Home / Beleza / Cabelos / No poo, low poo e os mitos e verdades sobre essa história de parar de usar xampu

Beleza

No poo, low poo e os mitos e verdades sobre essa história de parar de usar xampu

por Ana Paula Sanches Publicado em 27 de agosto de 2015
1 380 compartilhamentos

Se a gente te contar que parar de usar xampu pode deixar os seus cabelos mais bonitos e hidratados, você acredita?

Quer saber o segredo de celebridades como Adele e Jennifer Aniston para garantir cabelos maravilhosos? É simples: elas reduziram drasticamente o uso de xampus. Se você torceu o nariz, saiba que cada vez mais mulheres vêm aderindo ao no poo e low poo, cuidados capilares que pregam o abandono (gradativo ou total) de produtos com componentes químicos que, com o tempo, causam danos à saúde dos fios.

A diferença entre os dois métodos está, basicamente, nos produtos utilizados. “No poo significa, ao pé da letra, algo como ‘sem porcarias’. Isso significa que as adeptas dessa rotina utilizam apenas produtos que não contêm sulfatos na sua composição e que não possuem espumas. No low poo os produtos também não têm sulfatos, mas fazem um pouco de espuma porque podem possuir extrato de coco (Cocamidopropyl Betaine)”, explica o cabeleireiro Rodrigo Nunes, do Floreal Salon (SP). Os sulfatos são proibidos porque funcionam como uma espécie de “detergente” para os fios, realizando uma limpeza profunda e retirando até mesmo os óleos necessários para que os cabelos se mantenham hidratados e saudáveis – e é justamente isso que quem pratica os dois métodos deseja evitar.

​Ah, mais uma regrinha importante: “No no poo também não usamos silicones, parafina líquida e qualquer derivado de petróleo. Ou seja, para higienizar você vai precisar de um bálsamo limpante ao invés de um xampu tradicional. Os adeptos mais radicais usam bicarbonato de sódio diluído em água e vinagre em substituição ao xampu”, completa a cabeleireira Sabrinah Giampá, autora do blog Cachos & Fatos e dona do salão Garagem dos Cachos, onde cuida das madeixas da mulherada usando apenas produtos liberados para o low poo.

Achou complicado? Na verdade, não é: a maior dificuldade está em se habituar a ler os rótulos dos produtos que você pretende usar e ver se eles preenchem os requisitos necessários para serem aplicados nas suas madeixas. Essa é a parte mais chata, não só por você ter que ler as famosas “letrinhas pequenas”, mas também porque no Brasil a maioria dos produtos capilares possuem sulfatos e parafinas. Portanto, se você decidir seguir o no poo, fique atenta, mas saiba: os resultados farão os seus esforços valerem a pena.

Os métodos são indicados para todos os tipos de fios? Qual eu devo escolher?

Sim, leitora! A maioria das pessoas costuma começar com o low poo e, depois de um tempo, aderir ao no poo. No entanto, o melhor é considerar o tipo de cabelo e as suas necessidades, como explica a cabeleireira Daniela Lisboa, do salão Floreal Clínica dos Cachos (SP): “No geral, o no poo funciona bem em cabelos com tendência ao ressecamento e para quem tem o couro cabeludo seco. Para os demais tipos de fios, o low poo é o mais indicado”. Sabrinah completa: “No caso dos fios lisos, a rotina mais indicada é a do low poo, porque os sulfatos pesados, como o Lauryl Sulfato de Sódio, removem todo o sebo da raiz e fazem com que o couro cabeludo entenda que precisa produzir mais óleo, o que deixa os cabelos oleosos. As cacheadas, por sua vez, costumam apostar no no poo para deixar os fios mais definidos e com menos frizz, ou seja: tudo o que uma mulher de cabelos cacheados deseja!”.

Não se sente segura para avaliar os seus fios? Procure um especialista. “O dermatologista é o profissional que poderá diagnosticar os cabelos e sugerir adaptações às técnicas de no poo e low poo, se necessário”, afirma a dermatologista especializada em cabelos Inaê Cavalcanti.

Antes de começar, algumas dicas!

