Home / Bem-Estar / Dieta / O queridinho da vez no mundo das dietas atende por sorgo

© iStock
Bem-Estar

O queridinho da vez no mundo das dietas atende por sorgo

by Juliana Vaz Published on 31 de maio de 2016

De onde vem? O que é? Vamos te contar tudo sobre um dos cereais mais nutritivos do mundo!

O nome soa um pouco estranho, mas deixe isso de lado e aposte nos benefícios do sorgo. Listamos tudo o que você precisa saber: suas propriedades e como incluí-lo na dieta.

De onde vem?

Tradicional na Índia, o sorgo é um cereal consumido e cultivado há milhares de anos em países da África e Ásia. O cereal é livre de glúten, altamente nutritivo, rico em antioxidantes e minerais. Apesar do sorgo também ser produzido em terras tupiniquins, seu destino era a exportação ou a alimentação animal. Isso mesmo: e-r-a.
Pesquisas comprovaram que seus nutrientes são ótimos para humanos. Os EUA e a Europa descobriram seu potencial nutritivo e já comercializam o grão e a farinha.

Quais são os benefícios do sorgo?

“É um alimento rico em fitoquímicos - substâncias encontradas em alimentos de origem vegetal e que ajudam a proteger as plantas de agressões externas e herbívoros. Os principais são as antocianinas, isoflavonas e tanino. Seus benefícios são muitos, tal como a ação anti-inflamatória, redução do risco de câncer e combate aos radicais livres”, explica Maria Vitória Curban Falcão, nutricionista clínica e esportiva (SP).

“Cerca de 6% da composição nutricional do sorgo é de fibras que auxiliam funcionamento intestinal, na redução de colesterol e da glicemia. Possui também vitaminas do complexo B, ferro, fósforo, magnésio e zinco”, diz Maria Vitoria. Os minerais são importantes para garantir o bom funcionamento das células do organismo, desde sintetizar o cálcio até o controlar o estresse.

O que é o tanino?

Um estudo da Universidade de Medicina Queen Mary's de Londres evidenciou que o tanino é o responsável por evitar doenças cardíacas, tal como a aterosclerose. Também presente no vinho tinto, é um de seus principais compostos, pois proporciona o sabor intenso aos diversos estilos da bebida. Nem todo sorgo tem tanino, vale ressaltar. A nutricionista Maria Vitoria explica que as quantidades de compostos fenólicos dos grãos de sorgo dependem da constituição genética das sementes utilizadas no plantio, o que ressalta a importância da rastreabilidade dos alimentos que consumimos. Rastreabilidade é a possibilidade de consumidores conhecerem a verdadeira origem dos alimentos por meio da transparência na cadeia de produção: da plantação até chegar ao supermercado.

Como consumir o sorgo?

Cozido, o sorgo pode substituir o arroz do risoto ou o trigo do quibe assado (confira a receita abaixo). A versão em farinha, pode ser usada em bolos, panquecas e em que sua criatividade mandar! “Seu sabor neutro não altera o paladar ou textura dos alimentos e pode ser utilizado por celíacos por se tratar um cereal sem glúten”, acrescenta Maria Vitoria.

Pipoca de sorgo – isso mesmo, PIPOCA!

O sorgo é versátil e vira até pipoca. Para garantir que fique light, esqueça o óleo de cozinha e use o azeite de oliva ou óleo de coco (1 colher de sopa). A versão abaixo é receita da chef Lidiane Barbosa, doce e coberta com chocolate meio amargo (humm!)

Para experimentar o grão de sorgo de outra maneira, aí vai a receita criada pela equipe nutricional da Farovitta

Receita: quibe de sorgo com ricota e tomate

Ingredientes do quibe

500g de Sorgo Integral em Grãos Farovitta
500g de carne moída (patinho)
2 xícaras de hortelã picado
4 dentes de alho
1 cebola picada
2 colheres de sopa de cheiro verde
Azeite, sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo
Deixe os grãos de sorgo de molho por 8 a 12 horas. Cozinhe por meia hora em fogo baixo, escorra e reserve. Misture os grãos de sorgo cozidos com a carne moída crua, hortelã, cebola picada, alho, sal e pimenta do reino a gosto. Moa essa mistura na máquina de moer carne. Coloque em uma assadeira metade da mistura, acrescente o recheio, cubra com o restante do quibe. Regue com azeite e coloque para assar por 40 minutos em forno preaquecido a 180°C.

Opções de recheio para o quibe:
- Ricota com manjericão, alho refogado no azeite, tomatinho cereja, azeitona picada
- Coalhada síria temperada

Leia mais sobre dieta e nutrição aqui:

Senhoras e senhoritas, com vocês, a chufa!
Tire o saleiro da mesa e descubra o real sabor dos alimentos
5 dicas para comer de forma consciente

by Juliana Vaz

você também vai <3: