Home / Casamento / Festa / E aí, gente: banda ou DJ pra animar a festa?

Casamento

E aí, gente: banda ou DJ pra animar a festa?

by Ketlyn Araujo Published on 17 de agosto de 2015
100 shares

Afinal, a música não pode parar

Dentre todos os preparativos para a sua festa de casamento (que, vamos combinar, não é nada simples), a música é uma das coisas mais importantes a levar em conta. Já imaginou o casamento sem a trilha sonora que animou a vida do casal durante o namoro? Ou então uma seleção de músicas que não faz nenhum convidado se levantar da cadeira? É furada na certa, futura noivinha.

Tudo o que nós do taofeminino mais queremos é que seu grande dia seja sucesso, tanto para você, quanto para os seus convidados. Para isso, damos o caminho mais seguro que fará você escolher entre a flexibilidade musical de um DJ e a animação que só uma banda consegue trazer. Quem sabe, depois das nossas dicas, você pode até considerar os dois?

“É questão de gosto, não existe certo ou errado. Quem prefere DJ, normalmente é por querer ouvir as músicas na voz do cantor original, por gostar de música eletrônica. Já banda é legal pela interação com os convidados”, diz Fernanda Floret, especializada em eventos e cerimoniais de luxo e blogueira do Vestida de Noiva.

Banda: prós e contras

Sidney Lima, responsável pela banda M7, que está no mercado de casamentos há 12 anos, conta que a grande vantagem em escolher a banda é o “material humano”. “A banda interage com os convidados, os cantores estão sempre colocando a galera para cantar junto, os noivos sobem no palco. Com uma banda as possibilidades são muitas”, explica.

Mas, ao escolher uma banda, algumas coisas devem ser levadas em conta: primeiro, você precisa avaliar a infraestrutura do espaço escolhido para sediar a sua festa. Se achar que ele comporta uma banda (para isso, é necessário pesquisar pela atração que mais tenha a ver com a sua cerimônia), pode seguir em frente.

Pesquise qual é o estilo do grupo que você escolheu. A M7, por exemplo, é bem eclética: pop, black, sertanejo, rock, axé e funk estão no setlist, que dura cerca de 5 horas. Há opções de bandas para agradar ao gosto de todo tipo de casal, basta dar uma boa pesquisada. A Ambervision, por sua vez, investe em uma playlist mais clássica.

“Outro detalhe importante que os noivos costumam esquecer é que é responsabilidade dos noivos providenciar um espaço de camarim, alimento e bebida para todos integrantes da banda”, endossa Fernanda. Além disso, preste atenção nos valores: contratar uma banda, por demandar mais estrutura e contar com uma quantidade maior de pessoas, costuma ser mais caro que um DJ.

Palco, camarim e estrutura necessária para conectar todos os equipamentos são essenciais para que o investimento na banda dê certo. Se preferir, é válido marcar um ensaio antes do dia da festa, assim qualquer exigência feita pelos músicos será atendida a tempo.

Apesar de ser DJ há 12 anos, e há 6 tocar em casamentos, Rodrigo Mantega também é a favor da presença da banda, mas com ressalva: “Acho que o DJ é ideal do coquetel em diante. Na Cerimônia, um som mecânico tira a emoção. Eu prefiro ver um coral ou banda na entrada de pais, padrinhos e noivos. Já fiz cerimonial de alguns casamentos, mas, se fosse o meu, seria ideal ter um coral”, afirma.

DJ: prós e contras

Zé Pedro, DJ famoso no universo das celebridades, discoteca há mais de 20 anos e toca em casamentos há pelo menos 15. Para ele, “Não basta divertir as pessoas, como numa balada. O DJ que toca numa festa de casamento precisa saber que está criando a trilha sonora de um momento histórico. Meu objetivo é fazer com que as pessoas se lembrem daquele momento cada vez que ouvirem uma das músicas que toquei”.

Na hora de escolher um DJ, o mais importante é a conversa. “São sempre feitas reuniões com os noivos e assessores, para pegar todo briefing de músicas, tempos e movimentos”, diz Mantega, que foi o escolhido para tocar no casamento do cantor Latino, realizado no Copacabana Palace e hoje é um dos mais escalados para cerimônias da high society. Não se esqueça de apresentar o espaço da festa também para o DJ assim, ele poderá sugerir a quantidade de caixas de som necessárias para sua apresentação, além de controlar a iluminação da pista da maneira mais correta, explica Fernanda.

O tempo que o DJ passa nas pick ups, também varia. O set básico do Zé Pedro dura uma hora e meia, mas isso é negociável. Mantega toca em algumas festas do início ao fim. Em outras, divide a pista com uma banda e, ainda, têm os eventos onde ele é a atração principal, com maior destaque. O que os noivos querem? “Repertório variado, comprometimento com horários e, mais do que tudo o ‘feeling da pista’”, explica.

Na dúvida para escolher o melhor DJ? Procure referências, recomendações de amigos e de profissionais do meio. Equipamento de qualidade é essencial para que a festa ocorra nos conformes.

Sobre valores

Como já dissemos, a banda costuma ser mais cara, por conta da estrutura e do número de integrantes. A M7 cobra na faixa de 12 mil reais, mas isso varia – se a cerimônia é fora de São Paulo, se o casamento ainda está muito longe de acontecer, etc. Mantega tem valores que começam em 4 mil reais e vão até 6 mil, o que também depende do período em que ele tocará na festa, e se os noivos são conhecidos do DJ ou não.

E se eu quiser as duas atrações?

A festa é sua, cara leitora. Não há nada de errado em escolher tanto um DJ, quanto uma banda para colocar a galera para dançar. Só fique atenta a alguns detalhes: faça com que ambos conversem sobre as músicas tocadas, desse modo a lista de músicas não ficará repetitiva.

O mais indicado é começar com a banda abrindo a pista, e depois convocar o DJ para animar a festa até chegar ao fim. Por isso, saber planejar o tempo da “balada” é um bom trunfo.

Outras atrações, além de banda e DJ, também podem ser exploradas pelos noivos. Segundo Fernanda, escolas de samba não estão mais tão em alta atualmente, mas já considerou apostar em um trio de chorinho ou um quarteto de jazz, por exemplo?

“Pode ser a melhor banda ou DJ do mundo. Se os noivos não estiverem na pista, os convidados também não se animam”, enfatiza a blogger. “Os primeiros interessados em que tudo dê certo são os próprios noivos. Além disso, a energia desse público é ótima, pois todos foram dispostos a se divertir e celebrar a felicidade”, completa Zé Pedro.

Para o seu casamento sair como você sempre sonhou, siga nossos boards no Pinterest!

Leia mais:

+ Vamos falar de coisa boa? O buffet da festa ideal tem que ter...
+ 40 lembrancinhas de casamento que você vai querer já
+ +100 ideias de maquiagem para noivas direto do Pinterest
+ Como encontrar o sapato de noiva ideal?
+ 50 buquês de noiva lindos de viver!

by Ketlyn Araujo 100 shares

você também vai <3:

por Redação taofeminino
por Redação taofeminino
por Redação taofeminino
por Redação taofeminino