Home / Bem-Estar / Saúde / "Ommm"... Como conquistar a paz interior

© iStock
Bem-Estar

"Ommm"... Como conquistar a paz interior

by Juliana Vaz Published on 20 de junho de 2016

Evite que pressão da rotina e o estresse acabem com sua qualidade de vida

O trânsito travou completamente e você está atrasada para uma reunião. Ou o pacote de dados esgotou enquanto você procurava o endereço onde deveria estar há meia hora... Grrrrrr! E a pior coisa que alguém pode dizer nesses momentos é “fique calma”. Não vamos fazer isso, pelo contrário: sinta agora toda raiva e frustração – só assim, esses sentimentos irão embora.

Quando se acalmar de verdade, reflita: com qual frequência você fica nervosa assim? São ocasiões específicas ou basta alguém atrapalhar sua passagem na calçada que você começa a ~bufar~?

​Pequenas situações são capazes de nos fazer explodir com o telemarketing da operadora do cartão de crédito – okay, nesse caso, não precisa de muito –, mas apenas o autoconhecimento (e algumas dicas) vão ajudá-la a lidar da melhor forma com as diversas situações que surgem no caminho. Mais calma? Então vamos pensar sobre alguns pontos.

Aceitação

Você não pode controlar tudo, aceite. O mar de carros não vai se abrir porque você está atrasada. A cidade é um caos e blá-blá-blá, sim, é. Permita-se sentir a frustração que surge quando seus planos dão errado e, simplesmente, encare que imprevistos e situações adversas acontecem. O restaurante que você ama está lotado? Tente um novo endereço. Ou você prefere insistir e ficar 1h30 esperando em um fila chata e ainda sentar-se no pior lugar?

Fale sobre o que sente

Às vezes, é mais fácil engolir o que está sentido do que se expor ou começar uma discussão, não é? Tudo para evitar um ~climão~. No entanto, é importante balancear: muitas situações pedem posicionamentos firmes e esquivar-se de uma conversa desagradável pode só piorar o inevitável.

Deixe o perfeccionismo de lado

Fato: todo mundo erra. Por essa razão, o esforço de realizar tudo perfeitamente é em vão. O estresse que essa cobrança gera é injusta com você mesma. Quantas vezes você não se pune de alguma forma, por ter cometido um erro? “Ai, como sou burra! Esqueci de pagar a conta de telefone e agora vou pagar juros!”. Trate-se com mais carinho e aceite seus tropeções. O processo é demorado, não será de um dia para outro. É um exercício constante.

Que tal praticar meditação?

Os benefícios da prática já não são mais considerados apenas crenças: estudos concluíram que a meditação é capaz de melhorar a concentração, auxiliar em doenças e até aumentar a atividade cerebral. Em pesquisa apresentada pela Universidade de Yale, foi estabelecida uma relação direta entre a prática de meditação e a redução de sintomas de depressão, ansiedade e dor crônica relacionados ao estresse. Dentre as diversas técnicas de meditação, a mindfulness (ou atenção plena) foi o método que apresentou melhores resultados na alteração dos efeitos negativos dessas doenças.

Essa matéria foi escrita por @vazjuliana e editada por @cicaarra

Leia mais sobre saúde aqui:

Xô, stress! 6 dicas para controlar os nervos e viver melhor
12 aplicativos que vão dar um up na sua saúde
Meditação + corrida: remédio para a depressão

by Juliana Vaz