Home / Beleza / Pele / Tire suas dúvidas sobre o uso do protetor solar

Beleza

Tire suas dúvidas sobre o uso do protetor solar

por Monique Garcia Publicado em 9 de setembro de 2016
98 compartilhamentos

Proteger-se contra os raios solares está no topo de prioridades dos cuidados com a pele

Usar protetor solar não basta: se você quer eficiência, tem que usar do jeito certo! A seguir, especialistas sanam as principais dúvidas que giram em torno do assunto.

Por que o uso do protetor solar é indispensável?

Você já deve estar careca de saber, mas não custa reforçar que os raios UVA, UVB e infravermelhos, além da luz visível, são extremamente prejudiciais à pele. “São eles os responsáveis pelo aparecimento de manchas, envelhecimento precoce e aumento do risco do câncer de pele”, diz Mabe Freitas, dermatologista da Clínica Valéria Marcondes (SP). A função do protetor solar é justamente prevenir todos esses males.

Qual é a textura recomendada para cada tipo de pele?

Às mistas e oleosas, é indicado o uso de versões mais leves, como gel-creme e sérum – sempre com toque seco. Já peles secas podem lançar mão de cremes com ação hidratante, enquanto as sensíveis se beneficiam de filtros físicos, que não contém ativos químicos e, por isso, são melhor aceitos por essa categoria.

E como escolher o FPS ideal, de acordo com o tom de pele?

Os três dermatologistas consultados foram unânimes: o protetor solar, independentemente da cor da pele, deve ter, no mínimo, fator de proteção 30. “Morenas e negras, apesar de mais tolerantes à exposição solar por conta da produção elevada de melanina, estão vulneráveis, por esse mesmo motivo, ao surgimento de manchas durante o verão”, afirma Valéria Campos, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SP). As mais claras, por sua vez, têm maior tendência a sofrer queimaduras e, consequentemente, desenvolver câncer de pele. Logo...

Qual é a quantidade certa para aplicar no rosto e no corpo?

Anote a regrinha para garantir proteção completa:
Rosto: ½ colher (chá)
Pescoço: ½ colher (chá)
Tronco: 1 colher (chá)
Costas: 1 colher (chá)
Braços: 1 colher (chá) em cada
Pernas: 1 colher (chá) em cada

O protetor solar deve ser aplicado quanto tempo antes da exposição ao sol?

O recomendado é aplicar o produto 30 minutos antes de sair de casa. “Esse é o tempo médio que o filtro solar necessita para agir na pele”, conta Bel Takemoto, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SP).

Com que frequência o protetor solar deve ser reaplicado?

A cada duas horas. “Também é essencial repetir a aplicação caso note suor ou tenha contato com a água”, completa Valéria Campos.

Maquiagens com FPS dispensam o uso do protetor solar convencional?

“A maioria delas possui fator de proteção solar menor que 30, o que é insuficiente para proteger a pele com eficácia. Por isso, é necessário, sim, associar a maquiagem com o filtro tradicional”, avisa Mabe Freitas.

Precisa usar só nos dias ensolarados?

Os raios UVA e UVB não tiram férias: eles continuam sendo emitidos até mesmo nos dias nublados e frios. Portanto, não se engane! O protetor solar deve ser usado diariamente, sem exceções.

Pode aplicar no rosto o mesmo protetor solar usado no corpo?

Muita gente tem esse hábito quando vai à praia ou na piscina, mas o ideal mesmo é, no dia a dia, usar produtos voltados para cada região. “O protetor solar facial costuma ser fluido e é formulado com ativos específicos para o rosto, enquanto o corporal é mais denso e oleoso”, explica Bel Takemoto. Sem mistureba!

Como proteger o cabelo e os lábios dos raios solares?

O segredo para proteger os fios é sempre usar chapéu ou boné e apostar em cremes, óleos, sprays e afins que ofereçam proteção solar e minimizem os danos causados pela radiação. Para preservar a pele dos lábios, que é bastante sensível, abuse do protetor labial com FPS.

Este texto foi escrito por @moniquezg e editado por @cicaarra

Continue com a gente:

por Monique Garcia 98 compartilhamentos

você também vai <3: