Home / Comportamento / Sexo / O que acontece no nosso corpo durante o orgasmo?

O que acontece no nosso corpo durante o orgasmo?

Publicado por Geovana Pereira
em 9 de março de 2017

Afinal, de onde vêm esse prazer todo?

O orgasmo é sinônimo de prazer sexual, uma sensação tão boa que só sentindo pra entender. Às vezes ele demora pra chegar, outras vem muito mais rápido do que o previsto, mas sempre, sempre, dura menos tempo do que gostaríamos. Alguma vez você já se perguntou de onde vem essa onda de prazer imensurável?

O que acontece no corpo durante o orgasmo

As manifestações físicas do nosso corpo durante o orgasmo são bastante simples de reconhecer na hora sexo:

  • Nos homens: a ejaculação e contração dos músculos do períneo.
  • Nas mulheres: o clitóris se retrai; a vagina, o períneo e o útero se contraem. Algumas também podem secretar um líquido esbranquiçado durante o orgasmo.


Em ambos os casos, a frequência cardíaca acelera e os vasos sanguíneos ficam dilatados. O prazer físico resulta na secreção de endorfinas no sangue, uma substância que proporciona uma sensação de relaxamento e bem-estar.

Dicas para um orgasmo perfeito

Em geral, um orgasmo ocorre através da estimulação das zonas erógenas: carícias preliminares, cunilíngua, felação, masturbação, penetração... No entanto, o mundo das fantasias sexuais é vasto e cada pessoa é diferente – alcançar um orgasmo pode ser uma experiência muito diferente dependendo de quem está envolvido. O clímax do prazer sexual também pode ocorrer em circunstâncias menos apropriadas, como durante o sono. Em qualquer caso, com um pouco de entusiasmo e com a pessoa certa, "chegar lá" é relativamente simples.

A melhor maneira de desfrutar de um bom orgasmo é conhecer o seu corpo. Temos muitos pontos sensoriais, mas você tem que saber onde eles estão! A solução: praticar a masturbação para explorar múltiplas possibilidades de orgasmo. Portanto, mapeie as seguintes zonas erógenas:

  • O clitóris é um pequeno apêndice encontrado na vagina. Ele é acessível e muito sensível a carícias. Estimulá-lo é a melhor ideia para explodir em um orgasmo.
  • O ponto G é ao lado da bexiga, embaixo do osso púbico e a cerca de 4 centímetros da entrada da vagina. Ao estimular o local repetidamente pressionando-o com o dedo ou um vibrador, o prazer é garantido.

O(s) orgasmo(s) feminino(s)

O orgasmo múltiplo não é mito. Os homens têm um período de pausa após o orgasmo (fase de recuperação durante a qual eles ficam insensíveis a qualquer tipo de estímulo), já as mulheres, podem desfrutar à vontade.

A maioria das mulheres começa a ter orgasmos estimulando o clitóris por meio da masturbação. O orgasmo vaginal durante a penetração é alcançado com mais dificuldade, apesar de ser considerado mais intenso e profundo do que o orgasmo clitoriano, que é mais explosivo.

Praticando!

Fica, tem mais aqui:

Gostou? Tem mais