Home / Beleza / Pele / Beleza vintage: os produtinhos de beauté da vovó

Beleza

Beleza vintage: os produtinhos de beauté da vovó

Fernanda Guimarães
por Fernanda Guimarães Publicado em 25 de março de 2014
854 compartilhamentos

Ficar atualizada nas novidades de beleza pode ser exaustivo. Que viciada em beauté não treme com o lançamento de uma fórmula química impronunciável, que vem cuidadosamente protegida por uma embalagem reluzente prateada? A promessa de uma cútis digna de aplausos de um dermatologista conquista fácil. Decidi entrar no túnel do tempo e recuperar com as vovós (mais precisamente, com a minha avó) os produtinhos de beleza das antigas. E adivinha só? É tudo mais simples do que você pensa

Depois de ficar bestificada (posso usar essa palavra?) ao comparar a pele da minha avó com a minha - apenas para concluir que a dela é bem mais saudável -, decidi vasculhar a necessaire dela, uma das mulheres mais vaidosas que eu já conheci, para descobrir qual era o elixir da beleza. Eis o que encontrei: além de pente, grampos e batom, uma latinha de creme Nivea -- lembram? -- em seus últimos capítulos. Para alguém que pensava que não existia vida na Terra antes do ácido retinóico, sérums e águas termais, encontrar a resposta de anos de beleza intactos numa latinha comum em qualquer prateleira de farmácia foi um belo de um susto.

É claro que todas as pesquisas e desenvolvimento tecnológico da área melhoraram (e muito) os produtos e aumentaram a atenção para os cuidados com a pele atualmente -- que mãe/avó não passou o "bronzeador mágico" chamado Coca-Cola? Sim, o refrigerante. Não, não repitam isso em casa. Mas alguns sucessos retrô resistem nas prateleiras pela pura eficácia e simplicidade. A gente talvez tenha esquecido de que não precisamos de uma substância revolucionária para secar uma espinha...

Aqui vão os melhores produtos de beleza vintage que você TEM que garimpar:

1. Minancora

Ela está no mercado desde 1915. Enquanto choramos pelos perfumes, cremes e esmaltes descontinuados sem nenhum carinho pelo nosso coração órfão, a pomada Minancora está na área há simplesmente 99 anos. Com apenas três componentes na fórmula - cada um com uma ação específica: adstringente, antibiótica e cicatrizante -, a Minancora é a sua solução noturna para quando o universo te castiga com uma espinha (já que não dá para sair em plena luz do dia com uma bolinha branca de pomada em cima da dita cuja).

2. Creme Nivea de latinha

Comercial antigo do creme Nivea. Como não amar o biquíni retrô? © Reprodução
Assim como a minha avó, muitas mulheres carregam a latinha de creme na bolsa. A fórmula é superhidratante e nutre a pele na hora, seja no inverno ou no verão. Pode ser usada no corpo e no rosto (atenção, peles oleosas: a fórmula é rica em óleos minerais. Talvez essa não seja a melhor solução para vocês). Dica da vovô: é ótimo tê-lo na necessaire para passar nas pernas quando você sair de saia ou nos cotovelos ressecados.

3. Leite de Colônia

Comercial antigo do leite de Colônia © Reprodução

Nem mesmo a força tática de um sabonete de ação profunda + todas as engrenagens de uma escovinha elétrica para pele são o suficiente para limpar os poros completamente. E, há mais de 50 anos, é o famoso Leite de Colônia que vem eliminando impurezas e oleosidade da pele de muitas mulheres. Há quem diga que ele ainda faz milagre nas espinhas quando misturado com aspirina. O ideal é passar o leite três vezes por semana no máximo para não sentir o efeito rebote (quando a pele começa a produzir agentes oleosos para compensar o uso de produtos fortes ou limpeza excessiva do rosto).

4. Granado

Provavelmente não existe uma pessoa que nunca tenha ouvido falar do Polvilho Antisséptico da Granado (apenas se esse alguém nasceu antes de 1903). Melhor amigo do Kichute, o talco tem ação bactericida e secante para pés e axilas. Foi sucesso no século XX e ainda é uma boa solução contra cheiros duvidosos nessas áreas e para manter a pele sequinha.

5. Leite de Aveia Davene

Umas das primeiras fórmulas leves e hipoalergênicas do mercado, o hidratante Davene era hit nas bancadas de qualquer vovó. Não lembra dele? O comercial com Tonia Carrero vai refrescar sua memória (e fazer você se perguntar: por que ninguém mais vende hidratante com alegria?).

Loading...

6. Sabonete Phebo

Se a história de consumir produtos de beleza sustentáveis e conscientes é preocupação atual, a Phebo antecipou beeem a tendência e vem produzindo sabonetes de glicerina 100% vegetais (e baratos!) desde 1930. Hoje em dia a marca pertence à Granado mas a fórmula vegana do sabonete-hipster é a mesma!

Tem algum produto de beleza das antigas que não sai por nada do seu coração? Conta para nós lá no Twitter!

Leia mais:

Limpeza de pele caseira passo a passo
Como cuidar da pele oleosa
Os melhores cremes para as mãos
Esmaltes orgânicos: entenda porque estávamos vacilando na hora da manicure

Mais inspirações mara:

As tendências para cortes de cabelo curtos
Cabelão-desejo: os melhores cortes para cabelos longos
Guia definitivo para você arrasar de batom vermelho
Ensinamos: truques básicos de make para experts e iniciantes

por Fernanda Guimarães 854 compartilhamentos

você também vai <3: