Home / Comportamento / Sexo / Sexo oral, a estrela das preliminares

© iStock
Comportamento

Sexo oral, a estrela das preliminares

por Geovana Pereira Publicado em 18 de maio de 2017
602 compartilhamentos

É hora de esquentar o clima e o aufeminin, irmão francês do taofeminino, tem dicas para você e para o(a) seu(sua) parceiro(a) – não pense duas vezes e compartilhe este link com ele(a) ;-)

Antes de irmos às vias de fato, é sempre bom lembrar que #1 sexo oral deve ser feito com proteção e #2 nenhum truque da lista substitui o diálogo – você e o(a) companheiro(a) devem conversar sobre suas preferências. E isso também pode ser muito excitante. Bom, mãos (ou seriam bocas?) à obra! Além das dicas certeiras do aufeminin.com, conversamos com Fabiane Dell'Antonio, fisioterapeuta e consultora sexual, e Lelah Monteiro, sexóloga e psicanalista.

Sexo oral: dicas quentes para momentos de prazer intenso

Você quer experimentar o melhor sexo oral da sua vida? Então, o(a) bonito(a) deve estar atento(a) a alguns detalhes que fazem a diferença. Temos dicas!

Não ir direto ao ponto
O objetivo da preliminar é esquentar o clima. Começar o sexo oral de forma frenética é queimar a largada. Beijos e carícias são essenciais: pescoço, orelhas e lábios, e lentamente os seios, abdômen, coxas… quando chegar a hora de mostrar o talento, faça movimentos suaves com a língua.

O ritmo do sucesso
O ideal é iniciar o sexo oral com lambidas em ritmo mais lento, e a medida que a excitação aumenta, a variação da velocidade e pressão entram em jogo. Observe a resposta corporal – é o melhor termômetro para o seu desempenho. Variar a velocidade e os movimentos favorece a excitação.

Língua: modo de usar
A língua deve estar relaxada, para que os movimentos tenham mais ritmo. Para fazer a penetração com a língua, quando as coisas estiverem mais calientes, é melhor enrijecê-la.

​Truques espertos
Faça movimentos irregulares com a língua, aumente gradualmente a velocidade e a pressão. A mulher demora mais que o homem para atingir o orgasmo. Se ficar chato ficar só nos movimentos circulares, tente uma técnica diferente como escrever letras ou palavras com a língua. É a técnica chamada de alfabeto: tente reproduzir as letras de A a Z com diferentes velocidades e... Bingo! Também vale fingir que é uma boca – o órgão do prazer feminino é o clitóris, mas os beijos e movimentos com a língua na região da vulva, clitóris e orifício vaginal podem promover sensações muito prazerosas.

Não, você não precisa prender-se a uma listinha de estratégias. “Existem muitas técnicas e muitos mitos, gosto da simplicidade de menos regras, menos protocolos e mais entrega”, conta Lelah Monteiro. A sexológa e psicanalista observa que os resultados mais bem-sucedidos são das relações em que há de fato entrega mútua, quando o desejo não é sabotado e o prazer vem e vai aumentando de forma lúdica.

Linguagem corporal
Para que a mulher chegue ao orgasmo com um bom sexo oral, é preciso aprender a ouvir o corpo: respiração, gemidos, postura... tudo isso vai dizer se você está fazendo um bom trabalho. Uma vez que o nível de excitação vem, os dedos devem participar para encher a moça de prazer.

Posições
Fabiane Dell'Antonio dá a dica: um bom truque é estimular com o dedo indicador a região do Ponto G enquanto realiza o sexo oral. As melhores posições são as que permitem o acesso ao clitóris e região da vagina, e varia de acordo com a constituição corporal da mulher, sua preparação física e gosto pessoal. Por isso, algumas mulheres gostam de usar uma almofada. Outras posições indicadas são:

  • Ela sentada na ponta da cama e o(a) outro(a) ajoelhado(a), ou na ponta de uma cadeira.
  • Assim como a posição 69, onde as duas pessoas fazem e recebem o sexo oral ao mesmo tempo
  • E a posição onde a mulher está deitada enquanto o(a) parceiro(a) faz sexo oral nela.


Alguns motéis têm cadeiras próprias para esta prática, então vale tentar.

Como fazer sexo oral nele?

Não há nada mais sensual do que a boca. Utilize sua arma-secreta com sabedoria para conhecer o corpo do seu parceiro. Concentre-se nas partes particularmente sensíveis de anatomia masculina: a glande (ponta do pênis), os testículos e o períneo (local secreto entre os testículos e o ânus). Movimentos alternativos que simulam a penetração na vagina com a boca são uma fonte de prazer intenso para ele – experimente usar a saliva para facilitar o deslizamento. Só tome cuidado para não encostar os dentes, assim ninguém sai machucado da brincadeira. Para se certificar de que está no caminho certo, preste atenção nas reações dele, mas aproveite o momento! Sexo oral é sempre prazer a dois – no mínimo.

Algumas posições:

  • Sentadas na beira da cama com ele em pé
  • Ele em pé e ela de joelhos
  • Ele sentado na beira da cama e ela de joelhos
  • Ele deitado e ela de quatro fazendo oral

Não foque apenas no pênis
A glande, períneo e testículos são minados com terminações nervosas que pedem um estímulo carinhoso. Beijar, tocar ou até mesmo o quentinho da sua respiração nesses lugares apimentam a atmosfera antes de chegar na hora de inserir o pênis na boca.

Brinque com a língua e as mãos
Para além daquele “vai e vem”, movimente a língua com o pênis na boca. Faça pequenos círculos ao redor da glande. Use as mãos para segurar a base do pênis durante a sucção, para masturbar o parceiro e também para massagear os testículos e a parte interna da coxa dele. Experimente ritmos diferentes, pressões diferentes, lugares diferentes...

Confie na sua intuição
Quando se sentir à vontade, ouse um pouco e jogue aquele olhar sedutor para seu parceiro, vai ser muito excitante. Não tem como fugir dessa regrinha aqui, preste atenção no que acontece ao seu redor, ele vai querer saber que você está gostando, assim como vai mostrar se está curtindo.

Ritmo excelente
Um pouco de ritmo é fundamental. Para não se engasgar com o afobamento, o truque é relaxar a mandíbula e dar momentos de descanso para sua boca: respire, faça um charme, lance olhares manhosos para ele, aposte em brincadeiras… varie os movimentos e a intensidade. Comece devagar e vá aumentando a velocidade. Só tome cuidado para não exagerar: estamos falando de uma área muito sensível!

Adapte-se aos tamanhos
Com membros médios e pequenos a prática é mais fácil, mas não precisa ficar insegura na hora de fazer sexo oral em um pênis grande. “Além do tamanho do pênis, tem o tamanho da abertura da boca da mulher, então vai depender também de sua anatomia bucal. A maioria dos homens gosta de ver o pênis no máximo possível de profundidade dentro da boca, já que a glande é a área que mais proporciona prazer”, comenta Fabiane Dell'Antonio. Portanto, não se preocupe em “engolir” o membro completo do seu parceiro, lembre-se que as mãos devem ser bastante utilizadas para garantir o prazer.

Continue no taofeminino:

taofeminino ♥ Pinterest

por Geovana Pereira 602 compartilhamentos

você também vai <3: