Home / Comportamento / Sexo / O guia de striptease de Dita von Teese

© jonvilma.com
Comportamento

O guia de striptease de Dita von Teese

by Geovana Pereira Published on 13 de julho de 2017

Dicas de striptease por quem mais sabe do assunto? Você veio ao lugar certo

Sejamos francas: não há nada mais sexy do que uma mulher no controle, tirando a roupa e revelando toda sua sensualidade. Nada de strip-instantâneo para chegar às vias de fato! O segredo aqui é cozinhar o gato e saber brincar para deixar o jogo mais excitante - e é para isto que existe o striptease.

Fazer um striptease vai além da provocação e jogo de sedução. É mais complexo do que simplesmente tirar a roupa. Para dominar a coisa, você deve acrescentar uma boa dose de performance e interpretação. Para ajudá-la a se despir com classe e libertar seu poder sexual interior (que talvez você nem imagina possuir), consultamos ninguém menos que Dita von Teese, diva burlesca e especialista em striptease, para descobrir TUDO sobre o assunto. Vem com a gente (e com a Dita)!

A escolha da lingerie: o básico

Anote: a primeira coisa da qual você precisa é a lingerie perfeita. Segundo Dita, a lingerie ideal do striptease consiste em um sutiã, cinta-liga, meia-calça e calcinha. Na hora H, você deverá estar totalmente vestida - ninguém começa um striptease seminua, certo? O objetivo é levar a "vítima" à loucura.

A dica mais preciosa: escolha uma lingerie que vista bem e faça você se sentir sexy, confiante. Não pense muito sobre o que a plateia prefere. O sucesso do seu striptease está na confiança e na sensualidade, então, antes de tudo, concentre-se no que faz você se sentir assim.

Dita escala o básico: uma bela lingerie de renda preta combinada com cinta-liga e meias são as peças-chaves para ter na gaveta. "Toda mulher deve investir no conjunto perfeito de lingerie de renda preta". O preto cai bem em qualquer mulher, não importa o tom de pele e o corpo. E a renda deixa tudo mais elegante.

Escolha da lingerie: o sutiã

A escolha de Dita é o modelo balconê - aquele mais retrô, bem decotado - que dá o efeito push-up, garantindo volume e sustentação, dispensando o uso de bojo.É importante que o sutiã vista bem e que fique bonito de todos os ângulos, não só no busto. "Seus seios não devem saltar por cima ou pelos lados, e se você se curva para a frente, você deve garantir que a peça vá segurá-los", diz Dita. Outro ponto de atenção: as alças não devem puxar excessivamente a tira das costas para cima, deformando a peça. Saiba aqui qual é o modelo de sutiã perfeito para você.

Escolha sua lingerie: a cinta-liga

Dita diz que para o dia a dia ela prefere uma cinta-liga ampla para manter suas meias no lugar (ok, não é todo mundo que usa cinta-liga a qualquer hora. Mas fica a sugestão). Segundo a diva, quando se trata de fazer um striptease para alguém especial, ela escolhe uma peça mais justa, que valoriza as curvas. "Às vezes, seu striptease pode terminar abruptamente ou evolui para um encontro erótico assim que a calcinha vai ao chão... por isso a escolha cinta-liga é vital!".

Dicas da Dita:

  • Escolha uma cinta-liga com grampos de metal - esqueça os plásticos porque não prendem as meias corretamente.
  • ​Nem pense em comprar uma cinta-liga com prendedor tipo jacaré. "Pratique desenganchar os fechos até que o movimento se torne natural".

Escolha sua lingerie: as meias

Hoje em dia, meias 7/8 não são tão fáceis de encontrar. Dita Von Teese sugere duas outras opções sensuais. Mas, adverte: "Pratique com os dois tipos e veja com qual você se diverte mais".

  • Meias de nylon com costura e bordado, à moda antiga. "São as que vestem melhor, você se sente mais sexy", argumenta a diva.
  • Meia de nylon um pouco mais modernas e mais elásticas. "Elas são boas porque com a lycra, qualquer ruguinha ou dobra é evitada. Com elas, é mais fácil aprender alguns truques, como este: remova uma perna de meia e tente segurá-la com o dedo do pé. Puxe com as mãos e em seguida solte-a, imitando um estilingue". E não se esqueça de colocar um preservativo ali na costura da meia. "Você passa a mensagem de uma forma sexy ", diz Dita. Sexo seguro é sexy!

Para quem acha as meias sem graça, saiba que existem vááárias maneiras de brincar com elas. "Às vezes eu gosto de usar as minhas para amarrar os pulsos do meu parceiro ou improvisar uma venda. É muito mais sexy e delicado do que comprar um conjunto de bondage em um sex shop. É mais natural e mais espontâneo".

Escolha sua lingerie: a calcinha

Você é do time das string ou caleçon? Prefere uma coisa mais ousada? Acredite se quiser, mas o modelo fio dental não funciona num striptease. Para Dita Von Teese, são as tangas tipo bíquini - as mais comuns - a melhor escolha. "Você vai querer que cada peça de roupa subtraída tenha um grande impacto. Se a parte de trás está coberta e você tira delicadamente a calcinha, a reação do parceiro ao ver seu bumbum nu vai ser incrível", diz. Ou seja, brincar de esconder e revelar é mais legal do que investir em peças provocativas, que eliminam o fator suspense.

Dicas da Dita:

  • Para deixar o strip ainda mais quente, vista duas calcinhas: uma camada dupla pode ser ainda mais sexy!
  • Importante: use sua calcinha SOBRE a cinta-liga. Sempre! "É bobagem usá-las de outra maneira, já que você nunca sabe quando vai querer chegar às vias de fato. E eu ainda não encontrei um homem que não AMA uma mulher vestindo nada além de cinta-liga e meias", diz Dita.​

Escolhendo a roupa: saias e terninhos

Você precisa de uma boa lingerie para um striptease perfeito. Mas e o que colocar por cima? Dita von Teese recomenda um terninho ou o combo saia + camisa. "Opte por peças que cubram sua lingerie e não revelam muita coisa à primeira vista". Roupas com botões, para você desfazer lentamente, ou saias envelope são perfeitos para um striptease de classe.

Mas lembre-se: você precisa conseguir se despir sem esforço e com elegância. Dita também avisa que vestidos com fechos e amarras nas costas difíceis de alcançar são armadilhas. "Um dos meus vestidos favoritos de striptease é um Roland Mouret com zíper nas costas que vai por todo o comprimento, que me permite abrí-lo e despí-lo em um gesto bem dramático . Eu uso apenas em meus encontros mais emocionantes". Outro bom conselho: nunca, mas nunca escolha peças que devam ser tiradas pela cabeça- por que correr o risco de estragar a maquiagem e o penteado?

Já para os sapatos, o tamanho do salto é o que importa. "Escolha aqueles com o salto mais alto possível - só não pode cair - e que saiam do pé facilmente. Tiras no tornozelo e fivelas valem apenas para stripteasers experientes", diz Dita. Não consegue manter a pose num salta 15? Tire proveito da situação: engatinhe. Isso mesmo! Pense na atriz Maggie Gyllenhaal, no filme Secretária. É sexy e divertido.

Faça strip com o cabelo

Sim, você leu certo. Dita von Teese sugere fazer um striptease também com o cabelo! "Pratique um coque clássico ou Coque banana preso com apenas dois grampos. Eles devem ser fáceis de encontrar. Assim, é só soltar o cabelo no momento certo." A musa também recomenda perfumar os fios. A melhor maneira de fazer isso é passar um pouco de perfume em sua escova e pentear começando pela nuca. Ou ainda usar uma fragrância própria para cabelos.

Iluminação sexy

"Não tenho palavras para descrever a importância da iluminação na hora do striptease", diz Dita von Teese (em casa, ela tem controle intensidade de luz em todos os cômodos!). Não, você não precisa de tanto. Apague tudo e use velas de vários tamanhos até conseguir a iluminação adequada. Ou ainda cubra abajoures e spots com lenços de tecido - certificando-se de que as lâmpadas não estão quentes, hein? Olha só o que a musa recomenda: "escolheria uma echarpe num tom de um rosa profundo ou lavanda para conseguir as cores mais favoráveis. Mulheres nuas ficam mais bonitas banhadas em luz rosa clara. O vermelho pode ser um pouco demais".

A trilha sonora perfeita

A melhor Dica de Dita para a trilha sonora do seu striptease é escolher uma música que você ama. Nem mesmo Dita consegue te dizer qual música de deixa no clima. Mas para você não ficar perdida e dar play em uma canção pouco excitante ela nos passou a playlist de clássicos do striptease.

  • "Feelin' Good" de Nina Simone
  • "The Silencers" por Vikki Carr
  • "Purple Wail" de Red Prysock
  • "The Stormy Blues" de Billie Holiday
  • "Deshabillez-Moi" de Juliette Greco.

"Enfim, porém, você deve escolher a música a partir de qualquer época que tenha a sua cara e faz você se sentir bem", diz Dita.

Veja nossa playlist bem eclética com as músicas perfeitas para tirar a roupa.

A preparação para o seu striptease

Você já escolheu sua lingerie, a roupa perfeita, fez o seu cabelo, deixou a música preparada e fez uma visita especial ao salão de depilação. Você está pronta! Nervosa? Agora é a hora do checklist para o striptease perfeito.

  • Primeiro, Dita ensina, você deve sentar o seu homem em uma cadeira confortável ou sofá. Se ele gosta de uma bebida, traga a sua favorita. "Esta é uma ocasião especial, afinal de contas!".
  • Que tal você também tomar um drink? Se uma dose ou coquetel faz você se sentir mais à vontade, tome um, ou talvez dois, mas não três ou quatro. "Um pouco de ivresse - termo francês para aquela sensação alegre e solta que vem depois de uma tacinha de champagne - é aceitável, mas há poucas coisas mais constrangedoras que um striptease bêbado e desleixado", avisa Dita .
  • Ele é o tipo de cara que gosta de tocar ou passar as mãos pelo seu corpo? Dita dá mais uma dica top: "Pense em amarrar suas mãos com uma gravata de seda ou aquelas meias rasgadas que você usou enquanto ensaiava seu número de strip. Nós não queremos que ele estrague toda a diversão atirando-se em você para levá-la ao quarto tão rápido, não é? Ou sim? A escolha é sua, é você quem está no comando e que vai decidir."
  • Coloque uma cadeira para si mesma em frente ao gato, a uns quatro ou cinco metros de distância dele. Até a cadeira deve ser levada em consideração: escolha uma estável para você. "Você leva pontos extras se encontrar uma cadeira bonita, como uma cadeira de sala de estar ou estofada, que complementa a sua lingerie ", diz Dita.

Como fazer um striptease passo a passo

  • Agora tire o sutiã. Lentamente, deslize uma alça para baixo dos ombros. Toque seu decote levemente . Deslize seus dedos em seu sutiã e, em seguida, leve-os novamente para fora. Agora, a outra tira .

  • Vire-se e solte o seu sutiã, olhando para trás sobre seu ombro. Remova o sutiã lentamente. Você pode deixá-lo cair no chão, arremessá-lo pela sala, em um gesto mais dramático (longe das velas, por favor!) ou jogá-lo sutilmente para ele.

  • Você quer chegar mais perto? Deixe-o sentir o seu perfume, ou passar seu rosto levemente sobre o seu decote.

  • Em seguida é a hora das suas calcinhas . Antes de tirá-las , provoque um pouco, acariciando -se. Vire as costas para ele, curve-se para frente apenas um pouquinho, e, lentamente, leve sua calcinha para baixo logo abaixo do seu bumbum. Pare aí. Olhe para ele com um pequeno sorriso provocante.

  • Agora deslize a calcinha pelas pernas, tocando a cadeira levemente com uma mão para mais estabilidade. Assim que suas calcinhas alcançarem seus tornozelos , sente-se graciosamente na cadeira e desembarace a peça de seus saltos altos. Este é um momento onde eu andaria lentamente em direção a ele para lhe dar a calcinha.

  • O seu striptease termina aqui? Pode ser. Se você fez tudo isso para um homem, ele tem que ser especial, por isso este é o momento no qual eu mudaria do striptease para o um encontro erótico, enquanto ainda estou com os meus saltos altos e meias! Para deixar o clima mais quente ainda, eu lentamente tiraria minhas meias e cinta-liga ... funciona sempre!

Ainda não acabou!

Veja também: Orgasmo feminino: 37 posições para chegar lá

O orgasmo feminino em 37 posições © Vainui de Castelbajac

Continue com a gente

As paradas (quase) obrigatórias antes do sexo
10 jogos eróticos para apimentar sua relação
4 coisas que você pode não saber sobre sexo oral

taofem ♥ Pinterest

by Geovana Pereira

você também vai <3: