Home / Lifestyle / Casa / 8 erros comuns na decoração de quartos infantis

© iStock
Lifestyle

8 erros comuns na decoração de quartos infantis

by Redação taofeminino Published on 1 de dezembro de 2016

Às vezes, quando pensamos em decorar o quarto das crianças, esquecemos o mais importante: pensar nelas. A seguir, algumas dicas para solucionar deslizes comuns dessa empreitada*

Não precisa repetir que a chegada de um bebê muda completamente a rotina da família, certo? Acontece que essa nova dinâmica também acaba interferindo na disposição da casa: chega a hora de pensar no quarto do bebê e, então, em como o cômodo vai se transformar à medida que ele cresce. É muito importante considerar essas adaptações, já que novas necessidades vão surgindo no caminho. Como nem sempre é fácil lembrar disso em meio a tantas preocupações, a gente listou os erros mais comuns na decoração de quartos de criança:

1. Não ouvir a opinião dos pequenos

É um erro meio básico, mas não tão incomum assim: pensar que a sua opinião e gostos pessoais devem se sobrepor aos da criança. É claro que você pensou em tudo com carinho e que a palavra final é dos pais, mas isso não significa que a decoração vai ser a mais funcional e agradável para o principal habitante do quarto. Cores e passatempos preferidos, como leitura e pintura, podem e devem ser consultados.

2. Gastar demais

Pais querem o melhor para os filhos (o que não inclui comprar só o que é mais caro, né?). E, quando se trata de decoração, sabemos que o céu é o limite. Por isso, não se esqueça do mantra: bebês crescem – e rápido. O que ele adorava ou era muito funcional em algum momento, em outro deixa de ser. Pense duas vezes antes de comprar móveis (principalmente os planejados, que dificultam adaptações futuras) e revestimentos muito caros. Existem muitas marcas especializadas em decoração infantil com móveis práticos e preços acessíveis. Aposte nelas!

3. Não pensar na distribuição do espaço

Antes de tomar qualquer decisão ou ir às compras, estude com atenção o espaço disponível. E lembre-se: o mais importante é suprir as necessidades do seu filho. Não tem quarto de brinquedos ou mora em apartamento? Delimite as áreas do quarto onde a criança possa se dedicar ao descanso, à leitura e às brincadeiras, por exemplo.

4. Deixar a iluminação em segundo plano

Dica: para evitar que com o tempo você precise acrescentar pontos de iluminação, tenha um ponto central que ilumine todo o quarto, pontos estratégicos de descanso e outro para o estudo (principalmente se mais de uma criança divide o quarto). Afinal, é preciso criar um ambiente agradável para os dois.

5. Não planejar armários e prateleiras

É muito importante ter onde armazenar os pertences da crianças, ainda que em estantes e prateleiras. Elas acumulam cada vez mais coisas e por isso é preciso manter o quarto em ordem e harmonia: dos carrinhos às roupas, dos livros aos sapatos. Armários embutidos, nichos e caixas: invista!

6. Abusar da cor

Não é porque estamos falando de crianças que o ambiente delas tenha que ser colorido demais. Isso costuma dar um aspecto caótico, sem contar que dificulta adaptações e pode desagradá-las com o tempo. Na dúvida, invista em móveis e pisos mais neutros, e garanta a cor nos enfeites, no enxoval e nos brinquedos.

7. Apostar em um quarto temático

Eis um grande erro. Se hoje a criança é louca por piratas, amanhã pode se encantar por aviões. Se hoje só fala em Peppa Pig, amanhã será a vez de Frozen. A melhor opção é sempre criar um espaço o mais neutro possível, com determinados detalhes que agradem a criança. Nessa hora, volte ao item 1: ouvir a opinião dos pequenos, para que eles gostem da decoração e participem dela, é fundamental.

8. Não considerar o bom e velho faça-você-mesmo

De calças jeans a móveis de palete: existem centenas de coisas que você pode fazer sem gastar muito além do necessário comprando em lojas. Sem contar que detalhes criativos DIY deixam o quarto das crianças muito mais especial: bandeirolas, luzinhas pisca-pisca, bonequinhos e quadros podem, inclusive, ser feitos com a participação delas. Mãos à obra?

*Matéria traduzida do enfemenino, com informações do Habitissimo.

Vem ler mais sobre decoração!

by Redação taofeminino

você também vai <3: