Home / Bem-Estar / Saúde / Ginástica cerebral: ganhe mais concentração, memória e raciocínio ágil

© iStock
Bem-Estar

Ginástica cerebral: ganhe mais concentração, memória e raciocínio ágil

by Juliana Vaz Published on 16 de fevereiro de 2016
2 124 shares

Malhe o cérebro e garanta neurônios mais fortes, sem whey

Musculação para definir os músculos, corrida e bike para eliminar gordurinhas. Já lemos muito sobre isso. Mas, e para o órgão que comanda tudo isso? Segundo especialistas, exercitar o cérebro é tão importante quanto praticar exercícios físicos.

O cérebro é um sistema complexo e que funciona perfeitamente, realizando diversas atividades a cada segundo. Os vasos, veias e artérias sanguíneas, que irrigam cada parte dele, transportam oxigênio e nutrientes essenciais para que continue o trabalho, a todo vapor. Com a massa cinzenta já abastecida e cheia de energia, as células do sistema nervoso cerebral (neurônios) processam as informações e estímulos do organismo. Temos cerca de 100 bilhões destas células que trabalham sem descanso e fazem milhares de conexões com tantas outras células – as chamadas sinapses. São elas que garantem que informações, aprendizados e os circuitos da memória sejam compartilhados e “armazenados” no cérebro.

Porém, diversos fatores tais como estilo de vida, alimentação, consumo excessivo álcool e até o passar dos anos podem comprometer o desempenho das sinapses cerebrais. Para que sua performance não seja afetada, é preciso exercitar o cérebro tanto quanto os músculos na academia. “Quando estimulamos o cérebro, obtemos, naturalmente, melhorias significativas em quesitos como memória, capacidade de concentração e raciocínio”, avalia Mauro Atra, neurologista do HCor – Hospital do Coração (SP).

O psicólogo Massimo Mazzoni, de São Paulo, disse em sua mais recente palestra “Ginástica para o Cérebro” realizada no Hospital e Maternidade São Cristóvão, que o cérebro muitas vezes trabalha como se estivesse em “piloto automático” diante da rotina. “Tire seu cérebro da zona de conforto: crie outros caminhos para chegar no seu trabalho, viaje para lugares diferentes, procure desafios novos. ”

Quais exercícios fazer?

- Memorize informações úteis, como endereços ou números de telefone, exercícios de memorização cumprem muito bem com a função de fazer o cérebro trabalhar.

- Leia. A leitura certamente está entre os exercícios mais importantes para o cérebro. Além de aliviar a tensão e o estresse, a atividade traz conhecimento e estimula tanto o raciocínio, quanto a imaginação. Mais: procure ler sobre assuntos diferentes daqueles que já domina ou está acostumada.

- Uma alimentação saudável e balanceada também é importante para a saúde do cérebro. Entre as principais recomendações estão frutas frescas, vegetais, peixe, entre outros alimentos com Omega-3.

- Já para cama! O neurologista Mauro Atra explica que é durante o sono que as células cerebrais se regeneram, toxinas são removidas e nos renovamos emocionalmente. Ou seja, quanto mais qualidade tiver o nosso sono, melhor o cérebro funcionará. Estudos indicam que o estágio mais profundo do sono - e que ocupa cerca de 25% do tempo que dormimos -, o REM (rapid eye moviment), é um dos mais importantes e também um dos mais prejudicados quando não dormimos bem.

Para saber se está dormindo direitinho, teste o app Sleep Better, da Runstastic. Ele monitora a eficiência e a duração das fases do seu sono, além de possuir um alarme inteligente que indica a melhor "janela" de tempo para que você desperte. Disponível para iOS e Android.

Leia mais!
+ Aproveite o trajeto até o trabalho para estimular o cérebro
+ Os 10 melhores alimentos para o seu cérebro
+ Como sobreviver depois de uma noite inteirinha em claro

by Juliana Vaz 2 124 shares