Home / Beleza / Pele

Missão: acabar com a celulite!

by Isabella Villalba Published on 29/05/2015 at 17:30
Missão: acabar com a celulite!© iStock

Aqui você encontra as melhores armas para lutar contra as celulites. Escolha as suas

Summary
  1. · Celulite tem cura?
  2. · Como diminuir a celulite: regras gerais
  3. · Menu anticelulite
  4. · Os melhores exercícios físicos para derreter as celulites
  5. · Use um creme para melhorar a aparência da pele
  6. · Drenagem linfática (para eliminar toxinas)
  7. · Procedimentos estéticos não invasivos
  8. · E um recado importante
  9. · E você, o que faz para tratar a celulite?
  10. · Mais sobre a beleza da pele, você vê aqui!

Ah, aqueles furinhos nas coxas, no bumbum, na barriga ou em qualquer outro lugar do corpo que fazem a gente sentir na pele (literalmente) o chamado efeito “casca de laranja”... 99% das mulheres convivem com a celulite após os 30 anos de idade, segundo estudos da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Também chamada de lipodistrofia ginóide pelos médicos, as celulites provocam um aspecto ondulado e endurecido na superfície da pele devido ao excesso de gordura, água e toxinas acumulado nas células.

Celulite tem cura?

Senta aqui, amiga, vamos conversar. O aparecimento do problema pode ser provocado por diversos fatores, desde herança genética, retenção de líquido estimulada por problemas hormonais (estrógenos) e circulatórios, excesso de gordura atenuado em casos de obesidade, má alimentação, sedentarismo e até pelo uso da pílula anticoncepcional.

“Não falamos em cura para a celulite. O tratamento levará a uma melhoria – não à eliminação. A manutenção é essencial e em peles muito flácidas o resultado pode ser menor”, esclarece a dermatologista Solange Libonati. Também estamos tristes com esse fato, cara leitora, mas nem tudo está perdido. Descubra quais são as principais maneiras de atacar o problema agora.

Como diminuir a celulite: regras gerais

Há algumas estratégias eficazes de tentar acabar com a celulite de dentro para fora e vice-versa. O ideal é combiná-las! De uma maneira geral, a dermatologista recomenda: “Afaste do seu estilo de vida, na medida do possível, os fatores desencadeantes e agravantes do problema como uma dieta inadequada, sedentarismo, stress e cigarro”. Primeiro vamos falar de comida:

Menu anticelulite

Mantenha o peso com hábitos alimentares adequados

“Para impulsionar o funcionamento do seu tratamento anticelulite, o plano é investir em um cardápio que contribua para a eliminação de toxinas, melhore a digestão, estimule o sistema circulatório e linfático e reduza o estresse”, conta a nutricionista Daniela Mazuco. Anote aí quais são os alimentos recomendados para reduzir a celulite djá!

♥ Legumes e verduras: folhas verdes escuras, brócolis, espinafre, broto de alfafa, couve, nabo, aspargos, rabanete, gengibre e cebola;
♥ Frutas: Uva, açaí, damasco, tomate e maçã;
♥ Sementes oleaginosas: amêndoas, castanha do Pará e pinhão;
♥ Grãos e cereais integrais: aveia, cevada, feijão, lentilha, grão de bico, gérmen de trigo;
♥ Carnes vermelhas e peixes: sardinha, atum, arenque;
♥ Temperos: alho, salsa, açafrão;
♥ Água e probióticos

Tomate © We Heart It
Tomate

Menos açúcar, gordura e sal nas refeições

Tchau, fast food! Adiós, refrigerante! Um dos segredos para a pele ficar lisinha é evitar o excesso de gordura, açúcar, sal e corantes. “Esse tipo de alimentação favorece o armazenamendo de gordura – levando ao sobrepeso e à obesidade, sobrecarrega os órgãos e a circulação, gerando radicais livres que podem ser envolvidos com o surgimento de celulites”, explica a nutricionista Daniela Mazuco.

​​Além disso, o fato de comer muito rápido, o que é facilitado pela falta de fibras da alimentação fast food, prejudica o bom funcionamento intestinal e da digestão, levando a um desequilíbrio que se reflete no surgimento de celulite, além de outros problemas dermatológicos como a acne.

Os melhores exercícios físicos para derreter as celulites

Vale tudo, só não vale ficar parada quando o assunto é acabar com a celulite. Além do cardápio anticelulite, no hall de práticas para queimar a gordura localizada de coxas e bumbum e estimular a circulação sanguínea estão as atividades aeróbicas como corrida, bicicleta, caminhada e natação. Um outro exercício que vai trabalhar mais intensamente os músculos do core e eliminar as gordurinhas da barriga é o boxe.

Separamos treinos que podem ajudá-la a tornear as pernas e tonificar o bumbum. Desse jeito, as celulites irão a nocaute! E depois de mexer o corpinho (e do banho, preferencialmente)...

Use um creme para melhorar a aparência da pele

“Em casos de celulite leve a moderada, há produtos para uso interno e externo que devem ser indicados pelo médico, como os cremes anticelulite que agem de três formas diferentes: melhoram o aspecto da pele, diminuem as células de gordura da região e facilitam a circulação sanguínea”, explica a dermatologista Solange Libonati. Ela destaca os produtos que contenham cafeína e aminofilina, além dos nutracêuticos orais com óleo de cártamo e a planta centelha asiática, que têm maior comprovação científica.

Em se tratando de celulite é importante lembrar que a maioria dos tratamentos tem pouco estudos científicos bem elaborados. Mas se ainda precisar de mais uma forcinha para diminuir as celulites, aposte em...

Nivea, R$ 35 © Divulgação
Nivea, R$ 35

Drenagem linfática (para eliminar toxinas)

Uma técnica de massagem que ajuda a reduzir a celulite é a drenagem linfática. Com foco na melhora do tecido conjuntivo, diminuição da célula de gordura e melhora da circulação, combina uma série de movimentos manuais que estimulam o sistema linfático a eliminar o excesso de líquidos, reduzindo o inchaço.

Procedimentos estéticos não invasivos

Existem no mercado tecnologias que têm o foco total em queimar as gordurinhas localizadas, estimular a circulação e o combate à flacidez por meio do calor. Dentre as opções não invasivas mais aplicadas, a dermatologista Solange Libonati menciona o ultrassom cavitacional e o ultrassom focado, as radiofrequências monopolar, bipolar, tripolar, multipolar, e infravermelha e os lasers de baixa potência. A médica ajuda a explicar:

♥ Alguns aparelhos associam a endermologia – uma massagem profunda que trabalha os tecidos abaixo da pele e promovem a drenagem linfática, melhorando na aparência das celulites – com radiofrequência e infravermelho.

♥ O infravermelho penetra entre 2 a 6 milímetros provocando a contração das fibras de colágeno e estimulando os fibroblastos parar reduzir a flacidez.

♥ Já a radiofrequência promove o aquecimento do tecido adiposo, ajudando na mobilização e eliminação dos depósitos de gordura

♥ A radiofrequência monopolar de alta potência, por exemplo, tem o efeito de melhora do colágeno pelo aquecimento e graças a associação de um sistema de resfriamento da pele permite a eliminação de células de gordura, com resultados mais duradouros

♥ “Uma nova tecnologia é a radiofrequência associada ao estímulo DMA, que combina aquecimento e contração muscular resultando em aquecimento profundo e homogêneo de ambas as camadas derme e hipoderme”, explica a médica. Com isso, há remoção de gordura e drenagem ao máximo e menos flacidez.

“O ideal é fazer a associação de tecnologias. Em relação ao tempo de tratamento e número de sessões varia de uma a duas vezes por semana, por, no mínimo, um mês e meio, dependendo do aparelho utilizado. O desconforto em geral é mínimo”, afirma.

E um recado importante

Antes de tomar qualquer medicamento, usar qualquer produto ou optar por um procedimento estético, procure ajuda médica, visite e verifique as credenciais das clínicas para ter o melhor resultado possível

E você, o que faz para tratar a celulite?

Divida com a gente no campo de comentários desta página!

Mais sobre a beleza da pele, você vê aqui!

Faça o teste:
+ Qual é o melhor tratamento anticelulite para você?

Mais beleza:
+ Projeto verão: os tratamentos estéticos ideais para fazer no inverno
+ 5 alimentos que melhoram a pele

Isabella Villalba
you might also like