Animou-se e resolveu começar a seguir as técnicas do no/low poo? A cabeleireira Sabrinah tem algumas dicas para você: “Antes de começar a seguir a rotina de cuidados, higienize os fios com um xampu antiresíduos para remover as camadas de parafina e outras substâncias que se acumularam no couro cabeludo e, após isso, use uma máscara e um condicionador liberado. Só depois comece a usar os xampus permitidos”. Isso fará com que o seu couro cabeludo esteja limpo o suficiente para responder com mais rapidez aos novos produtos.

Outra dica de ouro é participar de grupos do Facebook que falam sobre no e low poo. Existem vários deles, basta jogar a palavra-chave “no poo” ou “low poo” na barra de buscas. Você vai perceber que não está sozinha na sua jornada rumo a uma cabeleira mais natural e poderá tirar dúvidas sobre produtos e técnicas de lavagem com outras praticantes do método.

Por último, mas não menos importante: durante o processo é fundamental que você mantenha a perseverança. “Dependendo do histórico do cabelo e da quantidade de químicas presentes nele, o resultado pode demorar um pouco a aparecer”, completa Daniela. Como já diziam os antigos, a paciência é uma virtude, leitora!

Produtos liberados para no e low poo

Separamos algumas sugestões de shampoos e condicionadores de diversos preços, liberados para as rotinas no poo e low poo:

1 - Perfume para os cabelos Nº1 Hair Mist, da Acquaflora. R$34,19
2 - Ampola Keramax de reconstrução capilar, da Skafe: R$5,18
3 - Fluido concentrado reestruturante Nutrição Celular, da Acquaflora. R$13,07
4 - Umidificador de cachos S.O.S Natuhair, da Skafe. R$9,85
5 - Linha Pós Progressiva, da Bio Extratus. Shampoo e condicionador (R$17,31 cada), máscara hidratante (R$28,37) e finalizador (R$17,31)
6 - Condicionador Elixir, da Acquaflora. R$28,91
7 - Linha Controle da Oleosidade, da Phytoervas. Shampoo (R$13) e condicionador (R$14)

Máscaras caseiras (e excelentes) para hidratar os seus cabelos

Que tal usar algumas receitinhas caseiras de máscaras para deixar os fios hidratados e saudáveis sem usar nenhuma química agressiva? As cabeleireiras Sabrinah e Daniela dão receitas que podem ser usadas tanto por quem segue o no poo quanto o low poo:

Máscara de argila marroquina
por Sabrinah Giampá

Já ouviu falar no Rhassoul? Trata-se de uma argila marroquina com propriedades super hidratantes que pode ser usada nos fios, rosto e corpo. Sabrinah dá a dica de como fazer uma máscara pra lá de eficiente:

Ingredientes

- 4 colheres de sopa de rhassoul
- 4 colheres de sopa de leite de coco
- 4 colheres de sopa de água mineral ou filtrada e fervida com ervas (alecrim, sálvia, aloe vera e hortelã são as recomendações da cabeleireira)
- 1 colher de sopa de óleo de coco ou azeite extra virgem

Modo de preparo:

Misture o rhassoul, o leite de coco previamente aquecido e a infusão de ervas. Acrescente o óleo extra virgem escolhido e misture com uma colher de pau ou plástico. Dependendo da textura desejada, você pode acrescentar mais água mineral ou óleos essenciais adaptados ao seu tipo de cabelo. Deixe agir de 10 a 30 minutos, enxague e aplique o finalizador de costume.


​Máscara de Abacate
por Daniela Lisboa

Ingredientes:
- 1 abacate
- 1 colher de sopa de azeite
- 1 colher de mel

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador. Lave os cabelos e passe a máscara nos fios, deixando-a agir por 30 min. Por fim, enxague e seque como desejar.

Dica: caso seu cabelo seja muito poroso, adicione mais uma colher de sopa de mel puro após bater a máscara do liquidificador e misture.

Ainda não acabou!

Veja também: Penteados que disfarçam a oleosidade

Penteados para disfarçar o aspecto oleoso dos fios © Pinterest

Pra cuidar bem das suas madeixas sempre:

• 20 nutrientes essenciais para um cabelo saudável de A a Z
• O ‘milagre’ da multiplicação dos fios! Como fazer o cabelo crescer
• Como cuidar de cabelos cacheados? Experts dão as dicas
• Cronograma capilar, o calendário de beleza do seu cabelo

por Ana Paula Sanches 1 380 compartilhamentos

você também vai <3: