Home / Bem-Estar / Dieta / Hora do chá: conheça os sabores que podem ajudar a emagrecer

© iStock
Bem-Estar

Hora do chá: conheça os sabores que podem ajudar a emagrecer

by Monique Garcia Published on 2 de julho de 2015

O empurrão que faltava pode estar bem ali, ó, na sua xícara...

É isso mesmo. Mais do que esquentar os dias frios (brrrr!), os chás também dão aquela mãozinha quando o assunto é baixar o ponteiro da balança. “Alguns tipos da bebida agem diretamente na perda de peso, eliminando toxinas e mobilizando as gorduras, por exemplo, e também indiretamente, já que induzem o sono e amenizam o estresse, outro vilão do emagrecimento”, explica Andréa Santa Rosa, nutricionista funcional de celebridades como Giovanna Ewbank e Angélica (RJ). Mas tenhamos parcimônia: quando consumidos sozinhos, não fazem milagres. “O pior é que tal radicalismo pode levar à desidratação, perda de massa magra, flacidez e queda capilar”, alerta Nathália Fonseca (@nutrisportnath), nutricionista clínica e esportiva (RJ). É por isso que você DEVE aliá-los à um plano alimentar que atenda às suas necessidades particulares, combinado? A seguir, listamos os principais chás emagrecedores e seus benefícios. Mas, antes, fica a dica: o macete para aproveitá-los ao máximo é apostar em ervas in natura.

Chá verde

Por que emagrece? Por ser termogênica, a bebida acelera o metabolismo e, com isso, potencializa a perda de calorias e a queima de gorduras. Alerta: para não perder suas propriedades, Andréa Santa Rosa lembra que o chá nunca deve ser reaquecido. “Caso opte por consumi-lo quente, beba-o logo após seu preparo”, ensina.

Outros benefícios: segundo Gabriela Paschoal, nutricionista (SP), o chá verde é rico em antioxidantes, que ajudam a eliminar os radicais livres e previnem o câncer. “Uma pesquisa realizada pela Universidade de Tohoku, no Japão, também comprovou que a erva é eficaz na prevenção de doenças do coração”, afirma Nathália Fonseca. Bônus: ele diminui as taxas de colesterol ruim (LDL) e bloqueia o acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos.

É contraindicado em casos de: gravidez, gastrite, hipertireoidismo e pressão alta.

Chá de gengibre

Por que emagrece? O gengibre evita problemas digestivos, impedindo que você ganhe peso, fique inchada e tenha náuseas. “Também termogênico, contribui para a queima de gordura – e o resultado é turbinado ao aliar seu consumo à prática de atividades físicas”, conta Gabriela Paschoal.

Outros benefícios: agiliza a recuperação dos músculos após a prática de exercícios físicos, previne gripes e dá um boost de energia no organismo. Previne asma, diabetes e AVC.

É contraindicado em casos de: gravidez, hipertireoidismo, gastrite. Pessoas que sofrem com enxaqueca e fazem uso de medicamentos anticoagulantes também devem evitar.

Chá de cavalinha

Por que emagrece? De acordo com Romualdo Lima (@doutordoc), nutrólogo (RJ), a planta possui ação diurética e, por isso, ajuda a eliminar toxinas do organismo, evitando a retenção de líquidos. “Além disso, faz com que o metabolismo trabalhe a todo o vapor para torrar calorias com mais facilidade. O resultado? Perda de peso e redução das medidas”, revela o médico.

Outros benefícios: possui alta concentração de potássio e cálcio, e também é bastante utilizado como remédio caseiro para dar um stop em hemorragias e menstruações abundantes.

É contraindicado em casos de: hipotensão, depressão e gravidez. O consumo também não é recomendado para mulheres que estão amamentando.

Chá de oliveira

Por que emagrece? Confere sensação de saciedade, adiando a fome. Ajuda a dar cabo às gordurinhas e acelera o metabolismo. “A bebida é considerada pelos especialistas três vezes mais poderosa que o chá verde”, comenta Romualdo Lima.

Outros benefícios: é uma mão na roda para melhorar sintomas de cansaço, fadiga e estresse, assim como prevenir a arteriosclerose. Outra vantagem é ajudar a fortalecer o cabelo e as unhas e amenizar as marcas de expressão. Adiós, sinais da idade!

É contraindicado em casos de: gravidez e lactação.

Chá de hibisco

Por que emagrece? “O ingrediente contém substâncias que promovem a quebra de amidos e açúcar no intestino, o que impede a absorção de uma parte dos carboidratos e da gordura ingeridos”, explica Nathália Fonseca. Com isso, os pneuzinhos do abdome vão para o beleléu. Quer mais? O chá de hibisco também previne o acúmulo de gordura no fígado.

Outros benefícios: melhora a circulação sanguínea, dá um up na saúde do coração, previne o câncer, reduz a pressão arterial e o colesterol ruim (LDL), adia o envelhecimento e deixa a pele, unhas e cabelo nos trinques.

É contraindicado em casos de: insuficiência renal e gravidez. Mulheres que planejam engravidar também devem evitar, já que o hibisco pode interferir no processo de ovulação.

Chá de alecrim

Por que emagrece? “Dá uma ajudinha no trânsito intestinal, é diurético e, por conter ácido carnósico, que possui propriedades antioxidantes, ajuda a lidar com situações de estresse”, afirma Nathália Fonseca. Já explicamos lá em cima, né? Passar muito nervoso = dificuldade para emagrecer.

Outros benefícios: estimula o crescimento capilar, ao mesmo tempo em que combate caspas e a queda dos fios. Ameniza tosses, controla a pressão alta, limpa o fígado, alivia cólicas menstruais e tem propriedades que mandam a depressão para longe. “O alecrim também é um antifúngico que protege as mulheres contra a candidíase”, completa Andréa Santa Rosa.

É contraindicado em casos de: hipertensão e gravidez. Seu uso também é restrito para as mamães em período de lactação.

Chá de carqueja

Por que emagrece? Auxilia no processo de digestivo, é diurético e funciona como um tônico estomacal que controla o apetite.

Outros benefícios: reduz o nível de glicose no sangue e o purifica. “O controle de diabetes, a eliminação de vermes intestinais, o combate ao reumatismo e à bronquite asmática são alguns de seus efeitos comprovados pela ciência”, enumera Romualdo Lima.

É contraindicado em casos de: gravidez, lactação, hipotensão e hipoglicemia. “O chá também não deve ser consumido juntamente com medicamentos para hipertensão e diabetes”, avisa Gabriela Paschoal.

Chá de romã

Por que emagrece? É facilitador da eliminação de líquidos e toxinas, além de prevenir o estresse. “Rico em antioxidantes, o chá de romã ainda conta com elevado potencial anti-inflamatório, e é sempre válido lembrar que a obesidade é uma doença inflamatória”, fala Gabriela Paschoal.

Outros benefícios: diminui a pressão arterial, previne aftas, trata inflamações na garganta, infecções vaginais causadas por fungos e disenteria. Pele sem viço? A romã também é a solução!

É contraindicado em casos de: gravidez, lactação, gastrite e úlcera.

Chá de hortelã

Por que emagrece? “Um estudo feito pela Wheeling Jesuit University, nos Estados Unidos, constatou que as folhas de hortelã-pimenta possuem propriedades capazes de reduzir o apetite”, aponta Romualdo Lima. Esse tipo de chá também é bastante conhecido por melhorar a digestão.

Outros benefícios: é fonte de vitaminas do complexo B e alivia dores musculares, melhora o hálito, combate dores de garganta e trata diarreias e cólicas menstruais.

É contraindicado em casos de: refluxo gastroesofágico. “O chá de hortelã pode piorar o quadro, já que relaxa os músculos do estômago e do esfíncter, fazendo com que o ácido estomacal atinja o esôfago e agrave os sintomas já existentes”, diz Romualdo Lima. Sinal vermelho também para gestantes e lactantes.

Dica esperta

Para começar a notar os benefícios dos chás, beba diariamente três xícaras de 250 ml do sabor à sua escolha. O ideal é consumi-los antes das refeições. “As exceções ficam por conta do chá de gengibre, que pode ser ingerido no período da manhã (em jejum) e antes de dormir; e do chá verde, que não deve ser tomado à noite, por ser estimulante”. Nesses casos, fracione as doses ao longo do dia.

Continue com a gente:

by Monique Garcia

você também vai <3: