Home / Comportamento / Sexo / Os benefícios que o sexo pode proporcionar

© Thinkstock
Comportamento

Os benefícios que o sexo pode proporcionar

Fernanda Guimarães
por Fernanda Guimarães Publicado em 26 de maio de 2014
252 compartilhamentos

Que sexo faz bem e é (muito, muito) bom todo mundo sabe. Mas nós fomos além! A tarefa: comprovar - cientificamente, diga-se - os benefícios que o rala e rola proporciona. O resultado: 15 ótimos motivos a mais para querer se enroscar com o(a) gato(a). Ô, delícia!

Alguma vez você já deixou de transar por estar com dor de cabeça? Saiba que você pode ter recusado o melhor remédio (ops!). Fazer sexo é um analgésico natural, como demonstra um estudo da Universidade de Münster, na Alemanha. Quer mais? Coração, pele e sistema imunológico também se beneficiam, o humor melhora. E aí, amiga, o que você está esperando para ligar para o(a) guapo(a)?

1. Fazer sexo diminui o estresse

Aquele momento relax depois do orgasmo é a maior prova disso. Mas falando cientificamente, fazer sexo diminui os níveis de cortisol, mais conhecido como hormônio do estresse. A melhor notícia: alguns estudos mostram que este efeito pode ser mantido a longo prazo, se a prática de sexo é frequente. Oh, yeah!

2. Fazer sexo ativa o sistema imunológico

Pessoas que transam regularmente (uma ou duas vezes por semana pelo menos) têm mais imunoglobulina A. O anticorpo atua defendendo o organismo contra agentes externos que podem causar doenças. Tchau, gripe!

3. Fazer sexo protege o coração

O sexo é o melhor amigo da sua saúde cardiovascular já que diminui da pressão arterial, ativa a circulação sanguínea e é um exercício aeróbico. Além disso, durante a excitação sexual, o corpo liberta testosterona e DHEA (desidroepiandrosterona), que atua para proteger o músculo do coração.

4. Fazer sexo melhora o humor

Essa não é novidade, certo? Tudo acontece graças à liberação de endorfinas, conhecidas como os hormônios do bem-estar e da felicidade. Quando o nível de endorfinas é alto, a pessoa sente bem humorada e animada.

Loading...

5. Fazer sexo protege contra o câncer

Sim! Alguns estudos têm apontado para a possibilidade de o sexo contribuir para a proteção contra cânceres, como os de mama e de próstata. No caso do câncer de mama, é provável que a maior liberação de DHEA (dehidroepiandrosterona) e oxitocina seja responsável pela proteção. O risco de câncer de próstata diminui se homem ejacula com frequência.

6. Fazer sexo melhora a fertilidade

Está com dificuldade para engravidar? Agende mais alguns horários com o boy durante a semana para dar uma ajuda para a cegonha. Mulheres com ciclos menstruais irregulares podem se beneficiar muito fazendo sexo com freqüência, já que a atividade pode estabilizar os seus ciclos, melhorando a fertilidade. A capacidade de fertilização do homem também aumenta ao ejacular de 3 a 4 vezes por semana.

Loading...

7. Fazer sexo dá um up na autoestima

​​​Manter uma vida sexual feliz e satisfatória melhora a autoestima, já que a pessoa se sente desejada e escolhida por seu parceiro sexual, o que melhora a autopercepção. E você pode aproveitar e apimentar a relação na cama com vários joguinhos sexuais ou fazendo um strip-tease BAFO!

8. Fazer sexo melhora a memória

Para não esquecer nunca: fazer sexo pode estimular a produção de neurónios na vida adulta, o que resulta na melhoria das funções cognitivas tais como a memória!

9. Fazer sexo gasta calorias!

O sexo pode ser uma atividade aeróbica que torra várias calorias. Estima-se que 10 minutos de sexo pode consumir cerca de 50 calorias. Já 20 minutos queimam por volta de 200 calorias dependendo do tipo físico. Liga para ele(a) e bora malhar!

Loading...

10. Fazer sexo rejuvenesce

Quem faz sexo regularmente além de ser mais alegre, vive mais. Um estudo realizado em Gales do Sul mostrou que os homens que tinham mais de dois orgasmos por semana tinham uma vida mais longa, pois o risco de morte era metade do que aqueles que tinham relações uma vez por mês ou menos.

Loading...

11. Fazer sexo tonifica o assoalho pélvico

Lembra do pompoarismo -- os exercícios vaginais que trabalham a região do períneo e que dão um up na qualidade de vida sexual? Durante o sexo e o orgasmo feminino, os músculos pélvicos são ativados, o que ajuda a fortalecer o assoalho pélvico. Quem não exercita os músculos dessa região e sofre uma distensão é mais propenso a ter problemas de incontinência urinária. Além disso, um assoalho pélvico forte garante orgasmos históricos, acredite.

12. Fazer sexo alivias dores

Os hormônios liberados durante o sexo - endorfinas e oxitocina - são armas muito poderosas para combater a dor. E não só as de tipo ginecológico (como pré-menstrual) mas também desconfortos musculares. Eba!!!

Loading...

13. Fazer sexo alivia a enxaqueca

Adeus, aspirina! Embora a dor de cabeça pode surgir como uma boa desculpa para não fazer sexo, de fato, a relação sexual pode aliviar enxaqueca. O alívio da dor acontece pois durante o sexo grandes quantidades de óxido nítrico são mobilizadas, melhorando a circulação periférica sendo especialmente benéfico para enxaquecas vasculares.

14. Fazer sexo melhora o sono

O sexo ajuda a melhorar a qualidade do sono, uma vez que diferentes hormônios produzidos durante a relação sexual, como a oxitocina e melatonina, são os grandes responsáveis na hora de relaxar a cabeça no travesseiro.

Loading...

15. Fazer sexo melhora a pele

O sexo pode melhorar a aparência da pele, agindo em duas frentes: primeiro hidrata a derme, já que a liberação de água é aumentada durante o orgasmo feminino. Depois, auxilia na circulação do sangue, diminuindo a formação de celulite.

Mais dicas de sexo:

por Fernanda Guimarães 252 compartilhamentos

você também vai <3: