menos uma vez por dia, para que saiba que estou viva. E eu faço isso, sabe por quê? Ela é, tipo, toda a razão da minha real existência. E também porque ela não é uma mãe comum, ela é uma mãe superlegal – e eu realmente quero falar com ela.

kim-kardashian-balançando-a-cabeça-concordando

#2 Reuniões familiares são assuntos sérios

Assim como aniversários e casamentos. E quando eu digo" assunto sério," quero dizer que há muita bebida envolvida.

#3 Encontrar alguém que é filho único e pensar: “Ah, isso explica muita coisa”

Não que você realmente entenda o luxo - e a solidão - de não ter um irmão bagunçando seu cabelo o tempo inteiro, especialmente se você for a mais velha.

harry-potter-brincando-sozinho

#4 Ser sempre confundida com sua irmã, prima ou tia (quando ela era mais jovem)

Estamos aqui para lhe dizer que doppelgangers realmente existem. E, mais frequentemente do que pode parecer, você é parente deles.

lindsay-lohan-em-operação-cupido

"Querida, você nunca esteve mais bonita"

#5 Ver seus irmãos e outros membros mais novos da família crescendo

Nada faz você se sentir mais velha do que o momento constrangedor quando seu irmão mais novo, de repente, se torna mais alto do que você. E tem sua própria carteira de motorista!

#6 Dividir o quarto era um desastre

Ainda bem que estes dias obscuros ficaram no passado.

#7 Nunca existiram segredos na sua casa

Você apenas pensou que eles existissem. Principalmente os mais secretos, do tipo “nunca conte para a mamãe”, e que você jurou que levaria consigo para o seu caixão – mas dos quais ela sabia o tempo todo.

#8 Seguindo essa linha, seu diário nunca foi realmente secreto

Você sabe que sua irmã lia o seu, porque você lia o dela – e então vocês passaram a escrever sobre saber todos os ~segredos~ da outra em seus diários.

diário-sendo-folheado

#9 Você sempre tinha alguém para ligar quando precisava de ajuda

E ainda tem. Se você acabou de passar por um término terrível, perdeu o emprego, ou realmente só precisa de alguém para desabafar – mesmo se você estiver brigada com o dito membro da família no momento – pode contar com a sua família para passar por qualquer situação.

​Afinal de contas, eles são seu sistema de apoio, e você reserva quantidades infinitas de piedade em seu coração para as pessoas que não têm isso em suas vidas. Sério.

#10 Há um plano infalível para colocar em prática quando você não tem NADA para vestir

Também conhecido como o closet da sua irmã.

mulher-reclamando-que-não-tem-o-que-vestir

"Não tenho nada para vestir!"

#11 Tentar mostrar sua árvore genealógica para alguém pode ser divertidamente incompreensível

Folhear antigos álbuns de família se parece com isso:

“Este primo é filho da irmã da minha mãe, e este primo é filho do irmão do meu pai, e eles estão relacionados uns aos outros por mim, e eles também são companheiros de quarto. Ah, essa? Ela é minha prima por parte de pai, a filha mais velha de três irmãos, e a que todo mundo diz que parece minha gêmea.

Essa é minha irmã/melhor amiga/parceira de crimes, mesmo que eu tenha empurrado ela para fora da esteira em andamento uma vez, quando éramos crianças e, em seguida, ambas começamos a chorar. Sim, ela é mais jovem. Não, não somos gêmeas - mesmo que todo mundo sempre achasse isso quando éramos menores.E este é o filho da irmã do marido da minha tia, e um caso muito complicado para explicar, então eu só o chamo de ‘outro primo’. Entendeu?”

#12 Trazer alguém ~especial~ para a sua casa é algo sério

E não apenas porque eles têm de aprender a grande maioria da árvore genealógica de antemão. Ninguém nunca esperaria que eles absorvessem a coisa toda de uma vez. Quer dizer, eles não são sobre-humanos.

#13 Você sempre terá um bando de melhores amigos

E não poderia ser mais grata por isso, porque sabe que os melhores momentos da vida são as memórias que você fez e continua fazendo com eles.

honey-boo-boo-e-familia

"Essa é a minha família louca"

Este texto foi escrito por @karencarneti e editado por @cicaarra.

Hey, continue no #taofem :)

Sinais de que você está no fim dos "20 e poucos" anos
10 maneiras de se livrar do mau humor
Aprenda a praticar o amor próprio diariamente
Por que você deveria estar empolgada para envelhecer
Conhece os benefícios das amizades? Entenda por que faz bem ter amigos

by Karen Carneti