Home / Bem-Estar / Saúde / Como fazer o autoexame das mamas

© istock
Bem-Estar

Como fazer o autoexame das mamas

by Alexandra Guida Published on 23 de junho de 2017
A-
A+

Alerta cor-de-rosa!

O câncer da mama é o que mais afeta as mulheres de todo o mundo. Entre janeiro e dezembro de 2016, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima o aparecimento de 57.960 novos casos da doença, no Brasil.

Para detectar o câncer de mama, o INCA recomenda que as mulheres realizem periodicamente o exame clínico e a mamografia, mesmo que não tenham alterações nos seios, além do autoexame. Com o diagnóstico precoce, as chances de cura são de até 95%. No país, a taxa de mortalidade continua elevada, pois os tumores têm sido descobertos em estágio avançado.

Se você visita o médico ginecologista e o mastologista ao menos uma vez ao ano, saiba como fazer o autoexame das mamas em casa!

Autoexame das mamas: passo a passo

Uma boa maneira de fazer o autoexame da mama é: começar com uma mão espalmada e passá-la em torno do peito, seguindo movimentos circulares, aplicando uma leve pressão. O outro braço pode estar levantado para facilitar.

Lembre-se de sempre conferir todo o seio - do pescoço até a região das axilas, ok? Um espelho ajudará a olhar até aquelas partes mais difíceis de enxergar.

Uma dica extra é aproveitar o uso do sabonete ou cremes hidratante para facilitar o deslizar das mãos. Durante o autoexame da mama, você deve procurar por alterações, como:

▸ Mudanças no tamanho e no formato do seio;
▸ Alterações na textura da pele;
▸ Se o seu mamilo muda de formato ao toque;
▸ Vermelhidão ou uma erupção na pele ou em torno do mamilo;
▸ Um caroço ou espessamento do tecido mamário, diferente do restante do peito;
▸ Vazamentos nos mamilos;
▸ Inchaço ou dor constante na axila, ao redor da clavícula ou do seio.

Quando fazer o autoexame das mamas

Quanto mais você tocar os seus seios, melhor! Assim, você saberá quais são as sensações normais e estará mais apta a detectar alterações - como nódulos ou dores.

É importante fazer o autoexame uma vez ao mês. Normalmente, até uma semana depois do término da menstruação, segundo o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, ou em uma data específica se você já passou pela menopausa - por exemplo, todo dia 15.

Lembre-se de que os seus seios mudam constantemente ao longo da vida - desde a puberdade, a gravidez até a menopausa. O peito também muda um pouco durante o seu ciclo menstrual. Você pode notar que os seios ficam mais pesados ​​e maiores antes da menstruação chegar. É possível que você também os sinta mais sensíveis durante a TPM.

Lembrando que o autoexame não substitui a visita ao mastologista. Ao notar qualquer mudança, é importante procurar por um médico para diagnosticar qualquer anormalidade ou saber que você está completamente saudável

A mamografia é o principal método de detecção precoce. Os especialistas da Sociedade Brasileira de Mastologia recomendam realizá-la ao menos uma vez a cada doze meses, a partir dos 40 anos de idade.

Não tenha medo de falar sobre o assunto -- se o câncer de mama for descoberto cedo, as chances de um tratamento bem sucedido são grandes!

Vem saber mais sobre o assunto:

Imagem com limões mostra como é o câncer de mama
Sutiã ajuda a detectar câncer de mama
Esta jovem descobriu que tinha câncer de mama graças a uma selfie sem maquiagem.

by Alexandra Guida

você também vai <3:

por Redação taofeminino
por Redação taofeminino
por Redação taofeminino