Home / Beleza / Maquiagem / Com que base eu vou? Dicas para escolher a cobertura perfeita neste guichê!

© Divulgação
Beleza

Com que base eu vou? Dicas para escolher a cobertura perfeita neste guichê!

by Monique Garcia Published on 30 de julho de 2015
97 shares

São taaaaantas opções...

Não é preciso ser perita em maquiagem para saber que o produto é, literalmente, a BASE de toda a sua produção – afinal, uma pele bem preparada é condição sine qua non para um resultado impecável. O grande dilema, na verdade, é COMO escolher a versão que atende a suas necessidades. Para solucioná-lo, escalamos quatro experts em beleza que compartilham sua sapiência no dossiê a seguir, que aponta as principais diferenças entre cada tipo de base.

Base Líquida

É indicada para todos os tipos de pele. “No entanto, a melhor opção para a cútis oleosa são as versões oil free”, frisa Jonas Oliver, maquiador do Romeu Felipe Creative Salon (SP). Com cobertura que varia entre baixa e média, é uma ótima candidata para camuflar pequenas imperfeições, como manchas causadas pela acne. “Tudo isso sem deixar a tez carregada, afinal, possui textura leve que a deixa bem natural, com aspecto saudável”, avalia Nice Cavalcante, maquiadora do Maria Beleza (SP). Em dias muito quentes, ainda que a duração da base líquida seja média, o retoque pode ser necessário – nesse caso, não o faça com a própria base: ela pode craquelar. Prefira dar o acabamento com pó translúcido. Quanto à aplicação, Ana Claudia Fioravante, maquiadora da Ophicina do Cabelo (RJ), dá a letra: “Recorra ao pincel de cerdas sintéticas ou espalhe o produto com as próprias pontas dos dedos”.

High Performance Lifting Foundation, Artdeco, R$ 190 © Divulgação

Base Cremosa

Se a ideia é fazer uma maquiagem leve, esqueça a base cremosa. “Isso porque ela possui textura densa e alta cobertura, indicada para corrigir imperfeições mais evidentes, típicas de peles maduras”, explica Jonas Oliver. Por isso, é melhor deixar para usá-la em ocasiões especiais, que exigem uma produção elaborada e duradoura (seu tempo de permanência no rosto é excelente!). “Como é um produto ‘pesado’ e cheio de óleos na fórmula, donas de peles oleosas devem passar longe”, recomenda Nice Cavalcante. Para evitar o efeito máscara, que deixa aquele aspecto “rebocado”, a dica de Ana Claudia Fioravante é aplicá-lo com pincel kabuki umedecido em água termal. O segredo é dosar a quantidade.

Studio Sculpt SPF 15 Foundation, M.A.C, R$ 139 © Divulgação

Base Compacta

Sofre com a oleosidade na pele? Uma das saídas é recorrer a essa versão, ótima para obter acabamento natural e aveludado. Sua textura rígida tende a conferir um toque seco – leia-se mate – na cútis. E é por esse mesmo motivo que mulheres com a tez ressecada devem evitar o uso. As contraindicações também se estendem a quem apresenta linhas de expressão profundas: “A base compacta costuma acentuar as rugas”, avisa Nice Cavalcante. Sua cobertura, de média a alta, consegue cobrir manchas escuras. A duração é boa, porém menor que a cremosa. No quesito praticidade, ganha disparado, afinal, a embalagem não ocupa muito espaço no nécessaire e é facílima de ser aplicada, o que a torna perfeita para a correria diária. “Basta umedecer a esponja e espalhar o produto sobre o rosto e pescoço”, ensina Ana Claudia Fioravante. Para dar emoliência, a dica esperta de Jonas Oliver é adicionar uma gota de base líquida à compacta.

Hello Flawless, Benefit, R$ 169 © Divulgação

Base Sérum

Faz parte da nova geração de bases, dotada de uma tecnologia que promete presentear as mulheres com ar de “acordei linda assim” ao mesmo tempo em que trata sua cútis. “De textura fina, é um recurso e tanto para iluminar com naturalidade”, elogia Roberta Avylah, maquiadora (SP). Em sua formulação, podem estar concentrados diversos ativos que cuidam da tez: “Geralmente, têm como finalidade o combate aos sinais da idade (flacidez, rugas e manchas), além de clarear e hidratar”, lista Nice Cavalcante. Peles mistas e oleosas se beneficiam da base sérum - desde que contenham mais água do que óleo em sua composição. “De cobertura e duração média, não dispensa retoques no decorrer do dia, mas consegue esconder imperfeições sutis com eficácia”, pondera Ana Claudia Fioravante. Espalhe o produto (poucas gotinhas já dão conta do recado!) com a ajuda do pincel de cerdas sintéticas ou com os dedos.

Nude Air Sérum de Teint, Dior, R$ 259 © Divulgação

Base Mousse

A boa notícia é que a maioria delas são livres de óleo - logo, ganham carta branca para quem vive em constante batalha contra a produção excessiva de sebo. O alerta de Jonas Oliver é destinado às mulheres com muitas marcas de expressão. “Apesar de ter a textura leve e entregar efeito natural, esse tipo de base denuncia os sinais”, afirma. Como, geralmente, tem acabamento mate, peles ressecadas também podem não se dar bem. “Seu nível de cobertura é baixo, portanto, disfarça apenas manchas leves. Mas, ainda assim, tem uma duração power, que dispensa retoques”, assegura Nice Cavalcante. A aplicação da base mousse acontece com pincel de cerdas sintéticas.

Base Mousse Efeito Pó FPS 15, Natura, R$ 73 © Divulgação

Base em Bastão

Sua cobertura é tão alta a ponto de, em algumas situações, fazer as vezes do corretivo (adiós, olheiras e espinhas!) – e dura que é uma beleza! Além de atenuar tais imperfeições com maestria, pode ser usada também para desenhar o contorno facial. “Embora existam fórmulas que se adaptam a todos os tipos de pele, há outras que a deixam muito oleosa – por isso, caso a sua apresente brilho excessivo, é melhor evitar”, explica Ana Claudia Fioravante. Ah, e como a base em bastão tem textura grossa, é importante ter bastante cuidado na hora da aplicação, para não acumular excessos e manchar a tez, ok? O how to é simples: “Basta aplicar o bastão diretamente no rosto e espalhar o produto com um pincel achatado, com movimentos que partem do centro e vão em direção às laterais da região”, ensina Nice Cavalcante. Über prático, né?

Base Stick FPS 20, O Boticário, R$ 72 © Divulgação

Base em Pó

A base em pó é amiga da pele oleosa, já que sua textura, que tem duração média na tez, absorve as “gorduras” produzidas por ela e permite retoques ao longo do dia, quando o excesso de brilho dá as caras. Outro benefício é a neutralização de vermelhidões, graças ao seu poder de uniformizar a cútis. O maquiador Jonas Oliver a considera perfeita para o cotidiano, pois é leve e faz correções sutis. “O resultado é bem suave e natural”, avalia. Para quem briga com o ressecamento, a história é outra: o recomendado é, definitivamente, não usar esse tipo de produto: “Ele pode craquelar”, antecipa Ana Claudia Fioravante. O indicado é aplicar com pincel de cerdas naturais bem macias. Vale ressaltar que, caso opte pela base em pó mineral, é preciso “aquecê-la” com movimentos circulares do próprio pincel. Isso irá ativar os ingredientes da fórmula, para que a cobertura seja “liberada” e eles sejam melhor absorvidos.

Base Mineral Original FPS15, bareMinerals, R$ 116 © Divulgação

BB cream x CC cream

Ambos surgiram para facilitar a rotina de beleza graças à sua multifuncionalidade, proposta que se aplica muito bem ao dia a dia. “O BB cream prepara, corrige, protege, recupera e hidrata a pele, amenizando imperfeições e deixando-a uniforme a longo prazo”, garante Roberta Avylah. E funciona em todos os tipos de cútis, viu?
Já o CC cream, indicado para peles maduras, é ainda mais potente: além de ter as propriedades do BB cream, agrega na fórmula agentes clareadores e antioxidantes que, com o uso frequente, atenuam as manchas. “O gestual é o mesmo: aplique o produto na palma da mão e espalhe-o na testa, no nariz, no queixo e nas bochechas com esponja”, sugere Nice Cavalcante. O retoque deve acontecer a cada três ou quatro horas.
Vale lembrar que tanto o BB quanto o CC não oferecem uma cobertura poderosa a ponto de substituir a base em uma maquiagem mais elaborada – nesse caso, use o seu multifuncional preferido como primeiro passo (tipo primer, sabe?) e, só depois, faça sua aplicação. Mas, se o seu objetivo é fazer um make para o trabalho, por exemplo, use-o sozinho: o acabamento é levinho e natural.

Ideal Face BB Cream Original Base de Beleza 10 em 1 FPS 15, Avon, R$ 40 © Divulgação

Make it!

by Monique Garcia 97 shares

você também vai <3: