Home / Bem-Estar / Saúde / Vai um cafezinho aí? Antes, conheça 10 benefícios da bebida

© iStock
Bem-Estar

Vai um cafezinho aí? Antes, conheça 10 benefícios da bebida

by Monique Garcia Published on 5 de outubro de 2015

Porque a vida não faz sentido sem ele

Você deve ter lido "benefícios do café" e duvidado. Não dá para negar que o consumo excessivo da bebida traz prejuízos à saúde (aliás, qualquer exagero provoca danos, certo?). Mas, francamente, não consideramos justo endossar a fama de vilão. Garantimos: o café também tem o seu lado "mocinho", que pode ajudá-la de maneiras que você nunca imaginou. Quer ver só? Continue rolando a página!

Age contra a celulite

A cafeína e os antioxidantes presentes na bebida ajudam a amenizar os furinhos na pele, deixando-a mais macia e tonificada. Para conseguir tal façanha, vale lançar mão de uma receita caseira: misture café moído com azeite de oliva e aplique na região com celulite. Essa medida irá atenuá-la temporariamente.

Combate a diabetes

Estudos mostram que o consumo regular de café diminui os riscos de desenvolvimento do tipo 2 da doença. “Isso porque seus antioxidantes fitoquímicos, como ácido clorogênico e quinides, aumentam a sensibilidade das células à insulina, regulando os níveis de açúcar no sangue”, justifica Elouise, terapeuta nutricional do NutriCentre, em Londres.

Diminui os riscos de AVC

O café ajuda a proteger as artérias dos danos causados por inflamações no organismo. “Por outro lado, vale reforçar que o consumo exagerado pode aumentar os riscos de problemas cardíacos”, avisa Elouise.

Previne doenças mentais

São elas: mal de Parkinson, Alzheimer e demência. “Quando tomamos café, há o aumento do efeito dos neurotransmissores envolvidos com a função cognitiva, e as células do cérebro ficam protegidas contra possíveis danos”, afirma a profissional.

Fortalece a função cerebral e dá energia

O efeito estimulante da cafeína no cérebro bloqueia um neurotransmissor inibitório chamado adenosina. Com isso, os níveis de outros neurotransmissores, tais como dopamina e norepinefrina, são aumentados. Resultado: energia extra, melhora da função cognitiva e bom humor.

Melhora o desempenho nos exercícios físicos

O café melhora, em média, 11% da performance durante a prática de atividades. “Além de conceder energia antes do treino, também fortalece a resistência graças à liberação de ácidos graxos dos tecidos de gordura, que o corpo utiliza como combustível para aumentar os níveis de adrenalina no sangue”, detalha Elouise.

Ajuda a dar cabo às gorduras

A cafeína pode aumentar entre 3% e 11% o funcionamento do metabolismo, aproximadamente (o que dá aquela mãozinha para torrar gordurinhas com mais facilidade). Mais dados favoráveis: o café aumenta a queima de gordura em 10% nas pessoas obesas e em 29% nas magras. No entanto, esse efeito diminui ao longo do tempo, é claro, já que o organismo acaba se acostumando com a presença do energético natural presente na bebida.

Deixa você feliz

E afasta a depressão (obrigada, dopamina!). De acordo com um relatório do Archives of Internal Medicine, mulheres que bebem duas a três xícaras de café diariamente são 15% menos vulneráveis ao problema. O índice sobe para 20% com o consumo de quatro.

Afasta o câncer

“Mulheres que apresentam histórico familiar de câncer de mama receptor de estrogênio negativo podem adiar o aparecimento da doença com o consumo de café”, assegura Elouise. Um estudo recente de Harvard também recomenda aos homens a ingestão da bebida com cafeína ou descafeinada para diminuir o risco do aparecimento de tumores cangerígenos na próstata.

É o segredo da longevidade

Estudos também têm mostrado que pessoas que bebem uma modesta quantidade de café por dia possuem maior expectativa de vida. Os benefícios acima falam por si só, não é mesmo?

Continue com a gente:

by Monique Garcia