Home / Beleza / Cabelos / Ei, você está lavando seu cabelo errado!

Beleza

Ei, você está lavando seu cabelo errado!

Fernanda Guimarães
por Fernanda Guimarães Publicado em 11 de julho de 2014
1 827 compartilhamentos

O xampuzinho nosso de cada dia pode mudar a sua vida capilar. Quem garante é Renata Souza, aka proprietária do top salão Spa Dios e expert no assunto, que já ensinou muita celebridade a lavar o cabelo do jeito certo - produto direto no couro cabeludo? Jamais. Essa e outras dicas espertchenhas você vê aqui

Fortunas em ultra-mega-power tratamentos, truques caseiros, promessas, mandingas e nada, seu cabelo não colabora. Se identificou? Sentimos em dizer, cara leitora, mas o problema não é o cabelo (nem a influência do alinhamento planetário sobre as fibras capilares) e, sim, seus hábitos. É tanta firula que a gente acaba esquecendo de dar bola para o que realmente interessa - no caso, a lavagem.

Lavar o cabelo do jeito certo é o caminho mais curto para a saúde dos fios, palavra da expert Renata Souza, proprietária do badalado salão Spa Dios de São Paulo. Aqui, ela enumera os erros clássicos no cuidado e propõe soluções 100% amigáveis - você não vai gastar dinheiro, nem tempo. É só adaptar a rotina.

1. Xampu direto nos cabelos e no couro cabeludo

No cocuruto, o cabelo é mais ralinho, já percebeu? Passar o xampu diretamente no couro cabeludo faz a região ficar mais sensível e os fios, mais propensos à queda. Para contornar o problema, Renata ensina: dilua o produto com água em um recipiente - é, você leu direito: a lavagem ideal inclui fazer uma "sopinha" de xampu - e, depois, aplique e massageie. O mesmo vale para o condicionador.

2. Xampu anti-resíduos

Xampus anti-resíduos são ótimos para uma lavagem pré-hidratação porque abrem as escamas da fibra capilar, facilitando a penetração do tratamento. Mas, usar produtos de limpeza profunda com frequência acaba com a proteção natural do couro cabeludo. Não é à toa que recomenda-se um intervalo de 15 dias entre as lavagens com fórmulas desse tipo. Controle a oleosidade numa boa trocando o anti-resíduos por um xampu adstringente (para cabelos oleosos), que pode ser usado duas vezes por semana. Para evitar o efeito rebote, nos outros dias, use um produto neutro.

3. Apostar sempre na mesma receita

No quesito lavagem cotidiana dos cabelos, a máxima "Em time que está ganhando, não se mexe" não rola. A gente se apaixona por aquele combo que fez a mágica acontecer e não quer largar mais (#quemnunca?). Pois essa paixão é inimiga da hidratação deusa: os fios acostumam com a química dos produtos e a fórmula perde o efeito. O duo xampu + condicionador deve ser trocado com frequência, assim como óleos, máscaras...

4. Água muito quente

Banho quentinho é tudo, ainda mais no inverno. Só que a água pelando detona os cabelos, já que ressaca a raiz e estimula a produção de óleo. O ideal é lavar o cabelo com água morna e dar o último enxague com água fria, de preferência filtrada.

5. Lavar todos os dias

Por mais feio e anti-higiênico que possa parecer, não é legal lavar o cabelo todo dia. Os fios precisam do sebo produzido nas raizes, uma hidratação natural. Suas madeixas agradecem se forem lavadas dia sim, dia não. Se a situação ficar muito feia, apele para um xampu seco ou um penteado + mousse.

6. Passar xampu no comprimento dos cabelos

"A finalidade do xampu é limpar o couro cabeludo e não os fios", explica Renata Souza. A água com produto que lavou o couro cabeludo e escorre se encarrega da limpeza do comprimento. Sacou? Nada de esfregar, já que as fibras capilares não resistem à fricção e acabam se partindo.

7. Muito esfregation no couro cabeludo

Não precisa usar as garras do Wolverine na hora de limpar o couro cabeludo. Apenas massageie a cabeça com a ponta dos dedos. Além de limpar, você ativa a corrente sanguínea e a oxigenação dos folículos, deixando o cabelón mais abastecido de nutrientes.

8. Espuma = sucesso. Só que não

Para deixar o cabelo limpinho, todo xampu leva detergente. Os sulfatos estão presentes em muitas as fórmulas. São eles que produzem a espuma, que muita gente associa erroneamente à limpeza eficaz. Além de tirar a sujeira, o componente acaba com a proteção natural do couro cabeludo e resseca os fios. O ideal é procurar por produtos livres de sulfato.

9. Lavagem tipo propaganda

É lindo na propaganda e péssimo na vida real. Concentrar o volume no topo da cabeça e esfregar só vai embaraçar o cabelo. Pense sempre em lavar e enxaguar no sentido do caimento. E não para cima.

10. Pentear os cabelos molhados

Isso mesmo. O cabelo fica mais frágil quando molhado então, a menos que os fios estejam com condicionador (que protege), não passe o pente ou escova ou corra o risco de quebrá-los. A melhor dica para não sair do banho cheia de nós: penteie-se antes de entrar no chuveiro.

Dicas top para o cabelón:

Para fazer em casa: coque glamour para festas
Tesoura já: os melhores cortes de cabelo curtos
Tutorial bacanudo do penteado mais deuso de Cannes 2014

Mais beleza, please!

Adiante o projeto verão com os melhores tratamentos estéticos
Batom escuro: a gente ama e ensina como usar
Peeling de diamante: pele renovada sem dor

    Gostou? Então curte o taofeminino lá no Facebook
por Fernanda Guimarães 1 827 compartilhamentos

você também vai <3: