Home / Casamento / Noivas / Como não ser uma "noivazilla": 9 conselhos preciosos

Casamento

Como não ser uma "noivazilla": 9 conselhos preciosos

by Geovana Pereira Published on 28 de julho de 2016

Casamentos são estressantes, mas não precisam te levar à loucura

O grande dia pode ser difícil para qualquer um – até para os convidados. Só que ninguém tem de suportar tanto estresse quanto a noiva. Daí a invenção da palavra “noivazilla”, mistura de noiva + Godzilla (aquela criatura grande e monstruosa dos filmes). Mas vou te contar um segredo: é possível passar por todas as fases da “missão casamento” sem ter um ataque de nervos.

Entenda que algumas coisas podem dar errado

A vida é assim mesmo, nem tudo dá certo. Pode chover quando você quer que faça sol, uma dama de honra pode não querer entrar na igreja, talvez o DJ fique bêbado e caia do palco. Então, se você aceitar logo que algumas coisas não vão sair como o planejado, vai doer menos.

noiva-caindo

Tenha em mente que ninguém vai se apegar aos detalhes

Se você enlouquece quando alguma coisa da decoração não está no exato tom de azul que você queria, ou a fonte usada nos seus convites de casamento não é como você imaginava, lembre-se de que ninguém liga pra isso, exceto você mesma. Não vale a pena entrar em desespero por detalhes porque, na verdade, tanto faz.

Não compare seu casamento com o de ninguém

Comparar o seu casamento com os que você foi como convidada = má ideia. Cada casamento é tão único quanto o casal no altar. Por isso, não recicle ideias: além de desrespeitar sua individualidade, isso só vai te deixar mais nervosa. Pare de se perguntar se o vestido da vizinha é mais branco que o seu!

Ignore o que é desnecessário

Nada é mais estressante que a opinião dos outros… e todo mundo vai dizer o que você tem que fazer no seu casamento (mães e sogras são boas nisso). Como lidar? Não lidando! Comprometa-se com você mesma e ignore toda a “ajuda” desnecessária que as pessoas insistem em oferecer. Pagar as contas da festa ninguém quer, né?

Pule a dieta da noiva

Quer ter um ataque de nervos? Tente emagrecer instantaneamente para se adequar a padrões impossíveis em vez de aceitar seu corpo lindo como ele é. Planejar um casamento já é difícil o suficiente: não tente mudar o que não precisa de mudanças. Você vai adorar provar todas as sobremesas!

friends

Tire folgas

Não deixe sua vida toda se resumir ao seu casamento. É comum se perder no processo e deixar isso te consumir. É importante tirar um tempo de folga: você pode, por exemplo, dedicar apenas três dias da semana ao planejamento. Se você não se ajudar, vai ficar difícil, amiga.

Jogue fora o cronograma de planejamento

Cronogramas existem para não serem seguidos – no fundo, todo mundo sabe disso. Você não é ingênua e sabe quando as coisas devem ser agendadas e com quanto tempo de antecedência precisa começar a procurar as locações. E se o lugar estiver reservado para o fim de semana escolhido? Então tente outro fim de semana. O que nos leva ao próximo tópico…

Mantenha a mente aberta

Ou seja, aceite as mudanças. Fique tranquila com a ideia de não conseguir o aluguel do lugar para o dia que você queria, de não ser a época das suas flores preferidas ou de alguma dama de honra se recusar a vestir a cor que você escolheu. Em vez de perder o controle e sair quebrando tudo, escolha outra data, encontre uma flor similar e fale para a sua dama de honra parar de escândalo e usar a cor que ela quiser. Vestidos combinando são um tédio mesmo.

Se divirta!

Depois que tudo acabar, o que realmente vão lembrar é se o casamento foi divertido ou não. Ninguém vai memorizar seu penteado, o enfeite de mesa ou a fonte do seu convite. Se seu casamento deu certo, ele foi divertido. Ah, antes que eu me esqueça, não tome muito champanhe: é bom relaxar, mas você vai querer lembrar de cada momento.

friends

Continue com a gente!

by Geovana Pereira

você também vai <3: